Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

17/02/2012 - 11:03

Carnaval SP 2012: tudo pronto para o grande espetáculo


Sambódromo do Anhembi nesta quinta-feira: tudo pronto para o Carnaval 2012. Foto: José Cordeiro/SPTuris.

São Paulo – A preparação para o Carnaval 2012 no Sambódromo do Anhembi entra na sua etapa final. Toda a estrutura está praticamente pronta para a festa, que começa nesta sexta-feira com os desfiles das escolas de samba dos grupos Especial (dias 17 e 18), Acesso (19) e Grupo I da Uesp (20), além do Desfile das Campeãs (24). Apenas os últimos ajustes estão sendo feitos nesta quinta-feira, dentro do cronograma previsto.

Entre as medidas já realizadas estão a pintura das arquibancadas e das torres dos jurados, a manutenção dos equipamentos em geral, incluindo sanitários, e a instalação de grades, mesas e cadeiras de pista, caixas de som, central de serviços CCOI (Centro de Controle Operacional Integrado), sala de imprensa e outras estruturas. Foram realizadas duas pinturas da pista, que ainda poderá contar com mais uma demão, caso seja necessário para plena conservação da passarela do samba.

Também foi concluída a instalação dos sanitários químicos – adicionais aos de alvenaria –, dos equipamentos das lanchonetes e dos telões – ao todo são nove ao longo do sambódromo e ajudam o público a visualizar todos os pontos dos desfiles. E na concentração, os carros alegóricos das primeiras escolas a desfilar já estão posicionados em ordem.

A ampliação da dispersão, que é a principal novidade do Sambódromo neste ano, também já foi concluída. Em uma segunda etapa, a ser realizada após o Carnaval, será feita também a drenagem da parte externa para receber o asfalto definitivo. A atual área tem o dobro do tamanho da anterior. O espaço passou de 7 mil m² para 14 mil m², o que vai facilitar a saída dos carros alegóricos e dos desfilantes, contribuindo com os quesitos evolução e harmonia das escolas. Após o Carnaval, o local será utilizado como arena multiuso para receber shows e eventos diversos.

Os grandes camarotes também estão recebendo os últimos acertos e as lixeiras adicionais estão terminando de ser instaladas ao longo do Sambódromo. Os testes de luz e som serão nesta quinta-feira à noite.

Censo do Samba Paulistano 2012-Foi lançado ontem (quarta, 15) a segunda edição do Censo Samba Paulistano, um raio-X sociocultural e econômico do Carnaval de São Paulo, desenvolvido pelo Observatório do Turismo da Cidade de São Paulo, núcleo de pesquisas da SPTuris. “O objetivo desse estudo é compreender o funcionamento do segmento e contribuir para a elaboração das políticas públicas para o setor. Tem como foco também auxiliar as próprias escolas de samba e suas entidades na demonstração de sua real importância”, afirmou o presidente da Spturis, Marcelo Rehder, que realizou a entrega oficial da publicação ao Prefeito.

Após quatro meses de coleta e análise de dados junto às agremiações e entidades, os pesquisadores do Observatório do Turismo da SPTuris compilaram as informações e traçaram um estudo que dimensiona a presença e a inserção social das escolas de samba e blocos na capital paulista.

Esta é a segunda edição da publicação, que este ano traz várias novidades, entre elas um mapeamento das quadras das escolas dos grupos Especial e de Acesso e um levantamento sobre a utilização das áreas públicas e privadas para barracões ou quadras pelas escolas de samba. Hoje são 125 áreas ocupadas, sendo 49 por quadras (onde há atividade social, como os ensaios) e 76 barracões (onde é desenvolvida a parte fabril do carnaval, como os carros alegóricos). Das 49 quadras, 33 estão em áreas da Prefeitura; já entre os 76 barracões, 53 estão em áreas públicas.

O novo Censo traz também uma análise sobre os investimentos das agremiações e dos empregos gerados pelo Carnaval de São Paulo. Em um comparativo com a primeira edição, lançada no ano passado (com informações de 2010), os dados mostram o crescimento, a evolução e a profissionalização do evento:

Investimento -(Total investido na montagem do espetáculo artístico das 78 escolas de samba e blocos da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo e da Uesp, sem considerar os investimentos em infraestrutura, comuns a todas e com receita própria): .Em 2011: R$ 36,8 milhões |.Em 2012: R$ 48,3 milhões, sendo: . Média de investimento por escola do Grupo 4 (sexta categoria): R$ 30 mil |.Média de investimento por escola do Grupo Especial (primeira categoria): R$ 2,5 milhões.

Empregos:(Postos de trabalho gerados pelas atividades relacionadas ao Carnaval):Em 2011: 4.400 |Em 2012: 5.460.

OBS: O Censo apontou uma carência de profissionais de algumas funções, principalmente nas áreas de confecção de fantasias, adereços e acabamento de alegorias, que são, por sua vez, as funções que mais empregam.

A pesquisa do Censo também apurou a atuação das agremiações em projetos sociais e mostrou que quase a totalidade das 22 escolas do Grupo Especial e Acesso participam ou promovem alguma ação na área. Outro dado interessante foi sobre a presença de pessoas com deficiência no Carnaval: pouco menos da metade das escolas têm deficientes entre seus integrantes. No entanto, já existe um bom movimento para a inclusão dessas pessoas, por exemplo, com a participação nos projetos “Carnaval Paulistano: Só Não Vê Quem Não Quer“ e “Jurado dEficiente”, iniciativas da SPTuris cujo objetivo foi a inclusão de pessoas com deficiência visual no Carnaval.

Outra novidade é um encarte que traz todas as escolas de samba que existem ou já existiram na cidade desde a oficialização do Carnaval de São Paulo, em 1968, e um inédito estudo sobre todos os 2.089 sambas-enredo já criados desde 1991.

“Com este lançamento, damos continuidade aos estudos sobre a amplitude e importância do Carnaval em nossa cidade, de modo a contribuir com o desenvolvimento da indústria do samba como espetáculo artístico, cultural e produto turístico de São Paulo”, disse Rehder.

As 130 páginas da publicação trazem ainda outras informações, além de mapas, fotos, gráficos, dados de cada uma das agremiações e os “Carna-Cardiogramas”, que abordam graficamente a trajetória das escolas. *A íntegra do Censo do Samba Paulistano 2012 está disponível para download no site do Observatório do Turismo da SPTuris: www.observatoriodoturismo.com.br.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: