Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

14/02/2012 - 09:26

Primeira instalação esportiva do Rio 2016™ é entregue ao público


Sambódromo, palco do Carnaval do Rio de Janeiro, receberá as provas de tiro com arco, além da largada e da chegada da maratona.

Cerca de 1.000 atletas e foliões participaram no dia 12 de fevereiro (domingo), de uma corrida de 5,5km que marcou a reabertura do Sambódromo, palco dos desfiles das escolas de samba do Carnaval do Rio de Janeiro e local de chegada e largada da maratona dos Jogos Olímpicos Rio 2016™, além das provas de tiro com arco nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

A reforma terminou no prazo estipulado pela Prefeitura do Rio de Janeiro, a tempo para o Carnaval de 2012, na próxima semana, e mais de quatro anos antes dos Jogos Rio 2016™. Com a obra, que custou R$ 35 milhões, o projeto original do arquiteto Oscar Niemeyer foi finalmente concluído. Foram construídas quatro novas arquibancadas em um dos lados do Sambódromo, espelhando as já existentes no lado oposto e ampliando a capacidade de 60.000 para 72.500 lugares.

“Esta inauguração é um grande exemplo de como os Jogos estão integrados com a cidade. Além da possibilidade de realizar provas em um cenário mundialmente reconhecido, a escolha do Sambódromo como local de competição da maratona e do tiro com arco oferece ao Rio de Janeiro um palco renovado e ampliado para uma de suas maiores festas populares. Para os Jogos Rio 2016™, também significa ter uma instalação esportiva pronta com uma antecedência de mais de quatro anos”, comemorou Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016™, na reabertura da instalação.

A obra, iniciada logo após o Carnaval de 2011, contou com quase 600 operários, que se revezaram em turnos para que o trabalho fluísse 24 horas por dia. A instalação, que foi adaptada para receber confortavelmente pessoas com deficiência, teve ampliado o número de frisas, de 1.094 para 1.823, e ganhou novos camarotes, maiores e com varandas panorâmicas. O Sambódromo terá ainda sistema de sonorização nos dois lados da avenida.

A Prefeitura também reformou as instalações já existentes, com a recuperação estrutural e pintura de todos os setores, renovação do museu e do palco da Praça da Apoteose, no fim do Sambódromo.

"A pouco mais de quatro anos dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, o Rio de Janeiro já tem duas obras prontas. Primeiro, o Parque dos Atletas. Agora, o Sambódromo. E posso dizer que a ideia de concluir a obra do Niemeyer surgiu do sonho Olímpico brasileiro. O grande momento que o Rio viverá em 2016 vai consagrar este lugar que é a marca do Rio de Janeiro", disse o prefeito Eduardo Paes.

Na corrida que marcou a reinauguração da instalação, com largada e chegada no Sambódromo, assim como a maratona dos Jogos Olímpicos, os participantes foram convidados a correr com fantasias de Carnaval, ao som de sambas-enredo do passado e do presente.

O ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos Atenas 2004 e ganhador da medalha Pierre de Coubertin do Comitê Olímpico Internacional (COI), foi um dos participantes da prova e aprovou o novo Sambódromo.

"Com certeza essas arquibancadas estarão completas para a chegada da maratona dos Jogos Olímpicos do Rio, o que será uma motivação e um incentivo a mais para os atletas, tornando esse um momento muito especial. Não vou estar competindo em 2016, mas hoje tive uma ideia de como será a prova, a que certamente vou assistir".

Após a corrida, baianas de diversas escolas de samba se reuniram para a lavagem da pista. Em seguida, a Beija-Flor de Nilópolis, escola campeã do último Carnaval, testou os novos sistemas de luz e som, fazendo o último ensaio técnico antes da festa popular. [www.rio2016.com].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira