Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

11/02/2012 - 08:40

Audi: forte crescimento nos Estados Unidos e na China

96.100 carros Audi entregues em todo mundo em janeiro, um aumento de 0,8% .Expectativa de crescimento também nos próximos meses.Alemanha registra maior número de pedidos na história da companhia.

Ingolstadt/São Paulo – Em janeiro, a AUDI AG alcançou mais uma vez o nível recorde de vendas em relação ao mesmo mês de 2011 - apesar de condições significativamente mais difíceis em determinados mercados. Em todo o mundo, a empresa vendeu cerca de 96.100 veículos. O sucesso do novo A6 e o contínuo crescimento nos Estados Unidos (19,7%) contribuiram notavelmente para o aumento de 0,8%. As entregas na China também aumentaram mais uma vez a uma taxa de dois dígitos de 22,6%.

"Mesmo que os ventos contrários tenham soprado significativamente mais forte em alguns mercados europeus nos últimos tempos, os sinais continuam a apontar para o crescimento da Audi: com o maior número de encomendas de todos os tempos na Alemanha e o lançamento de importantes novos modelos nos diferentes mercados, veremos novos aumentos em todo o mundo no primeiro trimestre", diz Peter Schwarzenbauer, vice-presidente mundial de marketing e vendas da AUDI AG.

A Audi registou um crescimento particularmente forte nos Estados Unidos em janeiro. A empresa foi capaz de manter a corrida pelo recorde de vendas que começou no ano anterior, com cerca de 9.354 entregas, e alcançou o início de ano de maior sucesso da história da marca nos Estados Unidos com um aumento de 19,7%. Nas Américas, as vendas em janeiro, se comparadas com o mesmo período de 2011, aumentaram ainda consideravelmente no Brasil (51%) e no Canadá (31,7%).

O mercado alemão terminou o primeiro mês do ano com 13.067 unidades entregues, 2,3% abaixo de janeiro de 2011. Também na Alemanha o novo A6 teve um forte crescimento nas vendas, com aumento de 77,6% somente nas entregas da versão Avant. Mundialmente, a demanda por toda a linha do modelo A6 subiu 26% no mês passado, para cerca de 19.900 carros.

As condições continuam difíceis em alguns mercados de exportação europeus, especialmente na Espanha e na Itália, onde as vendas de janeiro foram respectivamente 38,1% e 27,6% inferiores às do mês de referência do ano anterior. Na Europa Oriental, no entanto, a Audi conseguiu ultrapassar as vendas de janeiro de 2011, com destaque para a Rússia, com um aumento de 19,5% para cerca de 1.440 entregas.

Na região da Ásia-Pacífico, as vendas subiram 21,8%. A Audi alcançou um alto crescimento de dois dígitos especialmente na Índia (39%), Japão (39,7%) e no mercado mais importante da região, a China. A Audi entregou 27.206 automóveis aos clientes chineses em janeiro (incluindo Hong Kong), um aumento de 22,6% em comparação ao mesmo período do ano passado. O novo Audi A8 L contribuiu para o forte início de ano no Reino Médio, com 1.442 entregues, assim como o sucesso contínuo do Audi A6 L, modelo mais vendido da empresa neste mercado, que ainda é baseado na geração anterior. Em apenas algumas semanas, a Audi irá apresentar a nova versão longa do sedan A6 na China.

Mundialmente, Schwarzenbauer enxerga um forte crescimento para a marca dos quatro anéis em 2012 e prospecta um aumento nas vendas acima do mercado de automóveis como um todo, que deverá crescer 4%, segundo o executivo.

Perfil - O Grupo Audi entregou 1.302.650 carros da marca Audi para os clientes em 2011. De janeiro até o final de setembro de 2011, a companhia registrou uma receita de € 32,4 bilhões e um lucro operacional de € 3,96 bilhões. A Audi produz veículos em Ingolstadt e Neckarsulm (Alemanha), Györ (Hungria), Changchun (China) e Bruxelas (Bélgica). O Audi Q7 é construído em Bratislava (Eslováquia). Em julho de 2010, a produção CKD do Audi Q5 foi adicionada as já existentes operações de fabricação CKD do Audi A4 e do A6 em Aurangabad (Índia). Na planta de Bruxelas, a produção do Audi A1 está em funcionamento desde maio de 2010, enquanto a produção do novo A1 Sportback começou em 2012. O Audi Q3 está sendo construído em Martorell (Espanha) desde Junho de 2011. Atualmente a empresa está presente em mais de 100 mercados em todo o mundo. As subsidiárias da AUDI AG incluem AUDI HUNGARIA MOTOR Kft., Automobili Lamborghini Holding S.p.A em Sant'Agata Bolognese (Itália) e quattro GmbH em Neckarsulm. A Audi emprega atualmente cerca de 63.000 pessoas em todo o mundo, sendo cerca de 47.900 na Alemanha.

Entre 2012 e 2016, a marca dos quatro anéis planeja investir mais de € 13 bilhões, principalmente em novos produtos, recursos humanos e na extensão da capacidade de produção, a fim de sustentar a liderança tecnológica da empresa incorporada ao slogan "Vorsprung durch Technik". A fabricante está atualmente expandindo sua planta em Gy?r (Hungria) e vai começar a produção em Foshan (China) no final de 2013. Até 2015, a Audi planeja aumentar o número de modelos em seu portfólio para 42.

A Audi tem cumprido com sua responsabilidade social em vários níveis, com o objetivo de garantir um futuro digno para as próximas gerações. Por isso, proteção ambiental, conservação dos recursos, competitividade internacional e uma política prospectiva de recursos humanos formam a base para o sucesso duradouro da Audi. Um exemplo do compromisso da AUDI AG para as questões ambientais é também a recém-criada Fundação Audi do Meio Ambiente. Sob o título de "Mobilidade Audi Equilibrada", a companhia está direcionando suas atividades para um objetivo maior – a mobilidade com emissão de CO2 neutralizada.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira