Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

21/12/2011 - 09:38

13º Leilão de Energia Nova (A-5) movimenta R$ 10,68 bilhões, com todas fontes renováveis

UHE São Roque foi contratada ao preço de R$ 91,20/MWh, com deságio de 25,85% .

São Paulo – A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) encerrou às 14h30 do dia 20 de dezembro (terça-feira), o 13º leilão de Energia Nova (A-5), que movimentou ao todo R$ 10,68 bilhões, negociando 555,2 MW médios a um preço médio de R$ 102,18 o MWh, englobando todas as fontes renováveis participantes do leilão. ”Toda demanda foi atendida a um preço foi muito satisfatório. O balanço que fazemos é altamente positivo, pois todas as nossas expectativas foram atendidas”, ressalta o presidente do Conselho de Administração da CCEE, Luiz Eduardo Barata Ferreira.

De fonte hidráulica, foram contratados 81,8 MW médios ao preço de R$ 91,20/MWh, o que representa um deságio de 25,85%. Toda a contratação desta fonte provém da Usina Hidrelétrica São Roque, totalizando 135 MW de potência. As eólicas responderam pela maior parte da contratação - 452,40 MW médios, ao preço de R$ 105,12/MWh, somando 976,5 MW de potência. Já os empreendimentos de biomassa venderam 21 MW médios e adicionaram 100 MW de potência, a um preço médio de R$ 103,6/MWh. “O balanço do leilão confirma a contratação de múltiplas fontes renováveis”, complementa Barata.

Houve contratação para diversas regiões do país - Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará, Maranhão, Goiás, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul -, com investimento total de R$ 4,33 bilhões. O destaque ficou para o Rio Grande do Norte, que respondeu pela contratação de 321,8 MW de potência, garantindo um investimento de 1,22 bilhão.

A-5 -O leilão comercializou energia elétrica proveniente de novos empreendimentos, com posterior outorga de autorização, para o Sistema Interligado Nacional (SIN), no Ambiente de Contratação Regulada. São considerados novos empreendimentos de geração aqueles que até a data de publicação do edital de leilão não detêm concessão, permissão ou autorização, bem como aqueles que integram alguma usina existente que venha a ser parte de projeto de ampliação, restrito ao acréscimo da capacidade instalada.

A CCEE, associação civil composta por agentes do mercado, é responsável por viabilizar a comercialização de energia elétrica visando o perfeito funcionamento do setor. A CCEE desempenha função estratégica de garantir as operações de comercialização do Sistema Interligado Nacional (SIN), realizadas nos ambientes de Contratação Regulada (ACR), de Contratação Livre (ACL), e no Mercado de Curto Prazo (MCP).

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: