Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

10/12/2011 - 14:18

Quando é a hora de inspecionar e trocar o sistema de exaustão dos veículos?

Mastra esclarece sobre o melhor momento da substituição de escapamentos e catalisadores.

Quando o carro apresentar excesso de ruído, o proprietário deve dirigir-se imediatamente a um centro automotivo ou loja do ramo para um diagnóstico do sistema de exaustão. Alterações no nível de ruído do veículo, caracterizado por sopros de gases, chocalhos no catalisador, som estridente, ressonâncias ao trocar marchas, entre outras, e também quando sentir que o veículo está com baixo rendimento (amarrado) ou com excesso de consumo de combustível, é recomendável checar o sistema de escape.

É importante acompanhar sempre a quilometragem do carro. Para o catalisador é importante saber que a durabilidade mínima é de 40 mil km. Procurar por danos ou furos em todo o conjunto (análise visual) é uma dica importante. Um catalisador, dentro da quilometragem mínima, porém com sinal aparente de batida pede uma confirmação se está ou não convertendo os gases. Outra questão importante é que se deve avaliar as fixações e coxins – todas devem ser usadas para distribuir igualitariamente o peso do sistema. Uma verificação do alinhamento geral do conjunto para checar se as adaptações não estão comprometendo outras partes do carro, como a saída do escapamento próximo ao para choque, finaliza a avaliação.

Atente: A corrosão do sistema de escapamento ocorre de dentro para fora, ou seja, a quebra é consequência de danos na estrutura interna dos abafadores e silenciosos e, portanto, soldar o local rompido não é suficiente para que o fluxo de gases internos seja direcionado da maneira correta, isto afeta do mesmo modo a taxa de contra-pressão de trabalho do motor. Além do mais, os serviços de solda não são suficientes para dar durabilidade contra corrosão no local.

“Os projetos da Mastra são desenvolvidos para garantir o perfeito encaixe da peça nova ao conjunto existente, sem a necessidade de soldas ou adaptações”, afirma o gerente de Engenharia e Qualidade da Mastra Escapamentos e Catalisadores, Valdecir Rebelatto.

Mastra -Fundada em 1967, a Mastra é uma das mais importantes fábricas de sistemas de exaustão da América Latina. Líder em tecnologia está localizada no município de Limeira, a 154 km de São Paulo, na região central do Estado.

A Mastra detém a mais completa linha e estoque de escapamentos e catalisadores para o mercado de reposição. Seus diferenciais estão presentes nas tecnologias aplicadas aos projetos, nos processos de fabricação, comercialização e na logística dos produtos da linha de automóveis, caminhões e acessórios.

Hoje, são produzidos mais de 1.600 itens de escapamentos para automóveis, caminhões, ônibus e tratores além de conversores catalíticos, flexíveis e acessórios para sistemas. Em seus depósitos - na fábrica em Limeira e na rede de parceiros - há um estoque de cerca de 400 mil unidades, um volume que garante entregas just-in-time em todo o território nacional. A rede de distribuidores e atacadistas é treinada para entregas rápidas, mesmo que o instalador necessite de apenas uma peça.

A empresa utiliza alta tecnologia em seus processos produtivos através do Sistema Mastra de Produção, que aplica os conceitos de manufatura enxuta, objetivando melhoria contínua, conforme a necessidade do cliente. Promove também junto aos responsáveis por centros automotivos o programa Esclareça e Venda, uma aula sobre qualidade de serviços e funcionamento dos equipamentos que disponibiliza no mercado.

O compromisso da Mastra se baseia no desenvolvimento de tecnologias e ações que visam o cuidado com a saúde e a qualidade de vida do consumidor. [www.mastra.com.br].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira