Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

01/12/2011 - 11:04

Consórcio Inframérica e Governo Federal assinam contrato de concessão do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante

Consórcio Inframérica recebe primeiro aeroporto federal após leilão com oferta de R$ 170 milhões.

Natal – O consórcio Inframérica – composto pela Infravix Empreendimentos S/A, empresa do Grupo Engevix, e pela Corporación America S/A, empresa argentina com experiência em concessões aeroportuárias – e o Governo Federal assinaram no dia 28 de novembro (segunda-feira),o Contrato de Concessão do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte – o primeiro do Brasil concedido à iniciativa privada. Estiveram na cerimônia de assinatura, realizada no futuro local do aeroporto, a presidente da República Dilma Rousseff, a Governadora do Estado do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, o presidente da Infravix, Gerson de Mello Almada, o presidente da Corporación América, Eduardo Eunerkian e o vice-presidente, Martín Eurnekian, entre outros.

“A oportunidade de geração de empregos, aliada ao desenvolvimento da região, é o ponto mais importante deste empreendimento, que está localizado em um ponto estratégico do Brasil. A vantagem deste aeroporto em relação aos demais do País é possuir uma retroárea que poderá acolher novas empresas na região”, destacou a presidenta da República, Dilma Rousseff.

O Consórcio Inframérica vai investir R$ 650 milhões na construção parcial e operação do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante que, depois de construído, substituirá o Aeroporto Internacional Augusto Severo, de Natal. A previsão é de que o movimento no terminal chegue a três milhões de passageiros em 2014; 4,7 milhões em 2020; e 7,9 milhões em 2030.

“O Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante está projetado para ser o maior complexo aeroportuário da América Latina, graças, entre outras razões, à sua localização privilegiada junto aos grandes centros comerciais mundiais. Por isso, o Governo do Rio Grande do Norte tem a imensa satisfação de participar ativamente da construção dessa importante obra de infraestrutura para o Brasil e para o mundo”, destacou Rosalba Ciarlini, governadora do estado do Rio Grande do Norte.

Para o presidente da Infravix, Gerson de Mello Almada, São Gonçalo do Amarante será exemplo para os demais projetos de concessão aeroportuária que estão por vir. “É exemplo por ser a primeira concessão de aeroportos no Brasil e representa um marco não só para o Consórcio Inframérica como para o País. Acredito que este será o primeiro de uma série de investimentos para o desenvolvimento da região. Se analisarmos as rodovias e o setor elétrico brasileiro, veremos que o modelo brasileiro de concessões à iniciativa privada é um sucesso e neste caso do setor aeroportuário não será diferente”, destaca. A fase de construção do terminal deve gerar de 300 a 400 empregos diretos e de 150 a 250 indiretos.

Para Eduardo Eurnekian, presidente da Corporación America, o Brasil é um mercado importante para a empresa: “Este é um acontecimento muito importante para a Corporación América porque significa o ingresso em um dos mercados mais importantes do continente. Toda nossa experiência e capacidade de administração e operação aeroportuária, que nos colocou como o primeiro grupo privado no mundo nesta especialidade, será levada ao mercado brasileiro. Temos as melhores expectativas para o aeroporto de Natal, assim como para os próximos projetos que possamos participar no futuro. Esperamos que esta experiência consolide os laços comerciais, culturais e sociais que Brasil e Argentina vem construindo ao longo dos últimos anos.”

Após a assinatura do contrato, o Consórcio dará início à elaboração do Projeto Básico, que será submetido à aprovação da ANAC. O terminal atenderá a todas as especificações da Agência para um aeroporto de médio porte, com cinco terminais de embarque e desembarque em dois níveis, estacionamento e acessos internos ligando o local ao sistema viário da cidade. “Vamos trabalhar pensando em um projeto moderno, prático e de rápida construção”, destaca o vice-presidente da Infravix, Antonio Droghetti.

A Infravix Empreendimentos S/A foi fundada em novembro de 2010, tendo como objetivo participar do desenvolvimento da infraestrutura no Brasil e atuar ainda no mercado imobiliário. Atualmente detém 22% do capital da VIABAHIA – Concessões Rodoviárias S/A. A Infravix tem realizado investimentos em novas tecnologias através de duas empresas nas quais tem participação relevante a VENTECH e a AIRSHIP do Brasil. Entre os planos da Infravix para 2011 estão o investimento no mercado imobiliário no município de Rio Grande/RS, através de três empreendimentos, em parceria com o grupo Otero. Estão sendo avaliadas novas oportunidades de investimentos no setor aeroportuário e em concessões rodoviárias e de saneamento básico, bem como em novos empreendimentos imobiliários.

Corporación América en un holding de capitales argentinos presente en América Latina, Europa y Asia con negocios vinculados no sólo al sector aerocomercial (aeropuertos y terminales de carga) sino también con la actividad agroindustrial, energética, servicios, retail e infraestructura.

Entre los aeropuertos administrados por Corporación América se encuentran: Trapani (Italia), Galápagos (Ecuador), Guayaquil (Ecuador), Montevideo (Uruguay), Punta del Este (Uruguay), Zvartnots y Giumry (Armenia), cinco aeropuertos en Perú, más los 35 aeropuertos de Argentina. Esto hace de Corporación América el administrador aeroportuario privado más grande del mundo.

Cabe destacar que Corporación América también es uno de los principales impulsores del Corredor Bioceánico Aconcagua, un proyecto que establece un nivel superior de integración física y comercial entre ambas costas de Sudamérica, acortando las rutas y distancias del Mercosur hacia los países de la Cuenca del Pacífico. El Corredor conforma un sistema ferroviario con dos túneles de baja altura de 52 kilómetros que conectan Argentina y Chile, que transportarán carga y pasajeros atravesando la Cordillera en sólo 4 horas, frente a las 12 que se demora en estos días.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira