Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

23/11/2011 - 09:21

Florada das cerejeiras é tema de pacote cultural da BTG Viagens


Entre o final de março e o início de abril acontece um dos eventos mais marcantes da cultura japonesa: a florada das cerejeiras, fenômeno que encanta turistas do mundo inteiro que podem contemplar o desabrochar simultâneo de mais de 200 espécies. A florada é uma das opções dos Pacotes Culturais oferecidos pela BTG Viagens, modalidade de turismo diferenciada, onde a agência leva seus clientes a um intenso aprendizado. A principal característica desta modalidade é a presença do Especialista ou Anfitrião, um profissional selecionado, altamente experiente em relacionamentos humanos, que acompanha o grupo durante toda a viagem. Ele promove a integração harmônica entre passageiros, especialistas, guias e operadores locais, atendendo às demandas do grupo em suas necessidades durante toda a viagem e promovendo a realização de uma viagem de conhecimento.

O pacote da BTG Viagens inclui 13 dias e 12 noites de imersão na relação histórica entre a florada da cerejeira e a cultura milenar japonesa. Além da presença do anfitrião, o pacote também prevê acomodação, tours com guia local, transfers, transporte terrestre e entradas para as visitas mencionadas no roteiro. Outras informações sobre o roteiro estão no site www.btgviagens.com.br. O telefone da agência é o (41) 3044-1011.

Florada - Na cultura japonesa Sakurá (cerejeira), a flor nacional do Japão, é o símbolo de felicidade. As flores vão do vermelho ao branco, passando pelo rosa e pêssego e seu desabrochar dura em média uma semana. As pétalas caem durante duas semanas e seu chá é utilizado em rituais como casamentos e ocasiões festivas. Na época de seu florescimento, fato aguardado por milhões de japoneses, são realizados as festas chamadas de “hanami” (ver as flores), ao ar livre, embaixo das cerejeiras em flor.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira