Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

04/11/2011 - 12:35

JetBlue assina pedido firme para 40 aeronaves A320neo

Acordo formaliza o compromisso anunciado em junho.

A JetBlue Airways concluiu seu pedido firme para 40 aeronaves A320neo (nova opção de motor) anunciada anteriormente no Paris Air Show em junho. A companhia aérea ainda não anunciou a escolha de motores para este pedido. Com esse contrato, a JetBlue também converte 30 de seus pedidos pré-existentes de A320 para o modelo maior, o A321, com dispositivos de ponta de asa maiores chamados Sharklets. No total, a JetBlue atualmente tem sob encomenda 40 aeronaves A320neo, 30 A321 e 22 A320.

“Iniciamos as operações com as aeronaves Airbus há quase 12 anos, e desde então temos usado a família A320 como a espinha dorsal de nossa frota, recebendo excelente feedback de nossos clientes e tripulantes”, disse Mark Powers, Diretor Chefe Financeiro da JetBlue Airways. “Nosso modelo de negócios enfoca a estratégia de crescimento sustentável com ênfase no controle de custos, enquanto fornece a mais confortável experiência aos nossos clientes. Acreditamos que a frota A320neo nos ajudará a atingir essas metas.”

“Obrigações ambientais e alta nos preços do petróleo exigem que nossa indústria continue a otimizar seus equipamentos e operações, e o A320neo permitirá à JetBlue fazer isso”, disse John Leahy, Diretor Chefe de Operações da Airbus, Clientes. “Esse novo pedido para o A320neo demonstra que a liderança da companhia aérea sabe reconhecer que uma coisa é boa quando a vê, e sabe que beneficiará seu negócio e seus clientes”.

A Família A320neo é a aeronave com as vendas mais rápidas de todos os tempos, com mais de 1200 pedidos e compromissos desde seu lançamento no fim de 2010. Os novos modelos A319, A320 e A321 possuem opção de dois novos motores – o PurePower PW1100G da Pratt & Whitney ou o LEAP-X da CFM International. A aeronave também possui dispositivos de ponta de asa maiores, conhecidos com Sharklets. Juntos, isso resulta em 15% de redução em queima de combustível, o que corresponde a uma redução anual de dióxido de carbono de 3.600 toneladas métricas por aeronave.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira