Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

04/11/2011 - 12:13

Ampla obtém receita bruta de R$ 1,19 bilhão no terceiro trimestre, alta de 15%

Período também foi marcado pelo menor índice de perda de energia da história da empresa.

Niterói – A Ampla, distribuidora de energia que atende a 66 municípios do Estado do Rio de Janeiro, encerrou o terceiro trimestre de 2011 com receita bruta de R$ 1,19 bilhão, montante 15% superior ao registrado em igual período de 2010, de R$ 1,03 bilhão. A receita líquida foi de R$ 789,85 milhões, 16,2% acima dos R$ 679,79 milhões obtidos de julho a setembro do ano passado.

O desempenho deve-se, principalmente à evolução de 23,7% na receita pelo fornecimento de energia elétrica, de R$ 787 milhões para R$ 974 milhões, e ao aumento de 14,3% na receita pela disponibilidade da rede elétrica, incremento atribuído ao aumento do volume de energia transportada para os clientes livres dentro da área de concessão da companhia.

Investimentos- Os investimentos da companhia no período somaram R$ 107 milhões, 6,4% acima do realizado de julho a setembro de 2010. O maior volume foi direcionado para novas conexões: 36,7%, o que representou R$ 39 milhões.

Ebitda e Lucro líquido- O Ebitda atingiu R$ 155 milhões, o que representa um acréscimo de 15% em relação ao mesmo período de 2010, cujo montante foi R$ 134 milhões.

O lucro líquido da Ampla foi de R$ 21 milhões, 38% inferior aos R$ 33,84 milhões obtidos no terceiro trimestre de 2010.

Perdas- No terceiro trimestre, destaca-se a queda no índice de perda de energia da companhia, que ficou em 19,87% na média dos 12 meses encerrados em setembro. O patamar é o menor da história da companhia e 1,09 ponto percentual inferior ao verificado em igual período de 2010. As ações de combate ao furto de energia, intensificadas pela Ampla nos últimos anos, foram determinantes para o resultado, tendo recebido investimentos de R$ 168 milhões nos últimos 12 meses.

Indicadores de qualidade-O indicador de Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora (DEC) encerrou setembro em 20,10 horas, contra 27,7 horas em setembro do ano passado, o equivalente a uma redução de 27,4%. Já a Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora (FEC) ficou em 10,69 vezes, ante 14,63 vezes, uma queda de 26,9%. A redução dos indicadores é reflexo, principalmente, dos investimentos do Plano de Qualidade empenhado pela companhia a partir do segundo trimestre do ano passado.

Clientes- A Ampla encerrou o terceiro trimestre deste ano com 2,62 milhões de unidades consumidoras, 2,6% superior ao registrado ao final do terceiro trimestre de 2010. Esse crescimento representa um acréscimo de 65,65 mil novos consumidores à base comercial da companhia.

O aumento observado entre os períodos analisados está concentrado na classe residencial, com mais 59 mil novos consumidores. Este movimento é reflexo dos investimentos para conexão de novos clientes à rede elétrica da empresa, que totalizaram o montante de R$ 156 milhões nos últimos 12 meses.

Perfil-A Ampla Energia e Serviços S.A., uma empresa Endesa Brasil, distribui energia elétrica para 66 municípios do Estado do Rio de Janeiro, abrangendo 73% do território estadual, com a cobertura de uma área de 32.188 km². A Região Metropolitana de Niterói e São Gonçalo e os municípios de Itaboraí e Magé somam a maior concentração do universo de 2,62 milhões de clientes atendidos pela companhia.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: