Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

22/10/2011 - 11:15

Curso capacitará tribunais em auditoria para folha de pagamento

Profissionais da área de controle interno dos Tribunais de Justiça estarão reunidos a partir desta segunda-feira (24/10), em Brasília, para o Curso de Capacitação de Auditoria em Folha de Pagamento. A capacitação foi organizada pela Secretaria de Controle Interno (SCI), do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em parceria com o Tribunal de Contas da União (TCU) e com a Controladoria-Geral da União (CGU).

Com a iniciativa, que vai até quinta-feira (27/10), a SCI espera preparar os tribunais para realizarem, a cada ano, auditorias mais amplas em suas folhas de pagamento a fim de verificar e corrigir, rotineiramente, erros e impropriedades. Segundo informações da secretaria, em geral, mais de 90% do orçamento dos Tribunais de Justiça é gasto com folha de pessoal. Seguindo uma legislação complexa que, se interpretada de forma errada, leva ao pagamento de benefícios e gratificações descabidas, a auditoria de folha de pagamento é considerada essencial para identificar e corrigir distorções.

Fundamentos - Nesta primeira edição do curso, a expectativa é reunir 60 participantes – dois representantes de cada tribunal de Justiça e dos tribunais militares do Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais. Nas aulas, os participantes aprenderão com especialistas do TCU e da CGU sobre fundamentos de controle e auditoria interna; as fases de planejamento e execução, além de ferramentas como formulários e softwares utilizados.

Para colocar em prática os conhecimentos adquiridos, o CNJ está mobilizando os tribunais para realizarem uma auditoria simultânea em folha de pagamento em novembro. O próprio CNJ participará do processo. A secretária de Controle Interno, Gláucia Elaine de Paula, explica que o exercício será o momento de tirar dúvidas dos profissionais diante da realidade local.

Desempenho - “Com o curso iniciamos um ciclo de capacitação para transferir conhecimentos fundamentais ao bom desempenho das funções de controle interno, especialmente na área de auditoria e de acompanhamento da regularidade dos atos de gestão”, ressalta. Na auditoria simultânea, será verificado se os pagamentos de benefícios seguem os parâmetros e requisitos previstos em lei e se há casos de recebimento injustificado. |.Patrícia Costa/CNJ.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: