Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

22/10/2011 - 11:05

Alternativas de menor custo podem evitar apagões na Copa, avalia ABRACE

Investimentos no sistema elétrico poderiam ser evitados com a adoção de programa voluntário de diminuição de consumo na época dos jogos.

A ABRACE (Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres) defende que sejam estudadas alternativas de gestão antes da aprovação de investimentos extraordinários no sistema elétrico brasileiro por conta da Copa do Mundo de 2014. “O evento da Copa é pontual e por si só não justifica a antecipação de investimentos em ativos que ainda não são necessários pelos padrões atuais de consumo”, avalia o presidente-executivo da ABRACE, Paulo Pedrosa.

Estimativas do mercado indicam que são necessários investimentos da ordem de R$ 4,7 bilhões no sistema elétrico brasileiro para evitar apagões durante os jogos. A maior parte desses recursos – R$ 3,4 bilhões – deve ser destinada aos sistemas de distribuição. “O problema é que esses investimentos devem ser repassados às tarifas de todos os consumidores, pressionando ainda mais os custos da energia no país, hoje entre os mais elevados do mundo”, alerta Pedrosa.

“Hoje, fala-se muito em redes inteligentes. O mercado consumidor poderia agregar mais inteligência às redes se tivesse os estímulos econômicos corretos”. Entre as possibilidades, a oferta de descontos no custo da energia para empresas que programassem paradas de manutenção ou férias coletivas durante os jogos, reduzindo seu consumo. A participação seria sempre voluntária e poderia ser colocada em prática por meio de leilões de demanda. “A medida poderia ser associada a outras ações em favor da redução do trânsito e de outros problemas da infraestrutura”, conclui o executivo.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: