Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

05/10/2011 - 10:17

BNDES aprova crédito de R$ 297 milhões para cinco parques eólicos na Bahia

A diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 297,4 milhões para instalação de cinco parques eólicos no interior da Bahia. As unidades fazem parte do complexo de 14 centrais eólicas vencedoras do 2º Leilão de Energia de Reserva, em 2009, controladas pela Renova Energia S/A, e nove já haviam obtido financiamento do BNDES em 2010.

De acordo com a nota do banco, as novas usinas, instaladas nos municípios de Igaporã e Guanambi, terão potência total de 98,8 MW. O apoio do BNDES responderá por 70% do valor total do projeto, de R$ 423,3 milhões, e contribuirá para a criação de 1.468 empregos, diretos e indiretos, durante a fase de construção e operação do empreendimento.

Os investimentos em energia eólica têm sido crescentes nos últimos anos. Considerando-se os cinco novos parques baianos, o BNDES já aprovou projetos para 70 parques eólicos, no valor de R$ 4,5 bilhões e capacidade instalada de 1,5 mil MW.

O financiamento será concedido a cinco Sociedades de Propósito Específico (SPEs), responsáveis pela operação de cada um dos parques. Ao todo, o Grupo Renova está realizando investimentos que levarão à instalação de um total de 294,4 MW, com entrada em operação programada para julho de 2012 naquela região da Bahia.

Entre os méritos do projeto está o aumento das encomendas a produtores nacionais, uma vez que os cinco parques eólicos contarão com 62 aerogeradores, fornecidos por empresas constituídas no País.

Além disso, trata-se de uma fonte de energia renovável que trará benefícios à população, como a prioridade de despacho em relação às demais fontes, de reduzido impacto ambiental e sem produção de resíduos de qualquer natureza. O projeto também reduz a utilização de insumos como gás natural e outros derivados de petróleo, minimizando a dependência desses recursos e diminuindo a redução das emissões de CO2.

As SPEs realizarão investimentos socioambientais, além das exigências do licenciamento ambiental, no valor de R$ 3 milhões, totalmente financiados pelo BNDES, que integram a política do Banco de desenvolvimento sustentável no entorno dos projetos. Incluem formação profissional, com cursos nas comunidades locais para formação de carpinteiros, pedreiros, soldadores e mecânicos.

Haverá, ainda, contribuições importantes para a região, como a maior oferta de emprego e aumento de renda e crescimento do comércio local. Os parques eólicos contribuem para a segurança do abastecimento de energia elétrica, por serem complementares à geração hidrelétrica, tendo em vista que o regime de chuvas nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste é inverso ao período de maior intensidade dos ventos.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: