Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

10/09/2011 - 14:34

FDTE mostra como as empresas, organizações e empreendimentos podem economizar energia

Entidade ensina a metodologia para se medir gastos com energia, detectar os focos de desperdício, dimensionar os investimentos em equipamentos que consumam menos e reduzir os gastos em empresas, condomínios e empreendimentos.

Hoje em dia, é possível dimensionar o uso de energia elétrica nas empresas, indústrias, condomínios e outros empreendimentos a partir de metodologias que resultam em economia. A busca pela eficiência energética, ou seja, a redução de gastos com energia a partir do entendimento de cada espaço, da necessidade de cada empreendimento, da adoção de máquinas e equipamentos em condições de consumo energético mais favorável, entre outras ações, tem sido uma constante, não apenas pela economia energética em si, mas pelo menor uso dos recursos e sustentabilidade, como também pela questão financeira.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) reconhece a importância do tema e, com base na Lei 9.991/2000, instituiu que as distribuidoras de energia aplicassem, anualmente, no mínimo 0,5% de sua receita operacional líquida em ações de Eficiência Energética. Entre março de 2008 e junho de 2011 a iniciativa contabilizou 774 projetos das concessionárias e registrou uma economia de energia da ordem de 1,82 milhão de megawatthora/ano (MWh/ano). A demanda por profissionais capacitados para atuar neste segmento é grande e ainda tem muito a crescer, especialmente com as grandes obras de infraestrutura que marcarão o Brasil nos próximos anos, já que estas devem apresentar um plano de eficiência energética.

Assim, a Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia (FDTE), interessada no aprimoramento dos profissionais ligados à engenharia e com o objetivo de promover a qualificação para a atuação neste mercado iniciará, no dia 13 de setembro, o curso “Eficiência Energética em Organizações e Empreendimentos”. As aulas abordam conceitos fundamentais da gestão energética, bem como métodos de medições de consumo e benefícios gerados pela prática. ”O curso vai falar sobre as fontes de energia e o consumo energético de equipamentos e, assim, levar conhecimentos práticos para que o participante possa sugerir intervenções que gerem economia”, disse Jayme Sillos Rosas Junior, gerente de cursos da FDTE.

Destinado a engenheiros, gestores ambientais, administradores e profissionais de facilities, entre outros, o curso oferece uma extensão ao conhecimento profissional, por meio de aulas teóricas, estudo de cases e visitas técnicas. As relações entre o investimento nos equipamentos, o retorno financeiro obtido e a economia gerada também serão amplamente discutidas. “Já tivemos casos em que o redimensionamento da estrutura energética de uma empresa gerou economia de mais de 50%. É isso que pretendemos mostrar na prática”, afirmou Jayme Sillos.

O curso aborda desde as matrizes energéticas e os modelos de distribuição, até questões de normatização e legislação sobre o assunto, bem como conceitos de Medição & Verificação e o trabalho realizado pelas Empresas de Serviços de Conservação de Energia (ESCOs). Coordenadas pelo Prof. Dr. Eduardo Ioshimoto, do Departamento de Engenharia de Construção Civil da POLI/USP, as aulas apresentarão maneiras de aplicar os conceitos de Eficiência Energética em sistemas elétricos, de iluminação, ar condicionado e motores elétricos, entre outros.

A FDTE é uma instituição voltada para apoiar as atividades desenvolvidas pela Universidade de São Paulo (USP). Desde a sua criação, em 1972, a FDTE participou de mais de 1.100 projetos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação em todos os campos da engenharia, para empresas do setor público e privado. Na área de energia, a Fundação atua em projetos em parceria com grandes entidades privadas, além de outros ligados às agências governamentais do setor. Entre as ações, a entidade desenvolveu o primeiro balanço energético brasileiro, em 1974, modelo até hoje utilizado pelo Ministério de Minas e Energia.

O curso, de 42 horas/aula, terá início em 13 de setembro, na sede da FDTE.| http://www.fdte.org.br/index.php/energia/18-educacao/cursos-fdte/24

.[Curso Eficiência Energética em Organizações e Empreendimentos |Início: 13 de setembro de 2011.Terças-feiras, das 19h às 22h20.Sede FDTE - R. Padre Eugenio Lopes, 361 - Morumbi, São Paulo - SP - CEP: 05615-010 .Carga Horária: 42 horas.Informações: (11) 3031-7000 ou www.fdte.org.br].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: