Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

09/09/2011 - 08:34

Odebrecht orienta empresários sobre contratação de egressos do sistema carcerário

Os principais pontos que as empresas devem considerar no processo de contratação de detentos e egressos do sistema carcerário foram apresentados, no dia 06 de setembro (terça-feira), pelo diretor de Sustentabilidade do Grupo Odebrecht, Luciano Alfredo Bonaccini, aos empresários participantes do Encontro Nacional do Começar de Novo, em São Paulo. O evento foi realizado numa parceria entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

A Odebrecht é uma das maiores parceiras do Programa Começar de Novo, criado pelo CNJ e executado nos estados pelos tribunais de Justiça, governos estaduais e municipais, empresas privadas e entidades da sociedade civil. A construtora, entre outras iniciativas, tem levado para as obras de infraestrutura da Copa do Mundo 2014 trabalhadores presos e também ex-detentos.

Postura - Segundo o diretor da Odebrecht, a contratação deve ser feita dentro de um processo normal: com entrevista, apresentação de documentação e avaliação de saúde. Na entrevista, os candidatos devem ser avaliados por uma postura pró-ativa, disposição para o trabalho, motivação e desejo de reintegração à sociedade.

Luciano Bonaccini destacou também que os contratados devem ser direcionados para diferentes frentes de trabalho e somente os encarregados devem saber de sua situação penal. Esses encarregados devem ser preparados para atuar como responsáveis pela avaliação comportamental e profissional dos funcionários.

De acordo com o diretor da Odebrecht, não deve ser dado qualquer destaque ou tratamento diferenciado ao contratado preso ou egresso. É muito importante evitar sua exposição perante os demais funcionários, para evitar sua segregação.

Confiança - Luciano Bonaccini acrescentou ser essencial o estabelecimento de um vínculo de confiança e comunicação com o contratado. Ao final de sua palestra, o diretor da Odebrecht recebeu o Selo do Programa Começar de Novo das mãos do juiz auxiliar da Presidência do CNJ Márcio Fraga.

O Encontro Nacional do Começar de Novo tem o objetivo de mostrar ao empresariado as vantagens desse tipo de contratação: além da promoção da cidadania e da redução da reincidência criminal, os benefícios incluem a redução do peso da folha salarial das empresas, por meio de isenções de obrigações trabalhistas e concessão de incentivos fiscais.| Jorge Vasconcellos e Manuel Montenegro/CNJ.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: