Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

26/08/2011 - 09:54

Brasil Salomão e Matthes Advocacia é o escritório mais admirado na área tributária em Goiânia, aponta pesquisa


Klaus E. Rodrigues Marques, sócio e coordenador jurídico da filial Goiânia

Com quase três anos de atuação no Estado, banca jurídica aposta no crescimento do mercado goiano e já atende importantes grupos empresariais na região.

São Paulo– A decisão estratégia de ampliar seu escopo de atuação, investindo em outras regiões, parece ter sido bem sucedida para o escritório Brasil Salomão e Matthes Advocacia. Com 42 anos de existência e quase três em Goiânia, a banca acaba de conquistar o prêmio “Mais Admirados do Direito em Goiás 2011”, sendo o mais votado na categoria Direito Tributário e Financeiro. Criado pela Contato Comunicação, o processo de votação aconteceu pela Internet e teve como “júri” cerca de quatro mil advogados escolhidos aleatoriamente em uma listagem de 20 mil profissionais. De acordo com *Marcelo Salomão, sócio do Brasil Salomão e Matthes Advocacia, mestre doutorando em Direito Tributário e coordenador nacional da especialização em Processo Tributário do IBET - Instituto Brasileiro de Direito Tributário - o reconhecimento conquistado com o prêmio é uma confirmação do caminho trilhado pelo escritório. “Nossa meta também é ser referência em Goiânia, capital importante no cenário nacional e que tem sinergia com os setores nos quais trabalhamos”, afirma.

Para Klaus E. Rodrigues Marques*, sócio e coordenador jurídico dessa filial, e mestre em Direito Tributário pela PUC-SP, a demanda de serviços em Goiás, especialmente na área tributária, é bem diversificada, abrangendo autuações e execuções nas três esferas do governo. O advogado, entretanto, aponta outro aspecto que tem gerado insegurança jurídica para o empresariado goiano. “O STF se posiciona contrariamente e tem julgado inconstitucionais todos os benefícios que não possuem prévia autorização do CONFAZ, como é o caso dos incentivos goianos. Isso pode trazer enormes prejuízos ao Estado e aos contribuintes, em especial os industriais, já que uma decisão do STF poderá, além de cessar os benefícios para o futuro, fazer com que o Estado exija das empresas beneficiadas o imposto que deixou de ser pago nos últimos cinco anos”, esclarece.

De acordo com Salomão, para ingressar no mercado goiano a idéia inicial era de que seria preciso certo período para demonstrar a forma de atuação do escritório. Entretanto, curiosamente, em Goiânia o resultado foi diferente: a filial trouxe o retorno do investimento mais rápido do que o planejado. Isso se dá pelo crescimento vivenciado pelo Estado nos últimos anos, somado ao perfil da região, naturalmente vocacionada para o agronegócio, comércio e indústria, áreas de experiência da banca jurídica, que já atende na região empresas como o Grupo Coral, a Brasil Foods (Sadia), o Grupo Mabel, o Citibank, a PIF PAF - Rio Branco Alimentos, a Engefort Construtora, toda a Rede Plaza Inn de hotelaria, entre outras empresas.

Mas os recentes incentivos dos programas Fomentar e Produzir, assinados pelo governo goiano, já demonstram reflexo positivo na economia do Estado. Recentemente, o governador Mar­co­ni Pe­ril­lo (PSDB) as­si­nou con­tra­to de fi­nan­cia­men­to de R$ 137,8 mi­lhões em in­cen­ti­vos fis­cais dos pro­gra­mas Fo­men­tar e Pro­du­zir, iniciativa que pode estimular a escolha do Estado para a implantação de novas empresas.

Esse cenário faz com que o escritório preveja ainda mais investimentos na filial, com a contratação de mais advogados não apenas na área tributária, mas em outros nichos de atuação, como societário, cível, trabalhista, ambiental e administrativo. “O alto nível da advocacia goiana fez com que tivéssemos que valorizar ainda mais algumas das nossas principais características, como experiência, dedicação e disponibilidade. Esses são os nossos grandes diferenciais e nos apóiam na estratégia de fidelização e prospecção de novos clientes”, finaliza Marcelo Salomão.

Referência no segmento jurídico e responsabilidade social-A qualidade técnica atrelada a conceitos de governança corporativa trouxeram ao Brasil Salomão e Matthes Advocacia por cinco anos consecutivos a classificação como uma das 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil, pelo Guia Exame e Revista Você S/A. A banca também subiu no ranking da revista Época como uma das 100 melhores empresas para trabalhar. A pesquisa publicada na revista foi coordenada pelo Great Place to Work Institute, que coordena pesquisas de clima organizacional em todo o mundo. Nos anos de 2007 e 2008 o escritório foi o único do setor jurídico a figurar entre as empresas brasileiras com melhor ambiente de trabalho.

Outro fator considerado primordial para o desenvolvimento da banca é a qualidade profissional da equipe, que passa por constante aprimoramento. Todos os sócios possuem mestrado que são realizados dentro do plano de carreiras do escritório. A reciclagem interna acontece nas instalações do CEJUR – Centro de Estudos Jurídicos Brasil Salomão - que disponibiliza videoconferência com tecnologia de ponta para todas suas unidades, além de palestras e atividades nas filiais. O CEJUR é um espaço aberto para o debate jurídico, que reúne semanalmente os advogados da casa, profissionais e estudantes. Fundado em 1999, tem como objetivo promover reuniões periódicas para o debate de questões jurídicas, tais como inovações legislativas e processuais, atualidades da jurisprudência, entre outros assuntos relacionados ao estudo da ciência do Direito e ao profissional.

A responsabilidade social e a sustentabilidade também estão entre os pilares do escritório. “Entendemos que, para efetivamente cumprir nosso papel enquanto advogados e cidadãos, não basta prestar serviços de qualidade, mas oferecer a sociedade algo mais. Essa preocupação da banca foi trazida para a filial Goiânia, que realiza anualmente campanhas de doação de sangue e de arrecadação de agasalhos, que são doados às famílias carentes. Ainda promovemos eventos jurídicos nos quais a inscrição é feita mediante a doação de alimentos, que são destinados ao Lar de Jesus, uma séria instituição filantrópica goiana”, finaliza Marques.

Klaus E. Rodrigues Marques-Sócio e coordenador jurídico da filial goiana do Brasil Salomão e Matthes Advocacia. É especialista e mestre em Direito Tributário pela PUC-SP, professor de pós-graduação em Direito Tributário de várias instituições de ensino e autor do livro A Guerra Fiscal do ICMS (MP Editora, 2010). Na área acadêmica, é professor conferencista do curso de especialização em Direito Tributário do IBET – Instituto Brasileiro de Estudos Tributários; do curso de pós-graduação Lato Sensu em Direito Tributário da rede de ensino Luiz Flávio Gomes; do curso de pós-graduação em Direito Tributário do JUS PODIVM, em Salvador-BA; da pós-graduação em Direito do Estado da Universidade Estadual de Londrina; da pós-graduação da UFMT – Universidade Federal do Mato Grosso; da pós-graduação em Direito Tributário da ATAME/Cândido Mendes, em Goiânia; de pós-graduação em Direito Tributário da ATAME/ Cândido Mendes, em Cuiabá; coordenador assistente do curso de especialização em Direito Tributário do IBET – Instituto Brasileiro de Estudos Tributários, em Ribeirão Preto; professor de Direito Tributário em cursos preparatórios para a 2ª fase da OAB em Direito Tributário. É co-autor dos livros Parcelamentos de Tributos – Questões Atuais (MP Editora, 2007), Processo Judicial Tributário (MP Editora, 2006), Processo Administrativo Tributário – Federal e Estadual (MP Editora, 2005).

Marcelo Salomão-Mestre e doutorando em Direito Tributário pela PUC-SP. É coordenador nacional da especialização em Processo Tributário do IBET – Instituto Brasileiro de Direito Tributário - e Coordenador Regional do Instituto em Ribeirão Preto para o curso de especialização em Direito Tributário. Desenvolve pareceres e sustentações orais sobre ICMS. É também professor da pós- graduação do IBET, professor convidado do curso da GVLAW-SP de Gestão Jurídica e do módulo sobre Tributação no Setor Comercial com o tema o ICMS na Importação, entre outras instituições acadêmicas ao qual atua. É autor do livro “ICMS na Importação”, que está na segunda edição, da editora Atlas, coordenador conjunto dos livros Direito Tributário Cooperativo, da MP Editora e A reforma do CPC e a Execução Fiscal, também da MP Editora. Possui artigos publicados em 12 livros de Direito Tributário, entre eles: “O ICMS e a Restrição da Lei Complementar n. 102/2000 ao Aproveitamento dos Créditos Relativos aos Bens do Ativo”, coordenado pelos professores Fábio Junqueira de Carvalho e Maria Inês Murgel “ICMS – Reflexões sobre a Lei Complementar n. 102/2000, editora Mandamentos; “O ISS e a locação, a Cessão de Direito de Uso e Congêneres”, obra conjunta, coordenada pelos Profs. Ives Gandra da Silva Martins e Marcelo Magalhães Peixoto, “ISS – LC 116/2003”, Juruá Editora; “Breves comentários à Lei n. 10.941/2001, que Regula o Processo Administrativo Tributário no Estado de São Paulo”, artigo publicado no livro Processo Administrativo Tributário - Federal e Estadual, coordenado pelos Drs. Aldo de Paulo Jr e Marcelo Viana Salomão, MP Editora; “O ICMS nas Importações”, artigo publicado no livro Direito Tributário, obra conjunta coordenada pelo Dr. Luís Eduardo Schoueri, Quartier Latin; ”ICMS nas importações feitas por cooperativas”, artigo publicado no livro Direito Tributário Cooperativo, obra conjunta coordenada pelos Drs. Brasil PP Salomão, Rodrigo Forcenette e Marcelo Viana Salomão, MP Editora. É advogado sócio do Brasil Salomão e Matthes Advocacia, e responsável pelas sustentações orais e pareceres da equipe jurídica tributária do escritório.

Brasil Salomão e Matthes Advocacia-Fundado há 42 anos, o escritório foi o único a figurar do ranking das Melhores Empresas para Você Trabalhar, Você S/A – Guia Exame por cinco anos consecutivos, de 2005 a 2009, pela exímia gestão de pessoas, plano de carreiras, infraestrutura, ações e programas executados. Em 2007 e 2008, o escritório foi destacado como o único indicado no País do setor jurídico e obteve nota 7,9 no índice de felicidade no trabalho (IFT) da pesquisa. Em 2008 o Brasil Salomão e Matthes Advocacia foi também premiado pela revista Época em um estudo conduzido pela Great Place to Work, e foi o único do setor jurídico brasileiro selecionado entre as 100 melhores empresas para trabalhar. Está presente em São Paulo- SP, Ribeirão Preto-SP, Franca-SP, Campinas-SP, Belo Horizonte-MG, Três Lagoas-MS e Goiânia-GO, e conta com equipe em todo território brasileiro, atua no Mercosul, México, Estados Unidos e Europa. Todos os sócios possuem mestrado cujo plano de carreiras do escritório contempla essa realização. Excelência no atendimento focado nas necessidades e expectativas dos clientes de forma imediata, eficaz, confiável e com certeza de continuidade, sustentabilidade da organização com ética e respeito à tradição com responsabilidade social, ambiental e financeira. Possui um Centro de Estudos com uma série de ações e palestras, prima pela contínua atualização tecnológica e de processos de trabalho, e esses são alguns dos valores do escritório. A banca atua em todas as áreas do Direito: Tributário, Civil, Comercial e Societário, Trabalhista, Penal, Administrativo, Recuperação de Créditos/Cobrança, Ambiental e Biodireito, Cooperativismo e Desportivo. Atende grandes, médias e pequenas empresas de vários setores, entre eles, varejo, agroindústria, construção civil, aviação, biodiesel, convênio médico, educação, transporte, indústrias (farmacêutica, bebida, alimentação, têxtil, automotiva, moveleira), energia, agropecuária, laboratório médicos, entre outros. Com inúmeras realizações sociais, ambientais e culturais, o escritório criou o Núcleo de Responsabilidade Social Brasil Salomão e Matthes Advocacia e está entre as exclusivas bancas jurídicas que conquistaram o ISO 9001:2008. [www.brasilsalomao.com.br].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: