Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

21/06/2011 - 12:10

Sriwijaya Air encomenda 20 E-Jets


Companhia aérea da Indonésia também tem direitos de compra para outros dez Embraer 190.

São José dos Campos – A Sriwijaya Air, de Jacarta, Indonésia, assinou um acordo condicionado a documentação final para a aquisição de 20 jatos Embraer 190, com direitos de compra para outros dez aviões. O pedido foi anunciado hoje no 49º Paris Air Show. O valor total do negócio, referido a preço de lista, é de USD 856 milhões, com base nas condições econômicas de janeiro de 2011, e pode alcançar USD 1,28 bilhão, se todos os direitos de compra forem exercidos.

Paulo César de Souza e Silva, vice-presidente executivo da Embraer para o Mercado de Aviação Comercial, destacou a importância da negociação.

“Este é um endosso muito importante à capacidade de operação do Embraer 190 em uma região tão distinta como a Indonésia, onde a aviação tem se tornado um meio de transporte cada vez mais importante para conectar centroschave de negócios e turismo em uma extensa área. Estamos satisfeitos que a Sriwijaya reconheça as excepcionais qualidades do E190 para concretizar sua estratégia.”

Os E190 da Sriwijaya Air serão configurados com 100 assentos em classe única. A companhia aérea identificou a necessidade de uma frota de aviões de 100 assentos para substituir alguns narrow-bodies e alcançar seus objetivos de expansão, adicionando novas freqüências nos mercados domésticos existentes e abrindo rotas diretas em toda a região.

“Selecionamos o Embraer 190 porque é a melhor aeronave que se encaixa na nossa estratégia de desenvolver vôos diretos em novos mercados que não são economicamente viáveis com aviões maiores”, disse Chandra Lie, CEO da Sriwijaya Air. “O excelente alcance, desempenho de pista e nível de conforto superior do E190 nos permitirão adicionar capacidade às rotas em desenvolvimento, melhorando, dessa forma, a satisfação geral dos passageiros em comunidades por toda a Indonésia. O novo modelo de avião também nos permitirá recolocar os aviões maiores em outros trechos, onde o tamanho é mais compatível com a demanda.”

A companhia aérea pretende operar os E190 a partir do seu centro de operações no Aeroporto Internacional Soekarno Hatta (CGK), em Jacarta, e outras importantes cidades, como Balikpapan, Makassar, Surabaya e Medan. O jato oferecerá à Sriwijaya Air a flexibilidade de operar rotas de até 4.260 km (2.300 milhas náuticas).

A Sriwijaya Air é o mais novo cliente da Embraer e se junta a outras dez companhias aéreas na região da Ásia Pacífico e China que selecionaram os E-Jets. Empresas aéreas no Japão, China, Taiwan e Austrália operam um total de 90 E-Jets. A Embraer fornece suporte e serviço abrangentes aos clientes do sudeste asiático em Changi, Singapura. As instalações incluem depósito de peças de reposição, simulador de voo completo e modelo em tamanho real da cabine para treinamento de comissários de voo.

A Sriwijaya Air [www.sriwijayaair.co.id] é uma companhia aérea líder no transporte doméstico na Indonésia. Transporta mais de 600 mil passageiros por mês a partir do seu centro de operações no Aeroporto Internacional Soekarno Hatta (CGK), em Jacarta, para 35 destinos nacionais e internacionais. Fundada em novembro de 2003, opera uma frota de 28 narrow-bodies em uma rede que cobre todo o país, desde Banda Aceh, no oeste, até Jayapura, no leste.

Família de E-Jets da Embraer- A família de E-Jets da Embraer é composta por quatro jatos comerciais com capacidade de 70 a 122 assentos, fruto de um projeto de engenharia avançado que apresenta desempenho eficiente, grande economia operacional, baixo nível de emissão de poluentes e uma ampla cabine de passageiros sem os indesejados assentos do meio.

Os E-Jets têm velocidade de cruzeiro máxima de Mach 0,82, voam a uma altitude de até 12.500 metros (41.000 pés) e possuem alcance de 4.450 km (2.400 milhas náuticas). O alto grau de comunalidade entre as quatro aeronaves – Embraer 170, Embraer 175, Embraer 190 e Embraer 195 – resulta em excepcional redução nos custos de treinamento da tripulação, manutenção e peças de reposição para os operadores. Outro destaque é a moderna tecnologia fly-by-wire, que aumenta a segurança operacional e reduz a carga de trabalho dos pilotos e o consumo de combustível.

O projeto da fuselagem em dupla-bolha oferece conforto superior e inclui duas entradas principais para passageiros e duas portas de serviço que minimizam o tempo de permanência no solo. Os E-Jets oferecem muito mais espaço ao passageiro, tanto na configuração com uma como na com duas classes, que qualquer outra aeronave de tamanho equivalente. [www.EmbraerCommercialJets.com.br].

Com grande aceitação, mais de mil pedidos firmes de 60 companhias em 40 países já foram recebidos. A frota, que supera os 750 jatos em operação, acumulou 5 milhões de horas de voo e transportou 200 milhões de passageiros em todo o mundo. Trata-se de uma comprovada família de jatos que tem auxiliado companhias aéreas a ajustar capacidade à demanda em rotas operadas por aeronaves narrow-body com baixa taxa de ocupação, substituir aeronaves antigas e ineficientes e desenvolver novos mercados com menores custos, maior eficiência e alto nível de conforto para o passageiro. Para melhor avaliação dos benefícios gerados por essas aeronaves ao substituir jatos mais antigos [www.eforefficiency.com].

Perfil-A Embraer S.A. (NYSE: ERJ; BM&FBovespa: EMBR3) é uma empresa líder na fabricação de jatos comerciais de até 120 assentos e uma das maiores exportadoras brasileiras. Com sede em São José dos Campos, no Estado de São Paulo, mantém escritórios, instalações industriais e oficinas de serviços ao cliente no Brasil, China, Estados Unidos, França, Portugal e Singapura. Fundada em 1969, a Embraer projeta, desenvolve, fabrica e vende aeronaves e sistemas para os segmentos de aviação comercial, aviação executiva e defesa e segurança. A Empresa também fornece suporte e serviços de pós-vendas a clientes em todo o mundo. Em 31 de março de 2011, a Embraer contava com 17.253 empregados – número que não inclui funcionários das subsidiárias não-integrais – e possuía uma carteira de pedidos firmes a entregar de USD 16,0 bilhões. [www.embraer.com.br].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira