Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

09/06/2011 - 10:32

Seleção brasileira júnior de remo conquista nove ouros na Alemanha


A seleção brasileira júnior de remo retornou da Alemanha, onde participou de competições em Munique e Hamburgo, trazendo na bagagem nove medalhas de ouro. Seis delas foram conquistadas no fim de semana, durante a regata internacional de Hamburgo. A equipe brasileira de juniores é formada por 12 atletas, que contam com o apoio do programa Petrobras Esporte & Cidadania.

Para o presidente da Confederação Brasileira de Remo (CBR), Wilson Reeberg, é importante destacar que as medalhas foram conquistadas no país que tem o melhor remo do mundo. “A regata de Hamburgo teve 78 provas e 1.130 guarnições inscritas. Um número inacreditável. Para vencer lá é preciso estar muito bem preparado, e nossos atletas provaram que estavam”, avalia o dirigente.

As medalhas de ouro de Hamburgo foram conquistadas por Beatriz Cardoso (categoria skiff junior B); Lucas Kreitlow e Marciel Souza (double-skiff junior A), Francisco Mendes e Victor Cocci Mufatto (dois sem junior A), Gabriela Salles (skiff Junior A), e Gabriela Sales e Beatriz Cardoso (double-skiff junior A).

Além da Alemanha, outros 15 países enviaram guarnições para a regata: Áustria, Azerbaidjão, Brasil, Bulgária, Croácia, República Tcheca, Espanha, França, Grã-Bretanha, Irlanda, Holanda, Polônia, Eslovênia, Sérvia e Suíça.

Nas regatas internacionais de juniores de Munique e Hamburgo, a maioria das guarnições era mista, ou seja, formada por remadores de mais de um clube, o que, segundo o técnico Julio Soares, aumentou ainda mais a qualidade dos adversários. “O estágio na Alemanha foi um grande aprendizado para todos, muito enriquecedor. Fez os atletas entenderem a diferença entre estar na seleção brasileira e ser da seleção brasileira. Todos cresceram tecnicamente e amadureceram muito psicologicamente”, analisa Soares.

O programa Petrobras Esporte & Cidadania foi lançado em 2010 pela Companhia. No segmento de Esporte de Rendimento, patrocina, além do remo, o taekwondo, o boxe, a esgrima e o levantamento de peso. Até 2014, o investimento total nas cinco modalidades será aproximadamente R$ 80 milhões.

“O programa da Petrobras cobre gastos importantes como passagens, hospedagem, remuneração e outras formas de apoio material aos atletas e, juntamente com os recursos da Lei Piva, possibilitaram a concretização desse importante período de aprendizagem na Alemanha”, observa Wilson Reeberg.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira