Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

09/06/2011 - 10:11

Construção da usina hidrelétrica Santo Antônio promove desenvolvimento socioambiental de Porto Velho

Relatório de sustentabilidade traz resultados de investimentos feitos pela Santo Antônio Energia.

A Santo Antônio Energia apresenta o primeiro relatório de sustentabilidade da usina hidrelétrica Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em Porto Velho (RO). Para construir o empreendimento, a concessionária responsável pelas obras e futura operação realizou, em contrapartida, um investimento de R$ 1,3 bilhão em iniciativas em benefício da população, fauna e flora da região, assim como para o estado de Rondônia e sua capital.

“As ações englobam as áreas de saúde, segurança, educação, infraestrutura, meio ambiente e social. Promovemos também a capacitação profissional de mais de 80% da mão de obra que trabalha no empreendimento e que poderá aproveitar este conhecimento para atuar, posteriormente, em outras oportunidades do ramo da construção civil”, explica Carlos Hugo Annes de Araújo, geólogo e diretor de sustentabilidade da Santo Antônio Energia.

Em termos de preservação de fauna e flora, este primeiro documento destaca a implantação de 39 mil hectares de Área de Preservação Permanente (APP) no entorno do futuro reservatório e a aplicação de R$ 5 milhões na construção do Centro de Triagem de Animais Silvestres – considerado o mais moderno do Brasil pelo Ibama – para abrigar animais em tratamento encontrados durante o resgate de fauna. Os peixes também foram contemplados pelo programa, por meio da realização de um estudo inédito do movimento de migração da ictiofauna. Foram identificadas 777 espécies de peixes, algumas delas raras entre as coleções ictiológicas do mundo e, pelo menos, 40 espécies novas para a ciência. O objetivo desta pesquisa é reunir dados anteriores ao enchimento do reservatório para identificar a condição ideal para construção da estrutura definitiva do Sistema de Transposição de Peixes (STP). Outro destaque é a realização de monitoramentos referentes à qualidade da água e da presença de mercúrio no Madeira, ao clima e à movimentação de sedimentos.

Segundo o relatório, a preocupação social da concessionária começa no canteiro de obras por meio de campanhas educativas realizadas junto aos trabalhadores: Homens Unidos pelo Fim da Violência contra a Mulher; Mulheres em Ação por uma Vida sem Violência; Programa de Prevenção contra a Aids e Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), entre outros. Além disso, a concessionária assinou a Declaração de Compromisso Corporativo no Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, em 2010, com outras 20 empresas cujo propósito é o desenvolvimento de um programa piloto de ações de conscientização sobre o tema junto aos colaboradores e comunidades no entorno da hidrelétrica. As ações desenvolvidas na usina Santo Antônio serão levadas às demais signatárias no futuro.

Outro foco de destaque é o trabalho de comunicação social e o remanejamento da população ribeirinha. “Para realocar as 1.700 famílias, realizamos diversas reuniões com cada uma delas e com o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) com o propósito de definir para qual dos sete reassentamentos seriam transferidas – Novo Engenho Velho, Santa Rita, Morrinhos, Riacho Azul, São Domingos, Parque dos Buritis e Vila Teotônio”, complementa o diretor de sustentabilidade.

O relatório apresenta ainda o compromisso da Santo Antônio Energia com as duas tribos indígenas da região e os índios isolados, apesar de não serem diretamente impactados pela construção do empreendimento. Trata-se de um Termo de Compromisso, assinado em 2010 pela concessionária e a Fundação Nacional do Índio (Funai). Este documento oficializou as ações já previstas no Projeto Básico Ambiental (PBA) da usina hidrelétrica Santo Antônio e possibilitou o investimento de R$ 4 milhões em proteção, vigilância e incremento das aldeias Karitiana e Karipuna. A empresa administra esta verba, adquire os materiais e contrata os profissionais para realizarem o trabalho sob supervisão da Funai.

A cidade de Porto Velho e o Estado de Rondônia também foram beneficiados com modificações na infraestrutura e melhorias nos serviços de educação, saúde e segurança por meio da injeção de R$ 200 milhões, conforme aponta o relatório de sustentabilidade. A concessionária concluiu as obras do Hospital Regional de Cacoal, reformou e ampliou o Hospital de Base Ary Pinheiro e construiu o Hospital Infantil Cosme e Damião– disponibilizando 353 novos leitos. A empresa também investiu mais de R$ 12 milhões no Plano de Combate à Malária para controlar o vetor que transmite a doneça. Este investimento representa, neste primeiro quadrimestre de 2011, uma redução de 27% nos casos da doença em comunidades ribeirinhas adjacentes à usina Santo Antônio que receberam os Mosquiteiros Impregnados de Longa Duração (MILD). Além disso, A Santo Antônio Energia forneceu novos equipamentos à Secretaria de Segurança, à Polícia Florestal e ao Corpo de Bombeiros; construiu 02 escolas novas, reformou e ampliou outras 07 escolas; e está elaborando outros projetos nas áreas de educação e cultura, habitação, saneamento básico, segurança pública e lazer, entre outras iniciativas, com a prefeitura. A formação de mão de obra local, por meio do Programa Acreditar desenvolvido pela Odebrecht – empresa líder do Consórcio Construtor Santo Antônio – em parceria com o Senai já recebeu recursos da ordem de R$ 12 milhões e capacitou, no total, mais de 35 mil pessoas (30 mil homens e 5 mil mulheres).

Por fim, o relatório aponta como o empreendimento tem contribuído para o desenvolvimento econômico da região por meio do crescimento do setor de construção civil, por exemplo, que expandiu 30% na região desde o início das obras de Santo Antônio e se manterá em franco crescimento. Além disso, cerca de nove mil empresas se instalaram na capital rondoniense (40%) e no interior do estado (60%). A frota de veículos também apresentou crescimento de 17% e alavancou oportunidades de emprego em manutenção, abastecimento e comercialização. [www.santoantonioenergia.com.br ].

Santo Antônio Energia- É a concessionária responsável pela construção e futura operação da usina hidrelétrica Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em Porto Velho (RO), e pela comercialização da energia a ser gerada. A usina tem potência instalada de 3.150,4 megawatts e capacidade para abastecer 11 milhões de residências, ou aproximadamente 40 milhões de pessoas. O empreendimento tem investimento de R$ 15,1 bilhões e é referência em construção de hidrelétricas sustentáveis, pois utiliza tecnologia de ponta para melhor eficiência energética com menor impacto ambiental. Os acionistas da Santo Antônio Energia são as empresas Eletrobras Furnas, Odebrecht, Andrade Gutierrez, Cemig e o Fundo de Investimentos e Participações Amazônia Energia (FIP). A usina hidrelétrica Santo Antônio é uma das principais obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: