Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

14/05/2011 - 10:12

Na Brasilplast, empresas apresentam soluções para minimizar impacto ambiental

Volume de negócios gerados foi impulsionado pela alta tecnologia da indústria do plástico, que mostrou no evento novas soluções e serviços de reciclagem e biodegradação.

São Paulo- Mais de 16 toneladas de materiais produzidos a partir do plástico foram arrecadadas, durante a 13ª edição da Brasilplast (13ª Feira Internacional da Indústria do Plástico), realizada de 9 a 13 de maio no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. Iniciativa da Reed Exhibitions Alcantara Machado com a Plastivida e empresas do setor, a Operação reciclar recolheu e deu destinação adequada aos materiais processados nos estandes da feira. Apenas parte da coleta foi reciclada na área de demonstração da OPeração reciclar. De acordo com a diretora da Brasilplast, Liliane Bortoluci, a decisão de montar o projeto veio da necessidade de mostrar à sociedade que as empresas vêm desenvolvendo produtos e aplicações que não agridem o planeta. "Com a iniciativa, o setor contribui com a redução do desperdício e mostra várias possibilidades de reuso para o plástico", afirmou.

Para ampliar esse debate, a Brasilplast, considerada a terceira maior feira do mundo no setor da indústria do plástico e a principal da América Latina, também promoveu uma conferência simultaneamente ao evento, nos dias 10 e 11 de maio. Segundo Márcia Coimbra, gerente da unidade de negócios e conferências da Reed Exhibitions Alcantara Machado, a iniciativa foi muito bem sucedida. "Tivemos retorno de um público bastante qualificado, sendo a maioria vinculada à indústria do plástico", disse. Durante os dois dias de conferência, 190 pessoas assistiram às palestras e debateram assuntos ligados à sustentabilidade de embalagens, nanotecnologia e plásticos bio degradáveis, entre outros temas.

Na esteira dessa preocupação do setor com a sustentabilidade, os negócios concretizados na semana também foram relevantes e surpreenderam. Só no penúltimo dia da feira, a expositora Hece vendeu 10 máquinas. "Nossa expectativa é superar esse número até o encerramento do evento", disse Luiz Fernando, diretor da empresa. De acordo com o presidente da Wortex, a feira reuniu compradores mais qualificados este ano. "Dos visitantes que recebemos em nosso estande, cerca de 30% são estrangeiros. Até o momento, vendemos R$ 3 milhões em máquinas", afirmou Paolo De Filippis.

Outro destaque da edição de 2011 foi a participação internacional. Este ano, 36 países levaram expositores para a feira, ante 30 da edição de 2009, entre eles Itália, Alemanha, Suíça, Estados Unidos, México, Índia e China, sendo que Turquia, Dinamarca e Irã estiveram pela primeira vez no evento. Para o gerente de vendas da alemã Kreyenborg Group, é uma oportunidade única. "Temos muito orgulho de participar da feira", disse. No pavilhão da Suíça, as empresas também comemoraram. "Nosso principal objetivo é mostrar equipamentos de ultrassom de alta tecnologia. Já conseguimos fechar muitos negócios com compradores que realmente nos interessam", afirmou Alda Bottega, gerente administrativa da TEC-B.

O volume total de negócio movimentado pelas empresas e os financiamentos emitidos pelos bancos presentes na Brasilplast estão sendo apurados e serão divulgados na próxima quarta-feira (18/05).

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: