Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

27/04/2011 - 11:25

Delegação de parlamentares da Baviera chega ao Brasil em busca de oportunidades de negócios

A Comissão Econômica do Parlamento bávaro se encontrará com entidades e autoridades de São Paulo e Rio de Janeiro para debater temas como energia renovável e eficiência energética.

São Paulo– Comissão formada por 22 parlamentares da Baviera, o maior Estado alemão em termos de território e o segundo maior em população, chega ao Brasil no dia 29 deste mês para encontro estratégico com autoridades políticas e representantes de entidades do estado de São Paulo e Rio de Janeiro.

Na cidade do Rio de Janeiro, de 29 de abril a 01 de maio, a comissão de Economia, Infraestrutura, Transporte e Tecnologia da Assembleia Legislativa do Estado da Baviera, chefiada pelo Sr. Erwin Huber, terá agenda com a Firjan, para discutir a situação da indústria no Estado do Rio. O grupo tem encontro marcado também com autoridades da Agência Alemã GIZ para troca de informações sobre energias renováveis e eficiência energética. Em seguida, visitas à empresa Schott e à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro estão agendadas.

Em São Paulo, dias 02 e 03 de maio, estão previstas reuniões com o Secretário de Energia de Estado, José Aníbal, para intensificar a cooperação São Paulo-Baviera na área de gerenciamento de resíduos sólidos. Os dois governos mantêm uma parceria no âmbito das energias renováveis desde 2004. Ainda na cidade, a delegação visitará a NürnbergMesse Brasil e a Messe München (as maiores empresas organizadoras de feiras na Baviera), o Centro Alemão de Inovação e Ciência, a FIESP e a Allianz Seguros, que tem a sua sede na capital bávara Munique. O encontro na União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) finalizará a presença do grupo em São Paulo.

A Baviera é o segundo maior parceiro comercial do Brasil na Alemanha. Em 2010, o Estado exportou € 1,4 bilhões em produtos para o País e importou € 435 milhões em mercadorias brasileiras. O Estado responde por 13,8% das exportações alemãs para o Brasil. Entre os principais itens comercializados entre a Baviera e o Brasil estão as máquinas, autopeças, semi-manufaturados e manufaturados. Grandes grupos bávaros como Faber-Castell, MTU, MAN, Siemens, Brose, Kathrein ou Scherdel estão instalados no Brasil.

A visita da Delegação do estado da Baviera ao Brasil, que conta com o apoio dos Consulados da Alemanha em São Paulo e Rio de Janeiro, da Câmara Brasil-Alemanha e da Representação do Estado da Baviera no Brasil, encerra-se no próprio dia 03 de maio, data em que o grupo chega ao Uruguai, para analisar o mercado local.

Relações Brasil-Alemanha - A Alemanha é um dos maiores investidores estrangeiros no Brasil. Em 2010, ela investiu US$ 552 milhões no Brasil, o que corresponde a 1% do total de IED feitos no País (US$ 52,6 bilhões). Dentre os maiores investimentos alemães, destacam-se: € 5,2 bilhões na Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA), projeto da ThyssenKrupp, e € 1,3 bilhão na Volkswagen.

O empresariado alemão tem acompanhado com interesse a evolução positiva da situação econômica do Brasil e a forma como o País superou a crise financeira mundial. A necessidade de investir em grandes obras de infraestrutura para garantir a continuidade do crescimento nacional, assim como os projetos previstos para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, têm atraído os investidores alemães que contam nesse aspecto com uma ampla bagagem. Além das obras de modernização que foram realizadas na Alemanha reunificada, coube-lhes também a responsabilidade pelas obras de infraestrutura necessárias à realização da Copa do Mundo de 2006, além da própria organização e segurança do evento.

Hoje 1.200 empresas de capital alemão atuam no Brasil. Elas empregam 250.000 funcionários e são responsáveis por 10% do PIB industrial do País.

Perfil-A Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK) é uma entidade que desenvolve um papel essencial no fomento das relações econômicas entre os dois países. Filiada à Confederação Alemã das Câmaras de Comércio e Indústria (DIHK), a Câmara Brasil-Alemanha atua como base para o fortalecimento e a diversificação dos negócios de seus associados, na atração de investimentos para o Brasil, na ampliação do comércio bilateral e na cooperação entre os países do Mercosul e da União Europeia.

No Brasil há 93 anos, a Câmara Brasil-Alemanha congrega 1.700 associados, entre empresas de capital ou know how alemão instaladas no Brasil e companhias brasileiras e alemãs voltadas ao comércio exterior, e conta com 220 funcionários atuando em 14 cidades brasileiras. Por meio da Câmara Brasil-Alemanha, os associados se beneficiam de uma rede de mais de 114 câmaras alemãs espalhadas em 81 países, além de 83 entidades do gênero na Alemanha. Em 2009, a Câmara Brasil-Alemanha trouxe para o Brasil 40 delegações empresariais e contou com a participação de 11 mil executivos em congressos, seminários e reuniões anuais.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira