Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

27/04/2011 - 10:47

Mais de 71% dos resíduos sólidos urbanos da Região Centro-Oeste têm destinação inadequada

Segundo estudo da Abrelpe, região possui o maior percentual de resíduos enviados para lixões e aterros controlados no País, seguida pelo Nordeste, com 66%, e pelo Norte, com 65% .

Dados da nova edição do Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil da Abrelpe – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais mostram que a situação do lixo nessas três regiões do País ainda é muito alarmante, principalmente no tocante à destinação dos mesmos. Em 2010, das quase 14 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) coletados por dia no Centro-Oeste, 71,2% tiveram como destino final os lixões e aterros controlados. No Nordeste, foram coletadas diariamente mais de 38 mil toneladas, e o percentual de destinação inadequada chegou a 66%, enquanto que no Norte 65% das 10,6 mil toneladas diárias não foram destinadas adequadamente.

“Se compararmos com os dados de 2009, apesar de essas regiões terem ampliado, em média, em mais de 10% a destinação final adequada dos resíduos urbanos, enviando-os para aterros sanitários, a quantidade de lixo encaminhado para lixões e aterros controlados, ou seja, para destinos irregulares, ainda é extremamente significativa, o que resulta em sérios prejuízos ao meio ambiente”, alerta Carlos Silva Filho, diretor executivo da Abrelpe. Ele ressalta que também preocupa muito o volume de lixo que sequer é coletado no Nordeste: são quase 12 mil toneladas por dia.

Nas outras duas regiões, Sudeste e Sul, o cenário é mais positivo, mas ainda não é o ideal e nem aquele previsto pela Política Nacional de Resíduos Sólidos. Das 92 mil toneladas coletadas diariamente em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, 28,3% seguem para lixões e aterros controlados. Nos três estados do Sul, que juntos coletaram quase 19 mil toneladas por dia em 2010, o percentual de RSU que têm destino inadequado é de 30,3%.

A região Sudeste continua respondendo por mais da metade dos RSU coletados no Brasil, com 53,1%. Em seguida, vem o Nordeste, com 22%; o Sul, com 10,8%; o Centro-Oeste, com 8%; e por último o Norte, com 6,1%.

Nas capitais e cidades com mais de 500 mil habitantes foram coletadas 70,8 mil toneladas de RSU por dia, o equivalente a 1,2 kg por habitante – número superior à média nacional per capita , que atingiu 1,08 kg/hab/dia.

“A geração per capita é ainda maior no Sudeste, onde foi registrado um índice de 1,288 kg/hab/dia. Já os brasileiros que menos produzem lixo são os que vivem no Sul, região cuja geração per capita em 2010 foi de 0,879 kg/hab/dia”, conclui Silva Filho.

Abrelpe [www.abrelpe.org.br]-Criada em 1976, a Abrelpe – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais é uma associação civil sem fins lucrativos, que congrega e representa as empresas que atuam nos serviços de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, cujo objetivo fundamental é promover o desenvolvimento técnico-operacional do setor de limpeza pública e gestão de resíduos sólidos, dentro dos princípios da preservação ambiental e do desenvolvimento sustentável.

Com mais de 30 anos de atuação, a Abrelpe colabora efetivamente com os setores público e privado, promovendo a permanente troca de informações, estudos e experiências destinadas ao desenvolvimento do setor.

A Abrelpe, além de representar e defender seus associados, também é uma entidade engajada em incentivar a sociedade a buscar soluções para a correta gestão dos resíduos sólidos.

Além dessa atuação institucional e social, para o equacionamento das demandas decorrentes da gestão de resíduos de forma conjunta, a Abrelpe desenvolve e cultiva o relacionamento com diversas entidades, associações técnicas e empresariais, universidades e entidades de pesquisa do Brasil e do exterior, do setor de resíduos e de outros setores.

No contexto internacional, a ABRELPE é a representante no Brasil da ISWA - International Solid Waste Association.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: