Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

26/04/2011 - 09:53

Etanol celulósico será produzido pela primeira vez em escala comercial

Duas multinacionais com unidades no Brasil fazer a parceria para produzir o biocombustível na Itália.

Dez vezes maior que a principal planta de demonstração para fabricar etanol celulósico, situada na Dinamarca, começa a operar, ano que vem, a primeira unidade de produção do biocombustível em escala comercial, dessa vez na Itália. É o resultado de uma parceria entre a Novozymes A/S, que domina o mercado mundial de enzimas, e a Mossi & Ghisolfi Group (M&G), indústria química italiana especializada em fabricação e venda de resinas para embalagens de alimentos. A unidade fabril será levantada em Crescentino, noroeste italiano, com capacidade para produzir anualmente 50 milhões de litros. O etanol celulósico é igual ao etanol conhecido hoje, mas é produzido a partir de restos agrícolas, como bagaço de cana-de-açúcar, palha de milho, palha de trigo ou lascas de madeira. A planta de Crescentino foi desenhada para operar com diversas matérias-primas e será autossuficiente em termos energéticos: a lignina, um coproduto extraído da biomassa durante a produção do etanol, será queimada em uma planta anexa para gerar eletricidade.

“A implantação dessa unidade prova que o etanol celulósico pode ser produzido de forma sustentável, mas as pesquisas não param por aqui. Estamos avaliando substitutos biotecnológicos para toda uma gama de produtos químicos e petroquímicos”, disse o presidente da M&G, Vittorio Ghisolfi. “Biocombustíveis a partir de biomassa lignocelulósica não são mais um sonho distante”, disse Poul Ruben Andersen, diretor de marketing no setor de bioenergia da Novozymes. “A tecnologia está pronta e as plantas industriais produzirão em escala comercial, oferecendo uma alternativa convincente à gasolina”, arrematou.

A Novozymes é líder mundial em bioinovação e mantém uma unidade fabricante de enzimas industriais em Araucária, no Paraná. Já a M&G é a maior produtora de resinas PET para embalagens do mundo. No Brasil a M&G possui operações industriais em São Paulo (Paulínia e Indaiatuba), Minas Gerais (Poços de Caldas) e Pernambuco (Cabo e Porto de Suape).

Enviar Imprimir

© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira