Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

19/03/2011 - 08:09

Cummins Brasil bate recorde de produção

Às vésperas de completar 40 anos no mercado brasileiro, a Cummins produz 96 mil motores, 57% mais em relação ao total de 2009 e 11,6% mais ante o ano de 2008, que havia sido o seu último recorde. Ritmo de produção deve se manter em alta em 2011, cuja previsão atual supera 105 mil motores.

A produção de 96 mil motores em 2010 superou todas as expectativas da Cummins Brasil, que – no início do ano passado – prognosticava 82 mil motores para o exercício fiscal. Além de ultrapassar em 14 mil unidades, a empresa bateu novo recorde de produção. Em relação a 2009, foi anotado crescimento de 57% (61 mil motores) e ante o resultado produtivo de 2008 o aumento foi de 12% (86 mil motores).

Os resultados de produção da Cummins Inc., no mundo, indicam que a companhia obteve crescimento de 46%. Maior fabricante independente de motores Diesel, a Cummins produziu 887 mil unidades em 2010 contra 609 mil unidades no ano anterior. Houve registros de recuperação em todos os principais pólos produtivos da Cummins Inc. Na China, foram montados 261 mil motores (contra 139 mil motores em 2009); nos Estados Unidos, 245 mil unidades contra 232 mil unidades; na Índia 159 mil ante as 111 mil unidades de 2009; no Brasil, 96 mil contra 61 mil; no Japão, 77 mil motores diante das 32 mil em 2009; e, finalmente na Europa, 49 mil contra 35 mil unidades.

Com 887 mil motores construídos, a Cummins Inc. chegou ao faturamento global de US$ 13,2 bilhões, 23% superior à receita bruta de 2009 (US$ 10,8 bilhões).

A Cummins América Latina (exceto México) fechou o ano com faturamento de US$ 1,3 bilhão, 36,1% mais em relação aos US$ 962 milhões de 2009, igualando o resultado recorde de 2008. A produção de motores representa 65% do negócio da Cummins na América Latina, enquanto a distribuição representa 18%, geradores de energia respondem por 10% e componentes, em constante crescimento, por 7%.

Assim, a participação da América Latina no resultado global da Cummins Inc. cresceu. Em 2008, a região respondia por 9,4%; em 2009 foi de 9,6% e, no ano passado, chegou a 10%.

A Cummins Brasil manteve a liderança no fornecimento de motores no segmento de caminhões, com 37% de participação. Segundo Luis Afonso Pasquotto, vice-presidente da Cummins Inc. para a América Latina, “além de manter a liderança nos últimos seis anos, em 2010 conseguimos alcançar mais 1 ponto porcentual de participação”.

Além do segmento de caminhões, a Cummins Brasil mantém liderança no setor de construção civil, com participação de mercado de 35%, no setor agrícola, especificamente no mercado de colheitadeiras com 21%, marítimo com 10% e mineração com cerca de 40%. “Diferente do cenário da passagem de 2009 para 2010, as perspectivas para este ano são muito alentadoras. A programação atual de vendas nos permite sinalizar um crescimento de 10%, ou seja, a Cummins Brasil já trabalha com 105 mil motores em 2011”, anuncia Luis Afonso Pasquotto.

O vice-presidente da Cummins Inc. para a América Latina lembra que nos últimos seis anos a empresa investiu cerca de US$ 140 milhões em infraestrutura industrial, especialmente em maquinários, montante que permitiu chegar à capacidade produtiva de 113 mil unidades de motores.

Em paralelo aos investimentos em infraestrutura industrial, a Cummins Brasil – em 2010 – retomou os níveis de emprego de 2009, de cerca de 1.600 postos de trabalho. “Se de fato se confirmar a tendência de aumento de vendas de 10% este ano, certamente teremos de rever também o número de empregados. Podemos ultrapassar os 1.900 empregos diretos que temos hoje”, finaliza Pasquotto.

Estratégia para o crescimento – De um lado, os diferentes cenários para o crescimento estão “visíveis” no mercado brasileiro: crescimento orgânico da demanda por meio de investimentos em infraestrutura, possibilidades reais de fornecimento de novas plataformas de motores, forte relacionamento com as maiores OEMs, aumento do conteúdo de pós-tratamento de gases, notória tendência de crescimento da demanda nos segmentos de petróleo e gás, mineração e geração de energia.

Para atender aos requisitos da estratégia de crescimento, a Cummins Brasil, segundo Luis Chain Faraj, gerente executivo de Vendas e de Marketing, enfatiza que a companhia já estabeleceu buscar maior produtividade, maior eficiência de manufatura, melhor desempenho da cadeia de fornecedores, ampliar a gama de fornecedores de componentes de países de baixo custo e, com isso, reduzir drasticamente os custos sem perder a capacidade de oferecer produtos de alta performance, baixo custo de manutenção, sustentáveis, duráveis e confiáveis.

“No ano passado, dizíamos que a Copa do Mundo de 2014, os Jogos Olímpicos de 2016, o Pré-Sal, a implantação do Euro 5/Proconve 7, novas legislações de emissões e ainda o avanço do uso do Biodiesel marcariam a década. Um ano depois já podemos afirmar que são uma realidade”, explica Chain, para quem no atendimento a essas demandas a Cummins Brasil está muito à frente da concorrência.

Maior fabricante independente de motores Diesel do mundo, a Cummins Brasil prioriza trabalhar no País com tecnologia agregada em produtos e serviços e também na diversificação de negócios. Recentemente, a empresa lançou os motores ISF2.8 (da linha High Speed Diesel, motores Diesel de rápido giro) e o ISF3.8, respectivamente com 163 cv e 167 cv de potência, além dos motores eletrônicos que atendem ao E5/P7 – modelos ISB 4.5 litros, ISB 6.7 litros e ISL 8.9 litros.

Em complemento ao atendimento às novas legislações de emissões, que passam a valer a partir de 1º de janeiro de 2012, a Cummins Brasil entra também na distribuição do Arla-32 – Agente Redutor Líquido de NOx Automotivo, em galões, tambores e contêineres (de 4 até 1.000 litros).

Os motores Cummins, alimentados com B20, pioneiros do programa brasileiro, também têm conquistado expressivo avanço. Seu desempenho está à altura de motores 100% Diesel e ganha na economicidade de combustível, o que significa redução do custo operacional de veículos pesados.

“Vários frotistas, a exemplo da Tetra Pak, Prefeitura Municipal de Curitiba ou até mesmo em empresas de geração de energia, utilizam o Biodiesel como fonte de alimentação. Nossos esforços estão concentrados agora na certificação do B20 também para os motores Euro V”, argumentou Chain Faraj.

Investimentos – O programa de investimentos, em fomento à tecnologia e à produção, segue firme, cuja previsão, para 2011, é de US$ 40 milhões, em especial nas áreas de desenvolvimento de novos produtos e tecnologias (Euro 5, Euro 6), qualidade, processos de fabricação e instalações, além do pós vendas.

Parte do investimento de 2010 – R$ 4,5 milhões – foi destinada a dois laboratórios. Um dos mais completos da Cummins Inc., foi inaugurado no Brasil o Laboratório de EBU – Engine Business Unit, que reduz gastos e tempo de cronograma em testes de motores, além de capacitar os engenheiros permanentemente.

O segundo, Laboratório de Desenvolvimento da Cummins Filtration, demandou investimento de R$ 3 milhões e destina-se a análise de matriz energética.

Cummins Brasil, responsabilidade corporativa- Desde que se instalou no Brasil, há 40 anos em 1971, a Cummins procura contribuir com o desenvolvimento social da comunidade onde está inserida, na cidade de Guarulhos (SP). Além de privilegiar a contratação de profissionais da região, foram estabelecidas parcerias com a Prefeitura e com o Governo Estadual, outros órgãos municipais e entidades beneficentes, para auxiliar no atendimento às necessidades da população local.

Para conhecer as demandas sociais da comunidade e melhor atendê-las, a Cummins realiza reuniões periódicas com representantes das instituições apoiadas pela empresa, assim como com líderes comunitários. As ações desenvolvidas pela Cummins estão alinhadas aos objetivos de desenvolvimento do milênio das Organizações das Nações Unidas (ONU), acordo internacional assinado por 197 países no ano de 2000, entre eles o Brasil. O contato com a comunidade e o alinhamento aos objetivos da ONU levaram a Cummins a priorizar os projetos focados em três grandes áreas: educação, meio ambiente e justiça social. O objetivo é melhorar os índices de desenvolvimento humano da região.

Entre os projetos desenvolvidos pela empresa destacam-se os seguintes: . Núcleo Assistencial Bezerra de Menezes – Responde por educação, alimentação e entretenimento para cerca de 120 crianças de três, cinco e seis anos de idade, a maioria oriunda de famílias de baixa renda do Jardim Cumbica. A Cummins Brasil, desde 1980, é responsável pela manutenção das instalações da escola (obras como ampliação do refeitório e do playground, são alguns exemplos), do transporte das crianças para passeios, doação de cestas básicas, livros, revistas e computadores, além de realizar festas comemorativas em épocas como Natal. Os funcionários da Cummins participam como voluntários de eventos e datas comemorativas como na Semana do Meio Ambiente, bem como de campanhas de arrecadação de alimentos, pintura da creche, do dia das Crianças e doação de sacolinhas de Natal. Vale acrescentar que a escola de Educação Infantil será a beneficiária do Projeto Reciclagem de Óleo desenvolvido pelos funcionários da Cummins Brasil (mais informações sobre o projeto em Desafio Mundial de Projetos Socioambientais).

.Escola Estadual Cummins Victor Civita – Propicia educação, alimentação e entretenimento a aproximadamente 340 crianças de 5 a 11 anos. O projeto tem a parceria da Cummins com o Governo do Estado de São Paulo. A Cummins foi responsável pela construção do prédio onde funciona a escola, em 1990, e cuida de sua manutenção, inclusive do fornecimento dos uniformes para os estudantes, computadores e cestas básicas para os professores, além de ações de voluntariado.

. Unidade de Saúde da Família Clessie Cummins – O posto realiza gratuitamente cerca de 10 mil atendimentos básicos de saúde todos os meses aos moradores do Jardim Cumbica e redondezas. A Cummins foi responsável pela construção da unidade, em 1992, no qual oferece suporte à manutenção predial. Nos anos de 2009 e 2010, a Fundação Cummins disponibilizou uma verba de US$155 mil para a compra de mobiliário para o 2º. andar e para a reforma do 1º. andar, atualmente em processo de execução. O trabalho voluntário da Cummins Brasil é executado periodicamente. O local, em 2010, também recebeu computadores com programas de cadastramentos dos atendimentos prestados para a comunidade. O resultado é a informatização, melhorias no processo organizacional e geração de dados.

. Programa Jovem Cidadão – Em parceria com o governo do Estado de São Paulo, o programa foi implantado em 2005 e seu principal objetivo é dar oportunidade de trabalho para jovens de 16 a 21 anos que estudam em escolas da rede pública estadual da região de Cumbica. Além do trabalho, esses adolescentes também adquirem qualificação profissional, pois a empresa oferece cursos extracurriculares seja por meio de parceria com universidades/instituições ou voluntariado. O objetivo é o desenvolvimento pessoal e/ou preparação para o mercado de trabalho. Até 2009, 85 jovens passaram pelo programa, sendo que 40% já estão empregados e 25 participantes realizam estágios na empresa. Em março de 2011, mais uma turma participará do programa. Além disso, a Cummins promove reuniões periódicas entre os jovens, seus tutores e os responsáveis pela área de Responsabilidade Corporativa para avaliação do desempenho. No Centro Comunitário J. Irwin Miller, criado pela Cummins, é oferecido um curso englobando conceitos de desenvolvimento pessoal, português e matemática, aos jovens participantes deste Programa.

. Centro Comunitário J. Irwin Miller – Com o foco na atuação em Justiça Social e na área de projetos de geração de renda, a Cummins, em 2007, construiu um prédio de 220 m2 voltado para treinamentos e capacitação dos moradores do bairro do Jardim Cumbica. O Centro Comunitário atualmente abriga dois projetos: Capacitação para Programa Jovem Cidadão (mencionado no tópico anterior) e a Oficina de Costura Pano Pra Manga. Esta conta com 10 integrantes formados no ofício da arte do corte e costura que receberam informações de contexto empreendedor, os quais são atualizados periodicamente. Vale acrescentar que a oficina opera diariamente, desenvolvendo e comercializando produtos têxteis.

.Programa de Voluntariado: Todo Funcionário, Toda Comunidade – Diversos funcionários da Cummins participam do programa de voluntariado, no qual são cedidos pela empresa quatro horas anuais – dentro do horário de trabalho – a diversos projetos em prol da comunidade local junto às entidades mencionadas acima. Vale a menção de programas como Campanhas de Doação de brinquedos, cobertores, criação de palestras, atividades educacionais, entre muitas outras. Em 2010, 511 funcionários da Cummins participaram de campanhas sociais e projetos que totalizaram 1780 horas dedicadas à comunidade que vive nos arredores da fábrica. Desde que o Programa de Voluntariado da Cummins foi criado, em 2005, os funcionários da empresa dedicaram 7.565 horas trabalhadas.

.Campanhas de Ajuda Humanitária - Visando atender às vitimas de calamidades públicas, a Cummins Brasil promove sempre que vê necessidade campanhas para arrecadação de doações. Em 2009, coletou mais de 2 toneladas de alimentos e roupas para às vítimas das enchentes do Estado de Maranhão, Ceará e Piauí. Em 2011, para às vítimas das enchentes ocorridas na Região Serrana do Rio de Janeiro, foram arrecadados 7.434 quilos de alimentos não perecíveis, roupas e itens de higiene pessoal, além de R$ 17 mil convertidos em cestas básicas e 791 kits de higiene. Nesta ocasião, a Cummins bateu todos os seus recordes de doações e certamente contribuiu para atenuar o sofrimento de muitas famílias.

.Projetos de Voluntariado - Um dos projetos culturais, denominado “Clube da Matemática”, tem como principal meta auxiliar crianças, preferencialmente da 3ª e 4ª série, da Escola Estadual Cummins Victor Civita, a reforçar conceitos de matemática básica. O projeto foi realizado entre 2006 e 2009 e já está sendo retomado para 2011. Tem duração de uma hora semanal durante o período letivo.

Na área da saúde, o projeto “Clube Sangue Bom”, iniciado em 2007, tem como principal objetivo estimular a doação de sangue. Em 2010, 273 horas foram dedicadas para coleta de sangue, totalizando 141 bolsas doadas. Estas ações foram resultados do programa da Cummins em parceria com o Hospital São Camilo e com o Hemocentro São Lucas.

Em relação a “Casa de Repouso São Vicente de Paulo”, o trabalho de suporte realizado em 2010 resultou num total de 72 horas de apoio às internas da instituição, distribuídas entre cafés da tarde e churrascos, cujo principal objetivo é o de levar carinho e atenção.

. Desafio Mundial de Projetos Socioambientais- Em decorrência do aniversário de 90 anos da Cummins, a Fundação Cummins lançou um desafio para todos os funcionários da empresa ao redor do mundo, com a finalidade de elaborar projetos para suas respectivas comunidades, com foco em meio ambiente. Dessa forma, a Cummins Brasil, em 2009, liderou o projeto nomeado de “Ação Social”, que promoveu durante um sábado para a comunidade orientação sobre saúde, segurança e meio ambiente com palestras e atividades, bem como entretenimento e serviços relacionados à qualidade de vida e higiene, como massagem, corte de cabelo, etc. Ao todo foram 1.200 horas de voluntariado, desenvolvidas por 130 funcionários, que atenderam cerca de 1.890 pessoas.

Em 2010, a Cummins Brasil concorreu com cinco projetos ao Desafio Mundial de Projetos Socioambientais (Community Challenge), também promovido pela Cummins Inc., realizado por cerca de 120 fábricas da Cummins em todo mundo. Entre os vencedores, o de “Reciclagem de Óleo de Cozinha”, desenvolvido por profissionais da Cummins Brasil, foi um dos selecionados. No total, 86 programas foram analisados e os critérios atribuídos para a escolha dos selecionados foram maior impacto no meio ambiente e a capacidade de envolver os funcionários de forma eficaz. Mais de 6.700 profissionais da Cummins de 13 países participaram desta iniciativa, totalizando 37.869 horas trabalhadas. Os 15 projetos selecionados receberão a quantia de U$ 10 mil cada um, a serem passados para as respectivas comunidades. O programa de “Reciclagem de Óleo de Cozinha”, desenvolvido pela Cummins Brasil, além de contribuir com o meio ambiente tem participação direta dos profissionais da empresa. A primeira fase já está implantada e a todo vapor. A Cummins Brasil disponibiliza de “Ecopontos” para coletar o óleo trazido pelos funcionários e há a troca de alimentos não perecíveis que são doados para o Núcleo Assistencial Bezerra de Menezes. A segunda fase do projeto visa abranger a coleta do óleo usado pela comunidade e ainda reverter o produto em sabão ou biodiesel. Reconhecimentos:

A Cummins diante de todos os projetos realizados em prol da comunidade local foi premiada com os seguintes prêmios: “Prêmio Positivo De Responsabilidade Socioambiental”, promovido pela Cia. de Soluções, reconhece empresas e associações de Guarulhos que estimulam a prática da Responsabilidade Social Empresarial. No caso da Cummins, o projeto destacado foi o Programa Jovem Cidadão.

“Prêmio Consumidor Moderno de Excelência ao Cliente” na categoria autopeças pela terceira vez. Um dos mais conceituados do País, o prêmio é tido como mérito reconhecido pela Padrão Editorial em parceria com a auditoria de qualidade – GFK – que representa um termômetro fiel da qualidade e eficácia das estratégias de relacionamento das empresas, clientes e consumidores no Brasil.

“As dez Melhores Empresas em Cidadania Corporativa”, ranking elaborado pela revista GESTÃO&RH, que entra em contato com cerca de 100 empresas para analisar diversos critérios, dentre eles responsabilidade social, qualidade de vida no trabalho, ética e relacionamento, além de responsabilidade ambiental.

A Cummins Brasil foi uma das finalistas no tema “Responsabilidade Social pelo Supply Awards 2009”, realizado pela MAN Latin America.

Cummins Inc. e Cummins Brasil- A Cummins foi fundada em 1919 por Clessie Cummins e W.G. Irwin, com o objetivo de produzir motores movidos a Diesel para caminhões e ônibus, que seriam mais econômicos e resistentes que os motores à gasolina disponíveis na época.

Uma pequena fábrica em Columbus, Indiana (EUA), foi instalada, com a produção de motores estacionários para utilização em agricultura. No início, a empresa enfrentou diversas dificuldades e atravessou um longo período de prejuízos. Porém, durante a II Guerra Mundial, quando a Cummins Engine Company passou a fornecer para o exército norteamericano na Europa, seus motores ganharam espaço no mercado internacional.

A Cummins começou a espalhar-se pelo mundo, instalando 80 fábricas de motores diesel e gás, geradores e componentes e 5 mil pontos de serviços em 197 países. Hoje, é a maior fabricante independente de motores Diesel do mundo, sendo que a qualidade, a inovação e a alta tecnologia continuam como as principais características dos produtos que equipam caminhões, ônibus, barcos, tratores, colheitadeiras, trens e motores estacionários.

No início da década de 70, ao seguir a trajetória de alguns de seus grandes clientes mundiais, entre eles Komatsu e Ford, a norteamericana Cummins Engine Company se instalou no Brasil, atraída por novas oportunidades do mercado brasileiro. A subsidiária brasileira foi constituída legalmente em 1971, sob a razão social de “Cummins Brasil”.

Em 1974, iniciou suas atividades industriais em Guarulhos (SP). Produzindo uma variada gama de motores, a empresa fornece para diversos segmentos do mercado, como a caminhões de todos os portes, pickups, ônibus, aplicações estacionárias, máquinas de construção, equipamentos agrícolas, máquinas para mineração e aplicações marítimas.

Em setembro de 2000, a Cummins passou a atuar também na fabricação, venda e locação de geradores de energia, por meio de nossos colaboradores credenciados.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira