Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

03/03/2011 - 08:59

CREA-RJ dá dicas para evitar acidentes em trio elétrico

Já é clima de Carnaval e as ruas das cidades começam a ser tomadas pelos trios elétricos. O Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio de Janeiro (CREA-RJ) dá dicas de segurança para que nada atrapalhe o clima de folia. De acordo o engenheiro eletricista e vice-presidente do CREA-RJ, Clayton Vabo, a organização do bloco deve estar atenta a vários detalhes como conhecer bem o trajeto a ser percorrido pelo trio e evitar o uso de materiais condutores para evitar acidentes como o ocorrido em Minas Gerais, no último fim de semana.

O engenheiro destaca a importância de a organização conhecer com antecedência todo o trajeto que o carro vai percorrer para que sejam detectados possíveis obstáculos. É preciso ter certeza de que pessoas que estejam em pé no trio elétrico não correm o risco de serem atingidas por objetos como galhos de árvore e, principalmente, cabos de energia. De acordo com Clayton Vabo, a distância entre o folião com os braços para cima e esses objetos não deve ser inferior a 1,50 metro.

As condições das grades de proteção dos trios também merecem atenção. Essa contenção deve impedir a passagem de um corpo através dos espaços abertos existentes, evitando assim os acidentes por quedas.

Outra orientação fundamental é de que os participantes dos trios e blocos jamais utilizem materiais condutores, de forma a impedir contatos com circuitos elétricos e o consequente acidente, como o que aconteceu na cidade mineira de Bandeira do Sul, deixando 15 mortos e vários feridos.

“Nessa época do ano, é muito comum que ocorram acidentes em trios elétricos, muitas vezes por falta de cuidados simples. Uma descarga elétrica mata uma pessoa na hora e é por isso que as normas de segurança devem ser bem vistas nesses casos”, ressaltou o engenheiro.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: