Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

07/01/2011 - 10:34

Obama nomeia executivo do JP Morgan como chefe de gabinete

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, nomeou o banqueiro, executivo do grupo JP Morgan e ex-secretário de Comércio William Daley, como novo chefe de gabinete, anunciou a Casa Branca no dia 06 de janeiro (quinta-feira).

Em um cerimônia na Casa Branca, Obama apresentou Daley, de 62 anos, como o homem que traçará o rumo do governo nos próximos dois anos. Em sua apresentação, Obama fez referência à trajetória de Daley, irmão do atual prefeito de Chicago (onde o presidente começou a carreira política), e assegurou que "poucos podem presumir a amplitude da experiência do novo chefe de gabinete". Daley se declarou "agradecido e honrado" e afirmou que a equipe que liderará a partir de agora "não decepcionará nem o presidente nem o país".

Daley, um democrata centrista e pragmático, era até agora executivo sênior do banco JPMorgan Chase e ocupou vários cargos em diversas empresas norte-americanas. Além disso, foi secretário de Comércio no mandato de Bill Clinton (1993-2001). Como chefe de gabinete, terá de coordenar os diferentes departamentos da Casa Branca e as agências governamentais para responderem aos desafios de Obama na segunda metade do mandato, quando as eleições presidenciais de 2012 se aproximam.

Daley não é um homem com relacionamento muito próximo com o presidente. Sua nomeação anuncia que a Casa Branca procura seriamente "um novo rumo". O banqueiro tem boas relações nos dois grandes partidos e dá um trunfo muito importante para Obama nos próximos dois anos: a proximidade com o mundo empresarial.

Distanciamento - Após dois anos de governo de Obama, os empresários norte-americanos mantiveram distância da Casa Branca. Já o presidente sentiu em mais de uma ocasião que o transformaram no bode expiatório da crise econômica do país.

Em setembro do ano passado, o então chefe de gabinete Rahm Emanuel saiu da pasta para lançar sua candidatura a prefeito de Chicago. Desde então, o cargo é execercido temporariamente por Pete Rouse.

O anúncio chega durante um período de reforma ministerial, que inclui o próximo presidente do Conselho Econômico Nacional (NEC, em inglês). Outra vaga será a do porta-voz presidencial. Ontem, Robert Gibbs anunciou que deixará o posto no início de fevereiro para trabalhar como assessor político externo da Casa Branca, na campanha de reeleição de Obama. |Opera Mundi.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira