Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

15/12/2010 - 09:27

Canibália: Ritmos do Brasil


O DVD da cantora Daniela Mercury que será gravado nas areias de Copacabana, em dia 31 de dezembro, virada do ano.

"Meu desejo é unir o Brasil através da arte. Reforçar o nosso olhar sobre nós mesmos". Com essa frase, Daniela Mercury descreve com precisão a mais nova fase do projeto Canibália: a gravação do DVD na noite de Réveillon, nas areias de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Uma artista do mundo que não se desliga das suas próprias raízes. Assim como Darcy Ribeiro, em "O Povo Brasileiro", Daniela Mercury está sempre buscando a representação das identidades dos Brasis e de seu povo. A alegria africana, a espiritualidade e os ritmos originais que vêm da África junto com a harmonia europeia e recebendo sempre a influência forte de elementos da natureza, tão presentes na cultura indígena. Tudo isso forma a musicalidade de Daniela hoje e sempre.

E é desse Brasil rico e mestiço, que surge o projeto Canibália, que teve CD homônimo lançado em 2009. A ambição legítima de retratar o povo brasileiro e influências rítmicas de vários cantos do Brasil e do mundo, faz com que esta nova etapa do projeto, que é a gravação do DVD, se torne um novo marco na carreira de Daniela Mercury.

O DVD Canibália, que é uma produção do Canto da Cidade junto com o Canal Brasil, através do selo Páginas do Mar, direção artística de Daniela Mercury e Vavá Botelho, co-direção de Giovana Póvoas, direção musical de Daniela Mercury e Gabriel Póvoas, com cenografia de Gringo Cárdia, fará um passeio, através do repertório, da dança e da cena, pelos ritmos percussivos a partir das suas raízes e misturas da MPB, mostrando desde uma Daniela descalça, com vestido de renda branca, até uma Daniela contemporânea, que mistura música eletrônica com os mais diferentes estilos musicais.

E como não poderia deixar de ser, tem a presença forte e marcante do samba, que é o ritmo que vai dar o tom deste trabalho. Daniela Mercury coloca em uma mesma canção - Bênção do Samba - compositores como Ary Barroso (Minas Gerais), Baden Powell e Vinícius de Moraes (Rio de Janeiro), e, claro, Dorival Caymmi (Bahia), reunindo três canções emblemáticas desses artistas num samba de roda, enriquecido pela diversidade poética desses olhares sobre a Bahia.

São diversas as matizes na criação do repertório que une o Brasil em fusões percussivas. São as batidas de várias partes do nosso país, juntas no DVD Canibália. É a união do Rio, com a bateria da Escola de Samba Unidos da Tijuca, com o Norte do Brasil, numa exuberante presença do Boi Garantido de Parintins, da Amazônia. E, claro, com a Bahia, que vem com o samba-reggae da Banda Didá - formada exclusivamente por mulheres percussionistas - fundada por Neguinho do Samba, o criador do samba-reggae, principal base dos álbuns de Daniela, conhecida no mundo com Rainha do samba-reggae.

Daniela Mercury mantém vivo o fio condutor da sua história, da sua origem, buscando no passado o que é mais rico, mais forte, influenciando assim o presente e se mantendo extremamente atual. Dessa forma, a cantora está sempre enxergando a atualidade com uma visão abrangente de mundo, tornando sua arte uma espécie de crónica contemporânea, de acordo com a subjetividade do seu olhar. Levando sempre na bagagem e dando continuidade ao caminho aberto antes por outros artistas, que também se aventuraram nesse desafio de recriar o mundo a partir da arte.

Na música "Trio em Transe", de autoria de Daniela, uma mistura de hip hop com samba-afro, com um repente forte e belo, que traz a essência de Canibália. "Ser a sétima arte no sétimo dia, ser a majestade da rebeldia recriando o mundo, assim como eu queria". Uma linda homenagem aos artistas, criadores e criaturas da arte. Como na Semana de Arte Moderna de 1922, quando os artistas misturavam e recriavam o mundo, Daniela Mercury, que vê os artistas como filhos da liberdade, mergulha nestas influências do movimento de 22, bebe da água do tropicalismo dos anos 60 e faz um dueto com Carmen Miranda na canção "O que é que a baiana tem? ", chamando atenção para o talento e a importância dessa grande artista brasileira que levou uma grande expressão da brasilidade para o mundo e que vive no nosso imaginário.

Em "Como os Nossos Pais", música de Belchior, consagrada por Elis Regina, Daniela homenageia a MPB e a intérprete que mais influenciou sua carreira. Com "Oyá por Nós", a mistura é a do candomblé, o ritmo dos terreiros, com a música eletrônica. Em "Suingue da Cor", que tem uma força épica na carreira de Daniela Mercury, a artista reforça a marca dos Afro, da negritude tão presente na sua cultura e na sua formação.

"Iluminado", canção de Vander Lee, que virou um reggae leve e romântico e "Nobre Vagabundo", grande sucesso de Daniela Mercury, que é um samba reggae com calypso, marcam um momento vibrante do show, que mostra muitas das fusões que a artista propõe em sua obra. Com "Dona desse lugar", um rock com citação do Canto dos Padrinhos, da tribo Xavante, a artista canta e homenageia as comunidades indígenas brasileiras.

Na recém-lançada "É Carnaval", versos que retratam a visão da artista sobre a maior festa popular do planeta: "Seja em Barcelona, seja em Portugal, em Berlim, Paris, Roterdam, Bilbao, de todas as graças, de todas as cores, toda crença e toda raça, toda gente é de luz".

"O carnaval explica o povo brasileiro, quem somos como gente, pois é uma festa de fraternidade, alegria e música, que reúne milhões de pessoas diferentes que dançam juntas como um povo que se reconhece na diversidade e que convive com as diferenças. O que o homem tem a tendência de separar no cotidiano, o carnaval reúne na igualdade", diz Daniela. E complementa: "Se o amor se reparte, somos todos um. Somos um só povo, que sabe celebrar a vida, por mais difícil que ela seja, e é uma dádiva para todos nós dividirmos isso com o mundo. Somos um povo acolhedor, gentil e preparado para receber pessoas de todos os cantos do planeta".

O DVD Canibália vai ser uma grande festa vibrante e brasileira, um espetáculo de dança, música e imagens para trazer alegria e esperança nessa virada de ano na cidade mais bonita do mundo. "Com vários sucessos de minha carreira como "Rapunzel", "Canto da Cidade", "Ilê Pérola Negra" e muitas outras canções faremos juntos uma maravilhosa celebração de vida na praia de Copacabana", declara Daniela. "Quero levar para o mundo, neste DVD, o espírito do Brasil, os ritmos da nossa terra e abrir mais fronteiras, fazendo meu país mais amado e respeitado no mundo. Eu sou a eterna menina baiana que busca trazer luz através da minha arte". E finaliza: "Quero ver o mundo inteiro sambar".

Projeto Canibália - Com primeiro capítulo lançado em agosto de 2009 - show Canibália -, o projeto segue sua proposta múltipla. Show, CD, Documentário - Sonora Rio-Bahia, e, agora, o DVD que vai ser gravado nas areias de Copacabana, no Rio de Janeiro. O projeto segue por mais três anos e ainda contemplará outro documentário, uma exposição de arte e outras surpresas.

Show: Canibália - Ritmos do Brasil (gravação do DVD), no dia 31 de dezembro de 2010, a partir das 20 horas, na Praia de Copacabana - Rio de Janeiro.

O DVD: Uma produção Canto da Cidade, com co-produção do Canal Brasil, através do Selo Páginas do Mar. Direção Musical e Artística: Daniela Mercury | Direção Artística do show: Daniela Mercury e Vavá Botelho com co-direção de Giovana Póvoas |Direção do DVD: Paulo Fontenelle | Produtor musical do DVD: Ale Siqueira | Direção Musical e co-produção de Gabriel Póvoas | Direção de Banda- Webster Santos | Produção executiva do DVD: Marcelo Dantas, Adriana Saldanha e Flávio Dultra | Cenografia: Gringo Cárdia / Mesosfera Design | Concepção dos figurinos: Daniela Mercury | Figurino: Martha Medeiros Convidados Especiais: Banda Didá, Boi Garantido do Festival de Parintins e Escola de Samba Unidos da Tijuca | Assessoria de comunicação e divulgação: Fabiana Crato | Assistente de assessoria de comunicação: Wendy Castro. [www.rioguiaoficial.com.br] www.rioofficialguide.com | Facebook: Riotur Twitter: @riotur

Enviar Imprimir

© Copyright 2006 - 2018 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira