Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

06/07/2007 - 09:12

Iniciada recuperação do Molhe Norte

Obra, em Navegantes, conta com R$ 3,5 milhões de recursos próprios do Porto Municipal de Itajaí

Um mutirão de homens e máquinas iniciou as obras para recuperação do Molhe Norte, na margem do rio Itajaí-açu, em Navegantes. A estrutura é parte integrante do canal de acesso ao Porto Municipal de Itajaí. O serviço deve ser concluído até o fim do ano e está orçado em R$ 14 milhões. Do total, R$ 10,5 milhões serão pagos pelo governo federal. O Porto Municipal de Itajaí vai arcar com R$ 3,5 milhões dos custos.

Na obra serão utilizadas mais de 50 mil toneladas de blocos de rocha. Todas as pedras, pesando até 7,5 toneladas cada uma, serão colocadas por terra para não interferir na passagem dos navios. Serão retirados ainda quase 10 mil metros cúbicos de pedras que se soltaram da antiga estrutura. Uma equipe de mergulhadores, entre outros profissionais especializados, acompanha todas as etapas do trabalho para garantir a precisão e segurança dos trabalhos.

O superintendente do Porto Municipal de Itajaí, Wilson Francisco Rebelo, ressalta que além da recuperação da estrutura, serão investidos recursos que vão transformar o local em mais um ponto turístico da cidade. “A estrada sobre o Molhe Norte, hoje de terra e cheia de buracos, será nivelada e vai receber cobertura asfáltica”, revela o superintendente.

Para Rebelo, os investimentos na obra em Navegantes vão oferecer ainda mais segurança à navegação. “Além disso, é uma demonstração simbólica de quanto o Porto Municipal de Itajaí pode contribuir com a economia não só da cidade onde está inserido, mas também de toda a região”, disse.

Os molhes Norte, em Navegantes, e Sul, em Itajaí, reforçam as margens do rio Itajaí-açu na foz com o oceano Atlântico. As estruturas criam uma espécie de corredor para entrada e saída de embarcações, diminuindo a interferência das marés durante as manobras.

Molhe Sul - Os trabalhos de reestruturação do Molhe Sul (na margem do rio em Itajaí) foram iniciados em 2005, depois de dois anos de embargo pelo Tribunal de Contas da União (TCU). As obras custaram R$ 16,5 milhões de recursos provenientes do programa Agenda Portos, do Governo Federal. A contrapartida da Superintendência do Porto Municipal de Itajaí chegou a R$ 5,5 milhões. Além da parte física, a prefeitura de Itajaí investiu quase R$ 200 mil nas obras de Iluminação Pública Especial do Molhe Sul e Prática do Surf Noturno.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: