Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

09/11/2010 - 09:49

Wärtsilä: vendas líquidas chegam 1,039 milhões de euros no 3T10


Brasil se destaca com grandes contratos em O&M.

A Wärtsilä, líder global em soluções energéticas para mercados marítimos e de geração de energia, registrou, no terceiro trimestre de 2010, vendas líquidas de 1,1039 milhão de euros. O fluxo de caixa das atividades operacionais chegou a 491 milhões de euros. O total de encomendas recebidas pela Wärtsilä para o terceiro trimestre foi de 1,004 milhões de euros, um aumento de 38% em relação ao mesmo trimestre do ano passado. A recuperação da área de Ship Power continuou com pedidos para o terceiro trimestre, totalizando 176 milhões de euros, 160% a mais do que o mesmo período do ano passado.

O mercado de Power Plants continua bastante ativo com projetos de médio e grande portes sendo fechados. A produção industrial está aumentando na maioria dos mercados emergentes, o que demanda mais geração de energia. As encomendas para a área no terceiro trimestre totalizaram 393 milhões de euros, 131% superior ao mesmo período do ano passado. Durante o período analisado as principais encomendas foram registradas no Caribe, na Rússia e em Bangladesh. A base instalada de eólica também cresceu e está gerando novas demandas da área de energia flexível.

A área de Ship Power prosseguiu na retomada do mercado, registrando mais de 100 novas encomendas de navios por mês. Até o final do terceiro trimestre, 1.150 navios foram encomendados. O segmento offshore representou 43% do total de pedidos, sendo que 33% foram de navios mercantes, 18% de navios especiais, Cruise & Ferry e Ship Design totalizaram 2% e 3%, respectivamente.

A China continuou a reforçar a sua posição na indústria de construção naval, e pela primeira vez este ano, dominou o mercado, tanto em número de navios como em tonelagem de porte bruto (TPB). O market share da China em número de navios foi de 49%, contra 30% da Coréia, 7% do Japão e 5% da Europa. Durante o período em análise, as regiões de construção naval emergentes, como Brasil, Rússia e Filipinas garantiram 9% de todos os contratos.

"O terceiro trimestre foi positivo para a Wärtsilä em vários aspectos como o nível de vendas líquidas, desenvolvidas de acordo com o plano, rentabilidade forte e fluxo de caixa das atividades operacionais, que se manteve alto. Como resultado desta evolução positiva, esperamos que nossa rentabilidade seja superior aos 10% previstos para o ano 2010. As melhorias no mercado da Wärtsilä que começaram no segundo trimestre continuaram, e esperamos que a entrada de pedidos para o ano inteiro exceda os níveis do ano passado", observa Ole Johansson, presidente e CEO da multinacional.

Metas ambiciosas - A multinacional finlandesa experimenta bom crescimento em território brasileiro, onde os contratos em usinas e na área naval crescem e alavancam serviços em Operação e Manutenção. Há 20 anos no Brasil, a finlandesa tem um plano ambicioso de crescimento. Para isso, a Wärtsilä aposta nas oportunidades do pré-sal, em projetos de novas termoelétricas e na indústria naval, com soluções que vão desde serviços de Front End Engineering & Design (FEED) até sistemas de energia, propulsão, elétricos e de automação, assim como Operação e Manutenção (O&M).

Recentemente, a empresa fechou três novos contratos de O&M com as Usinas Termelétricas Campina Grande, (Borborema Energética S.A.) na Paraíba, com 164MW de potência, Maracanaú, (Maracanaú Geradora de Energia S.A.) no Ceará, com 168MW de potência e Linhares (Linhares Geração S.A), no Espírito Santo. A Wärtsilä também foi responsável pela construção e fornecimento dos equipamentos às três UTEs. Com estas novas contratações a multinacional ultrapassou a marca de 1,5 GW em contratos em O&M, tornando-se o maior operador independente em usinas de geração de energia elétrica no Brasil.

Perfil- A Wärtsilä é uma empresa de origem finlandesa líder global em soluções energéticas de ciclo de vida completo para mercados marítimos e de geração de energia. A companhia já instalou mais de 4 mil usinas termelétricas no mundo, na área de Power Plants. Na área marítima (Ship Power), os motores da Wärtsilä equipam 65% dos navios de cruzeiro construídos nos últimos três anos. Criada em 1834, a Wärtsilä tem cerca de 18 mil funcionários em mais de 70 países.

A Wärtsilä no Brasil - A Wärtsilä chegou ao Brasil em 1990, onde emprega mais de 600 funcionários. Opera seu escritório matriz e um centro de serviços no Rio de Janeiro, além de outro centro de serviços em Manaus (AM) e possui presença em outros seis estados brasileiros. A empresa projetou e construiu 22 usinas no país e ultrapassou a marca de 2,0 GW de potência instalada. Na área naval, a companhia tem no Brasil base instalada com capacidade superior a 800 MW em mais de 200 navios e embarcações.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: