Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

24/08/2010 - 08:01

Biocombustíveis e captura de carbono serão os temas do 2º dia do Workshop China-Brasil

Encontro é promovido pela Coppe e Universidade de Tsinghua

Os biocombustíveis e os projetos de captura e armazenamento de carbono (CCS – sigla em inglês) serão os temas do segundo dia de debate do workshop promovido pelo Centro China-Brasil de Mudança Climática e Tecnologias Inovadoras para Energia, uma parceria da Coppe com a Universidade de Tsinghua, sediada em Pequim.

O evento no dia 24 de agosto (terça-feira), reúne pesquisadores e empresários brasileiros e chineses sobre os principais desafios enfrentados pelos dois países nas áreas de mudanças climáticas e energia. Conta com a presença da Petrobras, MPX, Única (União da Indústria de Cana-de-açúcar) e a SATC (Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina), que já investem nessas áreas.

“A proximidade com o meio acadêmico é sempre produtiva. Temos o projeto de uma planta piloto para a captura e armazenamento de carbono que pretendemos instalar próxima as nossas termelétricas no nordeste. Esta tecnologia será desenvolvida a partir do trabalho de um grupo de pesquisadores da Coppe que vai para Pequim agora em setembro”, contou o diretor de Implantação e Operações da MPX, Marcus Temke.

Inaugurado em 2009, o Centro China-Brasil de Mudança Climática e Tecnologias Inovadoras para Energia conta com apoio da FINEP e tem como objetivo estimular a interação entre empresas brasileiras e chinesas interessadas em tecnologias voltadas para energia e meio ambiente.

Os três primeiros projetos têm como foco as áreas de biocombustíveis, captura e armazenamento de carbono e tecnologias para águas profundas. São áreas de interesse estratégico para a China e o Brasil, já que as duas nações precisam manter seu desenvolvimento econômico e social sem acelerar o aquecimento global. A MPX é a primeira empresa brasileira a contar com o suporte tecnológico do Centro China-Brasil. Em abril deste ano, a empresa firmou um acordo com a Coppe, no valor de R$ 2 milhões, para o desenvolvimento de projetos de CCS proveniente de usinas termelétricas.

O workshop acontece no auditório do Centro de Gestão Tecnológica (CGTEC) da Coppe, Centro de Tecnologia 2 (CT2), Cidade Universitária.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira