Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

18/08/2010 - 12:06

Portos deverão contar com torre e rede de radares


O Porto do Rio de Janeiro deverá contar com uma Torre de Controle e uma rede de radares ao longo da costa, num prazo não inferior a três anos. A torre com radar deverá, a princípio, ser instalada na Ilha do Governador, com outros radares suplementares instalados ao longo da costa e da Baía de Guanabara, cobrindo áreas que o radar principal não “enxergar”, devido à topografia.

Esse sistema, denominado VTS (Vessel Transport System, na sigla em inglês) é um modelo de monitoramento de tráfego de navios e embarcações semelhante ao já empregado no controle aéreo. E passará a ser obrigatório para portos de maior volume de carga e de movimentação, de acordo com a Norma número 26 da Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN), com regulamentos adicionais do Departamento de Portos e Costa (DPS), da Marinha.

O Porto do Rio de Janeiro, as Companhias Docas de São Paulo e Ceará, o Porto de Paranaguá e a Administração Portuária do Maranhão deram início a consultas ao Centro de Simulação Aquaviária (CSA), vinculado ao Sindicato Nacional dos Oficiais da Marinha Mercante (Sindmar), visando à certificação para a implantação do VTS.

O prazo para instalação do sistema é de três anos, a contar de janeiro deste ano. Neste momento, os portos e terminais começam a preparar seus processos de licitação para a adoção do sistema, que prevê uma etapa de certificação de pessoal e outra de implantação de equipamentos. Outros centros brasileiros e possivelmente estrangeiros deverão participar da concorrência.

Localizado no Rio de Janeiro e considerado um dos mais modernos do mundo, o CSA (ver foto em anexo) é o braço de treinamento e qualificação do Sindmar, entidade que representa os profissionais da marinha mercante (não militares), que tripulam e comandam os navios de bandeira nacional, incluindo petroleiros, portacontêineres, graneleiros e embarcações de apoio às plataformas de petróleo.

Implantado em 2006, com recursos de R$ 9 milhões, o CSA tem certificado portos e instalações portuárias, e qualificado tripulações, brasileiras e estrangeiras, para todo tipo de embarcações, inclusive plataformas. Este ano, está certificando o Porto de Vitória e de Ponta da Madeira, em Itaqui (MA) para receber o ValeMax, o maior graneleiro do mundo, encomendado pela Vale. Entre os trabalhos realizados no ano passado está a certificação da expansão do Terminal de Contêineres da Margem Direita (Tecondi) do Porto de Santos.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: