Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

11/08/2010 - 09:51

Gigante Eletrobrás Eletronorte fecha contrato com Red&White

Objetivo é atender resolução 367/2009 que cria o novo Manual de Controle Patrimonial do Setor Elétrico (MCSPE), normativa que deverá ser cumprida por todas as concessionárias, distribuidoras e geradoras de energia.

Para atender a nova resolução 367/2009, a Eletronorte abriu licitação, que foi ganha pela Red&White IT Solutions, empresa especializada em soluções gerenciais de TI. A R&W será responsável por todo o processo de reestruturação do sistema SAP nos módulos de finanças, controle de projetos, orçamento e custos, além do treinamento para os usuários destes sistemas na Eletronorte. O projeto marca uma nova fase da gestão do sistema de ERP na concessionária e será um marco para a Eletronorte e também para a Red&White, que inicia assim em grande estilo a sua atuação no setor público.

Entre os principais benefícios de um projeto dessa envergadura estão o aumento da eficiência operacional, redução de custos, rapidez na tomada de decisão, eleminação de retrabalhos e padronização de processos. De acordo com Waldemir Duarte Martins, Gerente do SAP/OS na Eletrobrás Eletronorte, “as melhorias serão intensamente percebidas pelos agentes que atuam nos processos internos da empresa, assim como na interface com a agência reguladora do setor elétrico brasileiro, a Aneel, e com os órgãos de fiscalização externa”.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), aprovou por meio da Instrução Normativa 367 de 2009 o novo Manual de Controle Patrimonial do Setor Elétrico (MCSPE), o qual prevê que a partir deste ano as concessionárias, distribuidoras e geradoras de energia adaptem seus sistemas de informações para incluir o cadastro de inventário em seus relatórios administrativos. O prazo para cumprimento da nova normativa será de acordo com a data de revisão tarifária de cada empresa. A resolução 367/2009, além de padronizar, unifica os procedimentos de controle patrimonial praticados pelos agentes concessionários, permissionários e autorizados do setor elétrico brasileiro.

“Com isso, o controle patrimonial fica mais transparente e permite à agência regulatória fazer comparações mais precisas entre os agentes do setor, além de consentir um maior nível de automação no controle e fiscalização por parte da Aneel, auxiliando sobremaneira os processos de revisões tarifárias” afirma Martins.

João Grego, Diretor da Red & White, destaca a importância da nova regulamentação para o setor elétrico brasileiro e ressalta a relevância deste projeto para os negócios da empresa. “Temos um especial interesse pelo segmento energético e a oportunidade de conduzir o projeto da Eletrobrás Eletronorte veio coroar os investimentos que temos feito na contração de profissionais com larga experiência no setor elétrico e no aprimoramento dos nossos processos de trabalho. Certamente este projeto será um marco para a Eletronorte e também para a Red & White, que está iniciando assim, em grande estilo, sua atuação no setor público”.

Para o Superintendente de Tecnologia da Informação da Eletrobrás Eletronorte, Eduardo de Oliveira Lima, o projeto, além de consentir a adequação da empresa à nova legislação definida pela Resolução, permitirá a implantação de um processo de grande importância para a Eletrobrás Eletronorte, que é a Gestão de Empreendimentos baseada nas melhores práticas de mercado e em um processo informatizado completamente integrado aos demais processos empresariais. “Essa é, no nosso entendimento, a maior vantagem de se adotar uma solução de gestão corporativa do tipo Enterprise Resource Planning – ERP. Além desse aspecto, serão também implantados novos procedimentos de gestão de custos, permitindo também a gestão de custos por processos, garantindo a gestão transparente e integral – de ponta a ponta - de todos os custos envolvidos nos processos empresariais corporativos. Trata-se, na verdade, de uma nova implantação do MySAP ERP na Eletrobrás Eletronorte e, com ela, uma nova fase da gestão empresarial”, enfatiza Lima.

“Esperamos que com o apoio desse “novo” Sistema Integrado de Gestão (SIN), consigamos alcançar elevados níveis de melhoria nos processos internos empresariais, refletindo de forma significativa nas metas estabelecidas pelo Planejamento Estratégico Empresarial, em especial nos ganhos de produtividade da empresa. Com este projeto, estaremos reforçando a condição da Tecnologia da Informação de parceira estratégica dos processos empresariais e passando a atuar de forma ainda mais proativa. As mudanças serão muitas e os desafios maiores ainda, porém estamos todos muito esperançosos de que no final do projeto, a Eletrobrás Eletronorte certamente terá alcançado níveis mais elevados de qualidade da sua gestão”, conclui o executivo.

Red & White- Fundada em Goiânia em 2007, a Red & White está presente também em São Paulo e Recife. A empresa pertence ao Grupo José Alves, um dos maiores grupos empresariais do Centro-Oeste. Especializada em soluções gerenciais de TI, a R&W atua em diversas áreas: Sistema de Gestão Corporativa, Sistemas de Business Intelligence (BI) e Desenvolvimento de Sistemas. Com mais de 150 profissionais, é hoje, um dos grandes empregadores do mercado de serviços de software, e o principal parceiro da SAP na região Centro-Oeste. A empresa posuui um alto padrão de qualidade em seus processos sendo certificada MPS BR e CMMI Nível 2. [http://www.rwit.com.br].

Eletronorte - As Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A. – Eletronorte, sociedade anônima de economia mista e subsidiária da Centrais Elétricas Brasileiras S.A. – Eletrobras, é uma concessionária de serviço público de energia elétrica. Criada em 20 de junho de 1973, com sede no Distrito Federal, gera e fornece energia elétrica aos nove estados da Amazônia Legal – Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. Por meio do Sistema Interligado Nacional – SIN, também fornece energia a compradores das demais regiões do País.

Dos cerca de 24 milhões de habitantes que vivem na Região Amazônica, mais de 15 milhões se beneficiam da energia elétrica gerada pela Eletrobras Eletronorte em suas cinco hidrelétricas – Tucuruí (PA), a maior usina genuinamente brasileira e a quarta do mundo, Coaracy Nunes (AP), Samuel (RO) e Curuá-Una (PA) – e em parques termelétricos. A potência total instalada é de 9.787 megawatts e os sistemas de transmissão contam com mais de 9.844,68 quilômetros de linhas.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: