Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

25/06/2010 - 09:26

Complexo Portuário do Itajaí detém 58% da preferência dos exportadores catarinenses

O Complexo Portuário do Itajaí detém a preferência de 58% dos exportadores catarinenses que optam pelo modal marítimo para escoar as suas cargas. A maior fatia dos exportadores, 36%, prefere o Porto de Itajaí e, 22%, a Portonave SA, Terminais Portuários Navegantes, integrante do Porto Organizado de Itajaí. O Porto de São Francisco do Sul conta com 13% da preferência, seguido pelo Porto de Imbituba, com 2%. Os números foram apurados pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) e consta na publicação Diagnóstico do Setor Exportador Catarinense.

A edição deste ano do estudo foi lançada no dia 23 de junho (quarta-feira), com o apoio do Figwal Transportes Internacionais, durante seminário em Florianópolis, na sede da Federação. O trabalho é realizado anualmente desde 1999 e tem o objetivo de acompanhar o desempenho do setor exportador do estado. Neste ano, o levantamento foi realizado com 126 companhias.

“A preferência da grande maioria dos exportadores catarinenses pelo nosso Porto e terminais que compõem o Complexo Portuário do Itajaí comprova o potencial que a região apresenta em termos de infraestrutura e localização, aliados à qualidade dos serviços aqui oferecidos, que nos consolida como o segundo maior porto brasileiro na exportação de cargas conteinerizadas”, diz o superintendente do Porto de Itajaí, Antonio Ayres dos Santos Júnior.

Nos cinco primeiros meses do ano o Porto Público e terminais que compõe o Complexo praticamente dobraram a movimentação de TEUs (Twenty-foot Equivalent Unit - unidade internacional equivalente a um contêiner de 20 pés), em comparação com o mesmo período do ano passado. A projeção do superintendente é de que o Complexo movimente mais de 800 mil TEUs até o final do ano. Porém, dois fatores podem alavancar ainda mais os números do complexo: a dragagem de aprofundamento dos canais de acesso aos terminais e as obras de reconstrução dos berços destruídos. A previsão é que o complexo portuário esteja restabelecido antes no último trimestre de 2010. | João Henrique Baggio

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: