Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

12/06/2010 - 11:21

Rolls-Royce lança turbina industrial a gás mais potente


A H63 dará a seus operadores 11MW de potência adicional, maior eficiência em termos de combustível e flexibilidade operacional. Combinadas, essas três características gerarão para seus proprietários um lucro de US$2 milhões proveniente da renda adicional de US$7 milhões derivada da maior geração.

A Rolls-Royce, empresa global de sistemas de energia, está lançando o mais recente modelo de sua família de turbinas industriais RB211, a H63. Trata-se de uma turbina de 44MW que gerará pelo menos mais 30% de potência, de forma mais eficiente que os modelos anteriores.

Desenvolvida e fabricada utilizando tecnologia dos motores aeronáuticos do Grupo, a H63 proporcionará significativos benefícios operacionais e ambientais para os clientes.

A H63 dará a seus operadores 11MW de potência adicional, maior eficiência em termos de combustível e flexibilidade operacional. Combinadas, essas três características gerarão para seus proprietários um lucro de US$2 milhões proveniente da renda adicional de US$7 milhões derivada da maior geração.

Além disto, a H63 fornecerá mais potência e benefícios para os clientes tanto na geração de energia elétrica quanto na indústria de petróleo e gás, permitindo melhorias que incluem um aumento da potência acima de 13 por cento.

Anunciando o novo desenvolvimento, na feira e conferência Power-Gen Europe, em Amsterdam, Steve Richards, Diretor do Produto RB211 da Rolls-Royce, declarou: “O RB211-H63 integra a confiabilidade e robustez de nossas atuais turbina a gás RB211 com a comprovada tecnologia dos motores aeronáuticos Rolls-Royce Trent para criar a próxima evolução da família de turbinas industriais a gás RB211. Combinando as melhores características dos motores RB211 e Trent, podemos entregar um motor projetado para operação confiável, facilidade de manutenção e instalação rápida, que ao mesmo tempo possui maiores níveis de eficiência e potência”.

“Com versões do RB211 agora disponíveis numa faixa de potência de 29MW a possíveis 50MW e modelos industriais do Trent gerando de 51MW a 64MW em ciclo simples e até 107MW em ciclo combinado, a Rolls-Royce dispõe de uma ampla linha de turbinas a gás de alta eficiência para atender aos requisitos operacionais dos clientes em situações de pico ou de carga básica normal”.

Os recentes avanços na produção de gás natural levam a maioria dos analistas a projetar que haverá um amplo suprimento de gás natural a preços razoáveis por um bom tempo. Juntamente com o fato que esse combustível emite menos dióxido de carbono do que outros combustíveis fósseis, isso significa que operadores de energia elétrica num ambiente com limitações de carbono deverão levar em consideração estações de geração que utilizem gás.

A Rolls-Royce é um importante fornecedor da estatal brasileira Petrobrás, particularmente no setor de petróleo e gás. Desde 2001, a Petrobrás encomendou 27 pacotes de geração de energia acionados por turbinas a gás RB211 para serviço offshore.Quando todos os 27 pacotes estiverem operacionais em 2010, os motores Rolls-Royce instalados nas plataformas estarão fornecendo energia para produzir mais de 40% de todo o petróleo no Brasil.

Informações complementares - Ocupando o mesmo espaço dos modelos atuais RB211-GT61 e RB211-G62, a nova turbina a gás, quando operando com o sistema de combustão tipo Wet Low Emissions (WLE), terá uma potência de 44MW em condições ISO, o que representa um aumento de 11 MW. Usando um sistema Dry Low Emissions (DLE), a potência é de 38MW.

Combine-se a isso uma nova turbina RT63 de alta velocidade e alta eficiência, e os operadores se beneficiarão de uma turbina a gás com uma eficiência de 41,5 por cento em ciclo simples, a melhor na faixa de potência de 35MW a 45MW.

Introduzindo a tecnologia do comprovado Trent aeronáutico, a H63 tem a capacidade de melhoramentos adicionais, incluindo aumento de até 13 por cento na potência.

O melhor desempenho desse motor é tornado possível pelo uso da engenharia comprovada do RB211 somado à tecnologia do Trent 60. Essa tecnologia inclui pás de rotor da turbina de alta pressão e “stators” e rotores do compressor intermediário.

Para aplicações de acionamento mecânico, a Rolls-Royce está também desenvolvendo um novo compressor de gasodutos de alta velocidade, com pressão máxima de 3.220 psig. O RFBB-30 será capaz de abrigar até cinco estágios com uma eficiência de 88 por cento, e será combinado com a nova turbina RT63.

A nova turbina a gás H63 chegará ao estágio de carga total em dez minutos a partir de uma partida a frio, e será capaz de mudar de combustível líquido para gás e vice-versa em todos os níveis de potência, sem qualquer interrupção na carga.

Além disso, seu baixo peso, projeto compacto e pequeno espaço ocupado a tornam uma máquina ideal para estruturas “offshore” como embarcações FPSO (Floating Production, Storage and Offloading), nas quais pode ser usada para aplicações tanto de geração de energia como de acionamento mecânico.

O gerador de gás do RB211-H63 está sendo desenvolvido por engenheiros da Rolls-Royce em Montreal (Canadá), Mount Vernon (Ohio, EUA) e no Reino Unido, em Ansty, próximo a Coventry. A montagem final e os ensaios do primeiro motor acontecerão em Montreal, em novembro do ano corrente.

O desenvolvimento da turbina RT63 de dois estágios está correndo em paralelo com o programa do motor. O pacote resultante será fabricado, montado e testado nas instalações da empresa em Mount Vernon (Ohio, EUA). Os ensaios do pacote deverão ser completados no início de 2011. | Website: [www.rolls-royce.com]

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: