Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

14/05/2010 - 09:25

MPX: Plano de Negócios da MPX Colômbia com 1,7 bilhão de toneladas de recursos potenciais de carvão

E sistema integrado de mineração com capacidade de 20 Mtpa. E neste trimestre de 2010, a ANP aprova cessão de direitos dos sete blocos exploratórios terrestres da Bacia do Parnaíba para SPE na qual MPX detém 1/3 do capital. E a MPX protocola EIA/RIMA para desenvolver até 1.863 MW na Bacia do Parnaíba.

Rio de Janeiro - A MPX Energia S.A. (Bovespa: MPXE3; GDR I: MPXEY), empresa de energia do Grupo EBX, que investe em sistemas integrados, que incluem a exploração e comercialização de recursos naturais, logística, além de geração e comercialização de energia elétrica a partir dos recursos explorados ou fontes complementares, divulgou no dia 13 de maio (quinta-feira), os resultados do primeiro trimestre de 2010 e atualiza seus acionistas em relação ao andamento de seus projetos.

Destaques do trimestre e eventos subseqüentes: Em março de 2010 a MPX divulgou o Plano de Negócios da MPX Colômbia, com 1,7 bilhão de toneladas de recursos potenciais de carvão e sistema integrado de mineração com capacidade de 20 Mtpa. O sistema MPX Colombia contará com três minas a céu aberto e mineração subterrânea, além de ferrovia e porto próprios para escoamento da produção. Em abril de 2010, a ANP aprovou a transferência da participação da OGX (70%) nos sete blocos exploratórios da Bacia do Parnaíba para a OGX Maranhão Petróleo e Gás Ltda., SPE a qual MPX detém 33,3% do capital social.

No 1T10, MPX protocolou o EIA/RIMA para o complexo de geração MPX Parnaíba para geração de até 1863 MW. O terreno, já adquirido, tem localização estratégica, a 50km de uma subestação de 500 kV e 30km do ponto de captação de água.

Sistema MPX Colômbia - A campanha de sondagem realizada até fevereiro de 2010, com um total de 266 furos, sendo 195 positivos, perfazendo um total de 90.000 metros perfurados, indica recursos potenciais de 1,74 bilhão de toneladas de carvão. O sucesso obtido até o momento na campanha de exploração, aliado à aquisição de site estratégico para a implantação de um porto próprio, assegura o desenvolvimento de um sistema integrado com capacidade de produção de 20 milhões de toneladas por ano (Mtpa).

O sistema contará com três minas a céu aberto, em Cañaverales, Papayal e San Benito, e mineração subterrânea em San Juan. A produção deverá iniciar-se em 2012 e, com os recursos já identificados, poderá alcançar 15 milhões de toneladas anuais (Mtpa) em 2021. O Plano de Negócios considera, ainda, que com a expansão da exploração para novas áreas, a produção deverá atingir 20 Mtpa.

O porto próprio da MPX Colombia (Porto MPX) tem uma área de 521 hectares e está localizado a aproximadamente 150 km das minas, devendo entrar em operação ao final de 2013, atendendo aos volumes previstos no Plano de Negócios a partir de 2014. Até o início da operação do Porto MPX, será utilizada solução portuária existente, em Santa Marta ou Ciénaga, solução esta já em fase de negociação, para escoar a produção e suprir as plantas no Brasil e no Chile. A solução logística prevê duas fases distintas. A primeira, utilizando transporte rodoviário, possibilitará atingir 7 Mtpa em 2015. A partir de 2016, está prevista a entrada em operação de ferrovia dedicada, que possibilitará o atingimento da capacidade máxima planejada de 20 Mtpa.

A MPX Colombia preparou um rigoroso cronograma de atividades para a obtenção das licenças ambientais, concessões e servidões ou desapropriações necessárias para a implementação do seu sistema integrado, de forma a cumprir as metas estabelecidas no Plano de Negócios.

. [ Link dos resultados com ilustração gráfica:http://mpx.infoinvest.com.br/ptb/981/2010%201T%20(Release%20de%20Resultados)%20(port).pdf ].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: