Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

06/05/2010 - 09:37

Petrobras investe em produção de biodiesel no Pará e em Portugal


Atividade envolve o plantio de palma (dendê) e contribuirá com a recuperação de áreas antropizadas, a redução de gases do efeito estufa e a geração de emprego e renda.

A Petrobras lançará dois projetos de produção de biodiesel a partir de óleo de palma (dendê) no dia 6 de maio (quinta-feira), em Tomé-Açu (PA) com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Trata-se de uma usina de biodiesel própria, o projeto Biodiesel Pará, e de um projeto de produção de biodiesel em Portugal em parceria com a Galp Energia, denominado projeto Belém.

A estratégia de suprimento das unidades de biodiesel prevê o plantio de palma em áreas antropizadas, com atuação em uma das regiões mais afetadas pelo desmatamento no Estado do Pará. Com isso, os projetos trarão benefícios ambientais, com a recuperação destas áreas, proporcionando proteção de solo, equilíbrio ecológico e a reintegração econômica destas regiões com pouca atividade produtiva, além de contribuir com a redução de gases de efeito estufa no ciclo de produção do óleo vegetal e na produção de biodiesel.

Os projetos também apresentam impactos econômicos e sociais positivos para a região. Serão gerados sete mil empregos diretos, sendo cerca de 5.250 no setor agrícola e 1.750 na área industrial e de logística e ainda serão envolvidos 2.250 agricultores familiares no plantio de palma.

Projetos de produção sustentável de biodiesel de palma - Biodiesel Pará: prevê a implantação de uma usina de biodiesel no Pará, com capacidade de produzir 120 milhões de litros de biodiesel por ano, para abastecer a região norte do País. Com investimentos estimados em R$ 330 milhões, sendo R$ 237 milhões na área agrícola e R$ 93 milhões na industrial, o projeto contempla ainda a instalação de dois complexos industriais de extração do óleo de palma, incluindo, esmagadoras e unidade de cogeração de energia elétrica.

Para este projeto, foram cadastradas 3.338 famílias nos municípios de Igarapé-Miri, Cametá, Mocajuba e Baião, que tiveram suas propriedades georeferenciadas, etapa importante para o processo de regularização fundiária e para obtenção do Cadastro Ambiental Rural (CAR). Para este ano, serão adquiridas 1,1 milhão de sementes de palma para o início da produção de mudas em viveiro. O plantio das mudas nas áreas de produção está previsto para dezembro de 2011 e o início da colheita a partir de 2014.

Belém: projeto de produção de cerca de 250 mil toneladas de biodiesel/ano (green diesel) em Portugal, em parceria com a Galp Energia, para atendimento ao mercado ibérico. A parceria faz parte da estratégia da Petrobras de entrada no mercado europeu de combustível. O investimento total estimado será de R$ 1.017 milhões (US$ 530 milhões), sendo R$ 554 milhões, no Brasil, para a produção de 300 mil toneladas de óleo de palma por ano e R$ 463 milhões (US$ 240 milhões) em Portugal para a implantação de uma unidade industrial de biodiesel, com previsão de entrada em operação em 2015.

O Projeto Belém está em fase de desenvolvimento de mudas de palma em viveiro. Atualmente são cultivadas cerca de 1 milhão de mudas na Vila Forquilha, no município de Tomé-Açu, que devem ser plantadas em janeiro de 2011. Faz parte do empreendimento a instalação de quatro complexos industriais de extração do óleo de palma, incluindo esmagadoras e unidade de cogeração de energia elétrica, além de tancagem.

Incentivo à agricultura familiar e preservação ambiental - Todos os agricultores familiares envolvidos no cultivo de palma receberão assistência técnica agrícola e serão acompanhados e orientados pela empresa no cumprimento da conformidade ambiental das propriedades, como a manutenção da reserva legal. A Petrobras também apoiará a recomposição destas áreas com o fornecimento de mudas de espécies nativas, em especial, de árvores frutíferas.

Ainda sobre a questão ambiental, as sementes que foram selecionadas para o projeto resultam de um processo de melhoramento genético com uso de matrizes de palma nativa da Amazônia em cruzamento com a variedade nativa da África, o que permitirá maior adaptação à Amazônia brasileira.

Óleo de palma: geração de energia e alimento - Com elevada produtividade de óleo vegetal, a palma apresenta oferta contínua ao longo do ano e possibilidade de produção pela agricultura familiar. Além disso, o processo produtivo gera outros produtos, como adubos orgânicos, torta de palma, óleo de palmiste (extraído da amêndoa do fruto da palma), além de cogeração de energia elétrica a partir de resíduos vegetais.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira