Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

13/03/2010 - 10:02

Light reconhece falhas no fornecimento de luz para o Rio de Janeiro


Jerson Kelman, presidente da Light

A concessionária Light convocou a imprensa para uma primeira coletiva com o novo presidente da distribuidora no dia 12 de março (sexta-feira), para explicar os problemas no fornecimento de energia elétrica no Rio de Janeiro. A empresa é a responsável pelo fornecimento de energia na cidade que tem sofrido constantes blecautes, principalmente na área do centro e zona sul da cidade.

Segundo o presidente da companhia, Jerson Kelman, a empresa reconhece que o sistema de distribuição de energia tem falhas e que vai investir para solucioná-los ainda neste ano. Ele admitiu, no entanto, que a empresa não sabe quanto vai investir, mas que dentro de 60 dias terá um balanço.

O presidente disse que uma das principais causas para os problemas na rede elétrica são os furtos de boias e de fios de cobre que protegem as câmaras subterrâneas. Com relação às boias, ele disse que elas serão substituídas por fibra, para tentar acabar com os furtos.

Kelman garante que os consumidores já poderão perceber melhorias no sistema a partir de abril. “Investimentos e melhorias serão feitos para que os moradores da cidade não sofram com esses mesmos problemas. Em abril já dará para perceber melhora no serviço prestado a população”.

Apesar da preocupação com a rápida recuperação da rede, o presidente disse que o maior gargalo será a demanda futura. “Nossa batalha é evitar que no próximo verão, quando a situação ficará critica pelo maior consumo de energia devido ao calor, não ocorram os mesmos problemas que neste ano”.

"A Light tem responsabilidade e vamos enfrentar as dificuldades, para isso vamos dar atenção especial à rede subterrânea, que precisa de mais cuidado", admitiu o novo presidente.

"Com certeza (os investimentos) serão maiores do que vinham sendo feitos, apesar de a Light vir aumentando os investimentos nos últimos anos", explicou Kelman, que ainda está discutindo o orçamento de 2010.

Quanto a rede de distribuição os investimentos pularam de 276 milhões em 2007 para 456 milhões no ano seguinte, valor repetido em 2009. Para 2010, a previsão é de uma cifra maior.

"Já havia um esforço de aumentar o investimento, mas ainda não está bom. A nossa mensagem é de que vamos aumentar tanto na manutenção como na rede subterrânea", enfatizou.

Atendimento- “Vamos instituir premiação pela qualidade no atendimento dos serviços da empresa, treinar equipes para atendimento por região, e não por setores como antes, e o centro de atendimento itinerante”, frisou o presidente.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: