Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

09/12/2009 - 10:51

Petrobras começa a testar térmica a etanol ainda este ano, anuncia diretora

Rio de Janeiro - A diretora de Gás e Energia da Petrobras, Maria das Graças Foster, anunciou no dia 8 de dezembro (terça-feira),que no próximo dia 21 a estatal dará início aos testes da primeira geração de energia elétrica no mundo a partir do etanol.

Pioneiro, o processo terá início a partir da térmica de Juiz de Fora (MG) e o projeto foi desenvolvido em parceria com a multinacional General Electric (GE). “Vamos rodar três meses com etanol medindo as emissões. Estamos com uma expectativa bastante grande em relação ao desempenho e às emissões dentro dos níveis padrão. Do ponto de vista ambiental, é algo extremamente relevante”, disse a diretora.

Segundo Maria das Graças, se os resultados forem positivos, surgirá a oportunidade de negócios para uso também em outros países, como o Japão, que têm turbinas semelhantes. "O Brasil será o primeiro país do mundo a produzir energia a partir de etanol", observou a diretora, explicando que a turbina a ser utilizada terá capacidade para gerar 45 megawatts e foi adaptada pela GE para operar tanto com gás como com etanol.

"Temos as melhores expectativas para mostrar a viabilidade técnica e econômica da produção de eletricidade com uma fonte menos poluente", afirmou Maria das Graças.. Na sua avaliação, mesmo sendo um combustível mais caro que o gás para uso de geração de energia, “o álcool é uma alternativa aos combustíveis fósseis, estará à disposição em caso de necessidade e poderá ser beneficiado pelos projetos de incentivo à redução das emissões de poluentes”.

A diretora disse ainda que a viabilidade do empreendimento, se confirmada, poderá se transformar em uma “grande oportunidade de negócios com outros países, o que acelerará muito o uso do etanol brasileiro" no exterior.

Outro fator destacado pela diretora foi o fato de que há atualmente, em todo o mundo, uma grande expectativa sobre a redução de emissões de gás carbônico e que, por isso, “o projeto deverá facilitar a entrada dessas usinas em países desenvolvidos”.| Nielmar de Oliveira/ABr

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: