navio-cma-porto-rio

20/01/2024

Porto do Rio de Janeiro recebe o navio sustentável CMA CGM Bahia movido a GNL

O Porto do Rio de Janeiro recebeu, pela primeira vez, o CMA CGM Bahia, o maior navio porta-contêineres bicombustível em operação na rota sul-americana. Representando a mais recente geração de navios sustentáveis, este notável conteineiro de 336 metros de comprimento, capacidade máxima de 13.200 TEUs e movido a GNL (Gás Natural Liquefeito), foi construído em 2023 e é considerado um marco na indústria naval. Atracado no Rio Brasil Terminal, a previsão para desatracar é no dia 20 de janeiro (sábado) às 17 horas, após operar um total de 1033 contêineres, sendo 899 descarregados e 134 embarcados.

O moderno navio, da armadora francesa CMA CGM, utiliza um sistema de energia de duplo combustível de GNL e possui um tanque de carga de GNL com sistema de contenção de carga Mark III de 14.000 metros cúbicos. Segundo o construtor naval, Hudong-Zhonghua, o sistema de recirculação de gases de escape (ICER) pode reduzir o deslizamento de metano no modo gás em 50% e reduzir as emissões de gases de efeito estufa em mais de 28%.

O CMA CGM Bahia não apenas prioriza a eficiência energética, mas também incorpora tecnologias avançadas para reduzir as emissões de dióxido de carbono. Um imponente defletor de vento na proa proporciona economias significativas de combustível durante as viagens, enquanto dispositivos de economia de energia na popa melhoram a eficiência da propulsão da hélice.

A chegada do CMA CGM Bahia ao Porto do Rio de Janeiro representa um momento crucial na busca pela transição para combustíveis verdes e por uma navegação mais ecológica, reforçando o compromisso do setor com um futuro marítimo mais limpo e eficiente.