navio-byd

16/01/2024

BYD inova e anuncia o 1º navio cargueiro (Ro-Ro) da companhia

A embarcação Explorer Nº 1 da BYD, tipo dedicada ao transporte marítimo, embarca numa viagem inaugural histórica.

A BYD, greentech que é líder mundial de veículos de energia limpa, iniciou um capítulo inovador no transporte marítimo com a viagem inaugural de seu primeiro transportador dedicado, o Explorer Nº 1 A embarcação tipo  “Roll-on, Roll-off”(popularmente chamados de “Ro-Ro”) foi entregue oficialmente no Porto de Yantai, na província de Shandong, no dia 10 de janeiro (quarta-feira), antes de iniciar sua viagem inaugural a partir do porto de logística internacional de Xiaomo, Shenzhen, na China.

O Explorer Nº 1 , que leva orgulhosamente a identificação oficial da BYD, dá um impulso significativo às capacidades de logística internacional da BYD em meio a recursos limitados de transporte marítimo global. Medindo 199,9 metros de comprimento, a embarcação também exemplifica o compromisso da BYD com o transporte marítimo sustentável, devido aos avanços pioneiros em tecnologias de construção naval ecológicas e inteligentes. Com uma capacidade de carga excepcional de sete mil veículos, o Explorer Nº 1 é equipado com um sistema inovador de propulsão de combustível convencional e gás natural liquefeito(GNL) de combustível duplo.

Nos próximos dois anos, espera-se que mais sete embarcações se juntem à frota, todas integrando a tecnologia de bateria de armazenamento de energia da BYD e sistemas de gerador de eixo, incorporando verdadeiramente a visão da BYD para uma era de transporte marítimo mais verde.

Wang Junbao, gerente -geral da Divisão Corporativa da BYD, destacou que o setor de veículos de energia limpa da China atingiu um marco histórico no ano anterior, com vendas e produção superiores a nove milhões de unidades, contribuindo significativamente para a mobilidade verde global. O lançamento bem-sucedido do Explorer Nº 1 marca um passo fundamental para a BYD na expansão dos mercados estrangeiros. Em linha com seu espírito colaborativo, a empresa planeja não apenas implantar esses navios para suas próprias operações, mas também se envolver em parcerias abertas, desenvolvendo uma nova era para as montadoras chinesas no cenário internacional.

Consolidando uma posição de liderança no setor de veículos de energia limpa por meio de escala industrial, tecnologia avançada e proeza de fabricação, a BYD alcançou um feito notável em 2023, exportando 242.765 veículos, um crescimento anual de 334,2%. Enquanto isso, suas vendas anuais totais subiram para mais de 3,02 milhões de unidades, solidificando o status da BYD como a principal vendedora mundial de veículos de energia limpa. Hoje, a operação da BYD abrange seis continentes, envolvendo mais de 70 países e regiões em todo o mundo, chegando a mais de 400 cidades, enfatizando seu profundo impacto e alcance na promoção de soluções de mobilidade verde em todo o mundo.

Perfil — A BYD chegou ao Brasil em 2015, quando inaugurou sua primeira fábrica de montagem de chassis de ônibus 100% elétricos em Campinas (SP). Em 2017, abriu uma segunda fábrica, também em Campinas, para a produção de módulos fotovoltaicos. Para abastecer a frota de ônibus elétricos, a empresa iniciou, em 2020, a operação de sua terceira fábrica no Brasil, no Polo Industrial de Manaus (PIM), dedicada à produção de baterias de fosfato de ferro-lítio (LiFePO4). A empresa também é responsável pelo SkyRail (monotrilho) com a Linha 17 – Ouro em São Paulo. Além disso, a BYD comercializa no Brasil sistemas de armazenamento de energia, inversores, empilhadeiras, caminhões, furgões e automóveis, todos elétricos e com baixa emissão de poluentes. Mais recentemente, devido à pandemia da covid-19, a empresa também está vendendo máscaras descartáveis no país. Em abril de 2021, a BYD Brasil passou a integrar o Pacto Global, da Nações Unidas (ONU). Em novembro de 2021, deu o primeiro passo para o início da comercialização de automóveis de passeio no país e hoje já conta com cinco modelos lançados e uma rede consolidada de concessionárias em operação. Em abril de 2022, a BYD Energy inaugurou novas instalações e uma completa linha de módulos fotovoltaicos no mercado brasileiro. Em 2023, foi eleita pela revista americana Times como uma das 100 empresas mais influentes do mundo.