Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT RSS BOLETIM TV FATOR BRASIL LINKS PageRank
Busca: OK
CANAIS

20/10/2009 - 10:53

Brasil é o 1º país a produzir troféus da Fórmula 1 com plástico reciclado durante o grande prêmio

A Braskem reforça mais uma vez seu compromisso com a sustentabilidade, ao montar uma completa infraestrutura de reciclagem no autódromo de Interlagos para produzir o troféu com plástico reciclado durante a prova de Fórmula 1.

“Trazer o universo da reciclagem para este evento de repercussão mundial mostra o compromisso da Braskem e de seus parceiros com o desenvolvimento sustentável e com a busca do engajamento da sociedade na destinação correta dos resíduos plásticos”, destaca Bernardo Gradin, presidente da Braskem, empresa responsável pela produção do troféu com resina reciclada para o GP Brasil de F1, em Interlagos (SP). O inédito projeto está sendo desenvolvido conjuntamente pelas empresas Romi, fabricante de maquinários industriais, e Fortymil, distribuidor de resinas e reciclador de plástico, além do Instituto Socioambiental do Plástico (Plastivida) e da Cooperativa de Coleta Seletiva da Capela do Socorro (Coopercaps), especializada em coleta de materiais recicláveis.

Durante todos os dias do evento, uma mini usina de reciclagem estará em funcionamento para recuperar o plástico descartado, transformá-lo em troféus e entregar como prêmio aos vencedores da prova de Fórmula 1. Essa operação envolve as seguintes etapas: coleta seletiva e triagem a serem executadas pela Cooperativa; e moagem, secagem, extrusão e usinagem do troféu. O processo para a produção da resina reciclada está sob o comando da Fortymil, a usinagem do troféu está sob responsabilidade da Romi e a equipe técnica da Braskem está coordenando todo o processo para a produção do troféu. A Coopercaps também cuidará do excedente coletado, para promoção do seu reuso para outras finalidades.

“Com essa ação, além de mostrar na prática que o plástico, presente em nosso dia a dia, é 100% reciclável e 100% reutilizável, também queremos demonstrar a importância da coleta seletiva para minimizar os impactos ambientais”, destaca Jorge Soto, diretor de Desenvolvimento Sustentável da Braskem, lembrando que hoje a reciclagem é um tema de crescente relevância em relação aos aspectos ambiental e social. Segundo dados da Plastivida, atualmente o Brasil recicla 21% do plástico que produz, enquanto a média da União Européia é de 18,3% e da Alemanha, recordista mundial de reciclagem mecânica, é de 31%.

O troféu deste ano será uma reedição do desenho desenvolvido em 2008 pelo mestre brasileiro da arquitetura, Oscar Niemeyer, por sua beleza e originalidade. O design foi inspirado nas colunas do Palácio da Alvorada e, segundo seu criador, seguiu o mesmo caminho de elaboração de uma obra de arte, concebida para despertar emoção, surpresa e, desta vez, com a vantagem da reciclagem. A participação da Braskem na F1 surgiu com a W/, que ano passado teve a idéia de usar o Polietileno Verde no GP Brasil com a produção do troféu de plástico 100% renovável. E neste ano inovou ao sugerir a produção in loco do troféu de plástico reciclado.

Projeto inédito valoriza parcerias - Romi - A Indústrias Romi é líder no mercado brasileiro de máquinas e equipamentos. Listada no Novo Mercado da Bovespa desde março de 2007, fabrica máquinas-ferramenta, com destaque para tornos e centros de usinagem; máquinas injetoras e sopradoras de plástico; e peças de ferro fundido cinzento, fornecidas brutas ou usinadas. Seus produtos e serviços estão presentes em todos os continentes e são utilizados pelos mais diferentes segmentos produtivos, como as indústrias automobilística, de bens de consumo em geral, de máquinas e equipamentos industriais e de máquinas e implementos agrícolas.

Fortymil - A Fortymil é uma empresa com mais de 40 anos de atividade no setor da indústria de plásticos e uma das primeiras indústrias da America Latina a ter todo seu processo de reciclagem certificado pela ISO 9000. Possui uma unidade industrial de reciclagem de plásticos, em Itatiba (SP), onde fabrica resinas recicladas e industriais, além de compostos e materiais micronizados, atendendo todo o território nacional. Presta também serviços a terceiros de granulação, micronização, tingimento e aditivação, bem como comercializa resinas virgens como distribuidor oficial Braskem e Innova. Através da adição de masterbatch, pigmentos, aditivos como anti-estático e anti-uv, auxiliar de fluxo, carga mineral, anti-chama e outros, a empresa está capacitada para produzir compostos de alto valor agregado destinados ao mercado automobilístico, linha branca, peças e filmes técnicos, fios e cabos, e outros segmentos que exigem elevados padrões de qualidade e confiabilidade.

Plastivida - Entidade que representa a cadeia produtiva do setor petroquímico, para divulgar a importância dos plásticos na vida moderna e promover sua utilização ambientalmente correta, ao mesmo tempo em que prioriza iniciativas de responsabilidade social. Faz parte do Plastics Global Meeting, encontro mundial das entidades congêneres da Comunidade Européia, Estados Unidos, Canadá, Japão, México, Argentina, Austrália e China, compartilhando novos conhecimentos e tendências.

Coopercaps - A Cooperativa de Coleta Seletiva da Capela do Socorro (Coopercaps) administra a central de triagem, beneficiamento, armazenamento e comercialização da Capela do Socorro, situada na Vila da Paz (Interlagos). Suas atividades foram iniciadas em dezembro de 2003. Atualmente, Coopercaps possui 84 cooperados, que trabalham em dois turnos e manuseiam uma média diária de 14 toneladas de materiais recicláveis. É conveniada à Limpurb, por meio da Secretaria de Serviços, que fornece toda estrutura para seu funcionamento. A coleta é efetuada em escolas, empresas e condomínios de várias ruas da região da Capela e Morumbi (SP).

Gestão orientada para sustentabilidade do negócio - O compromisso da Braskem com o desenvolvimento sustentável e com a redução das emissões de gases efeito estufa na atmosfera faz parte da gestão estratégica da companhia, orientada para a sustentabilidade do negócio nas dimensões econômicas, sociais e ambientais. Além de apresentar melhoria contínua dos seus indicadores de ecoeficiência ao longo dos sete anos de existência, a companhia desenvolveu em 2007 no Centro de Tecnologia e Inovação Braskem o primeiro polietileno verde certificado do mundo feito de fonte 100% renovável, o etanol.

Esse projeto obteve no mesmo ano um dos mais importantes prêmios internacionais do setor, na Europa, o Bioplastic Awards. O pioneirismo da Braskem é resultado de investimentos consistentes em pesquisas tecnológicas. O foco na área de inovação permite maior competitividade a toda a cadeia produtiva da petroquímica e dos plásticos, dando forma ao sonho do Cliente.

Com uma equipe de 170 especialistas, ativos em pesquisa e desenvolvimento da ordem de R$ 330 milhões, a companhia possui mais de 240 registros de patentes no Brasil e no mundo. Além do polietileno verde, a Braskem foi também a primeira empresa do mundo a certificar o polipropileno de matéria prima 100% renovável produzido em escala piloto.

Manifesto sobre mudanças climáticas - Recentemente a Braskem divulgou seu Manifesto sobre Mudanças Climáticas, no qual se compromete publicamente a fortalecer sua atuação em proveito do desenvolvimento sustentável, visando reduzir os impactos do aquecimento global no planeta. O documento estabelece, de forma transparente, o compromisso da companhia e as ações que estão sendo realizadas para reduzir a emissão dos gases provocadores do efeito estufa no planeta e apoiar o desenvolvimento sustentável.

A Braskem é líder em resinas termoplásticas na América Latina e a terceira maior produtora das Américas. Com 18 plantas industriais distribuídas pelo Brasil, a empresa produz anualmente mais de 11 milhões de toneladas de resinas termoplásticas e outros produtos petroquímicos.

Enviar Imprimir
© Copyright 2006 - 2014 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira