Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

05/10/2021 - 10:09

FenaCap lança selo para comemorar os 92 anos da Capitalização no Brasil


Nestas nove décadas de atuação no Brasil, a Capitalização tem demonstrado capacidade de adaptação aos mais diferentes cenários como instrumento de acúmulo de renda. Muitas vezes, é o primeiro contato dos brasileiros com a prática de economizar. E para celebrar os 92 anos do setor, marcado pela fundação da primeira empresa no país, em setembro de 1929, a Federação Nacional de Capitalização (FenaCap) lança um selo comemorativo.

A logomarca traz uma visão contemporânea e moderna que a FenaCap e suas associadas oferecem ao mercado, com novos produtos e soluções com sorteios, sem deixar de lado a tradição do segmento em si. Nestas nove décadas, a Capitalização tem evoluído em um processo regulatório que busca a transparência e a robustez financeira das empresas e, ao mesmo tempo, traz segurança aos usuários.

A regulamentação contribuiu para a credibilidade das operações e o fortalecimento da indústria, que hoje oferece seis diferentes modalidades: Tradicional, Incentivo, Filantropia Premiável, Instrumento de Garantia, Popular e Compra Programada.

— Nosso objetivo é contribuir para que o brasileiro perceba a importância do planejamento financeiro e do acúmulo de reserva financeira para o atingimento de objetivos de médio/longo prazo, além de oferecer soluções para diferentes necessidades — explica Marcelo Farinha, presidente da FenaCap.

Mesmo em meio a um cenário desafiador desenhado pela pandemia, o setor registrou receitas de R$ 11,6 bilhões, entre janeiro e junho deste ano, o que representa um crescimento de 8,4%, quando comparado ao mesmo período do ano passado. As reservas totalizaram R$ 32,8 bilhões.

— No primeiro semestre de 2021 o segmento injetou R$ 9,6 bilhões no mercado, considerando o volume pago em resgates e R$ 633,5 milhões relacionados aos sorteios. Esses recursos ajudaram a fomentar a economia e a apoiar a sociedade em momento tão desafiador — complementa Marcelo Farinha.

A indústria também se estruturou para diminuir o "distanciamento físico", já que os títulos são vendidos em regiões de muito movimento, e passou a se fazer presente na vida das pessoas de forma digital. O mercado vem promovendo uma rápida convergência para o ambiente online, com aprimoramento de produtos e processos.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira