Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

21/08/2021 - 08:57

O fim dos agrotóxicos


Os produtos biológicos têm uma enorme oportunidade no Brasil e vão, ano a ano, impulsionar o fim dos agrotóxicos.

As razões são variadas: a) os consumidores demandam com intensidade produtos cultivados com agricultura natural; b) os produtores rurais estão amplamente engajados com práticas sustentáveis de cultivo; c) os produtos químicos comprometem todo o ecossistema produtivo; e d) Mudanças na estratégia de produção de alimentos na Europa e nos Estados Unidos em favor de produtos biológicos indicam novas preferências de importação por parte desses países.

Estudo realizado pela Aprosoja/MS mostra essa realidade promissora para os produtos biológicos. O levantamento aponta que 68% dos produtores rurais do Mato Grosso do Sul ainda não adotaram estas soluções, revelando que a agricultura natural tem muito espaço para conquistar.

Aliado a esse contexto, há uma forte tendência mundial de adesão a produtos naturais. De acordo com a empresa de pesquisa Kynetec, o mercado mundial de biológicos deve superar US$ 8 bilhões em 2025.

Um dos motivos para esse número expressivo é o relevante crescimento de importantes e efetivas práticas de MIP (manejo integrado de pragas e doenças).

A própria FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura) já reconheceu a importância da agricultura biológica, ao defini-la como um sistema de gestão do ecossistema que tem em conta “as possíveis repercussões ambientais e sociais através da eliminação da utilização de insumos, tais como fertilizantes e agrotóxicos sintéticos, medicamentos veterinários, sementes e espécies geneticamente modificadas, conservadores, aditivos e irradiação”.

Qual seria, então, a solução para a agricultura? A resposta está, certamente, nos produtos biológicos. Afinal, se substituirmos os agrotóxicos por soluções naturais, como biopesticidas, bioestimulantes, prebióticos e probióticos, podemos eliminar os riscos de contaminação do solo e dos cultivos, contribuindo para a sólida produtividade e para a plena saúde da população.

Nesse cenário, a Kimitec é pioneira com um rico portfólio de soluções, que tem comprovação científica e ajuda os produtores rurais a ampliarem sensivelmente a rentabilidade e a protegerem a lavoura contra pragas, doenças e contaminações.

A Kimitec está neste mercado desde 2007 e tem o maior centro privado de investigação dedicado à agricultura natural da Europa, com mais de 46 projetos em curso para oferecer aos produtores rurais uma solução biológica, tão eficaz quanto os agrotóxicos, para os principais problemas da agricultura mundial, como a ferrugem da soja asiática, que no Brasil atinge mais de 19 milhões de hectares, com custos associados ao seu controle de mais de 2 bilhões de dólares, de acordo com a Kynetec.

É a combinação perfeita! Proteção do meio ambiente + Alta rentabilidade = agricultura natural. Ou seja, o fim dos agrotóxicos.

. Por: Alejandro de las Casas Pérez, CEO Internacional de Kimitec.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira