Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

12/05/2021 - 08:53

Maria é a onipotência suplicante


Nossa Senhora não é onipotente. Mas Deus a fez para nós a onipotência suplicante, porque ela foi ao máximo da humildade. O Senhor a fez cheia do Espírito Santo e a constituiu a grande intercessora, a mediadora de todas as graças.

Onipotência suplicante significa: aquela que consegue de Deus tudo o que pede. Isso está ou não provado nas Bodas de Caná? O próprio Jesus disse: “Mulher, para que me dizes isso? A minha hora ainda não chegou” (Jo 2,4). Não tinha chegado a hora de Jesus. Ele era muito obediente ao Pai, mas realizou o milagre por causa da intercessão de Nossa Senhora.

Maria é a onipotência suplicante, a onipotência da humildade. Nas Bodas de Caná, Jesus tinha que obedecer ao Pai, pois ainda não tinha chegado a sua hora. “Sua mãe disse aos que estavam servindo: ‘Fazei tudo o que ele vos disser!’ Estavam ali seis talhas de pedra, de quase cem litros cada, destinada às purificações rituais dos judeus. Jesus disse aos que estavam servindo: ‘Enchei as talhas de água!’ E eles as encheram até à borda” (Jo 2,5-7). E por causa da sua humildade, Maria conseguiu que o milagre se realizasse.

Deus quer que você seja humilde e conquiste a onipotência de Maria, tanto a da humildade como a da súplica, e seja cheio do Espírito Santo como João Batista. A vontade de Deus é que todos fiquem cheios do Espírito Santo e façam a experiência de Pentecostes: “Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito lhes concedia expressar-se” (At 2,4).

Deus quis que Maria estivesse no Cenáculo, porque ela foi a primeira cheia do Espírito Santo, aquela que concebeu Jesus por obra do Espírito Santo. Por isso, o Verbo se fez carne. Ela estava no Cenáculo para que os apóstolos recebessem o Espírito Santo. Podemos dizer que ela estava ali como um “para-raios” e, assim, atraiu-o para que todos se enchessem do Espírito de Deus.

. Por: Seu irmão, Monsenhor Jonas Abib, fundador da Comunidade Canção Nova, presidente da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação, em Cachoeira Paulista (SP) e reitor do Santuário do Pai das Misericórdias. É um dos religiosos que mais se destacou utilizando os meios de comunicação na ação evangelizadora da Igreja Católica, na América Latina. Autor de 57 livros, CDs e DVDs, além de várias palestras em áudio e vídeo.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira