Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

27/02/2021 - 06:56

Nexoos ultrapassa R$ 460 milhões transacionados em 2020

E prevê crescimento de 200% este ano. Mais de R$ 200 milhões chegaram às PMEs por meio da fintech em 2020, um aumento de cerca de 40% em comparação com 2019.

Em um ano mundialmente atípico e desafiador devido à pandemia da Covid-19, a Nexoos, fintech de crédito para Pequenas e Médias Empresas (PMEs), por meio de sua plataforma, repassou a mais de dois mil estabelecimentos de todo o Brasil mais de R$ 200 milhões em 2020, totalizando mais de R$ 460 milhões desde o início de suas operações. A estimativa para 2021 é que o valor transacionado cresça 200%.

O bom desempenho foi refletido também no faturamento da Nexoos, que cresceu mais de 30% em comparação a 2019, sendo um dos melhores resultados em toda a sua história. No mesmo período, a empresa também alcançou o aumento de 80% na base de clientes ativos, além do crescimento de mais de 40% no número de empresas recorrentes, ou seja, aquelas que solicitaram crédito mais de uma vez por confiarem no modelo de negócio da Nexoos.

— O ano passado foi marcado pela nossa capacidade de inovar e reagir a cenários adversos. Diante da crise, para além dos produtos já consolidados, encontramos espaço para expandir o portfólio e nos reinventar, criando novos formatos, modelos de negócios e produtos, com a finalidade de prover crédito para pequenos e médios empreendedores que mais foram impactados pela pandemia — afirma Daniel Gomes, fundador e CEO da Nexoos.

Por meio do modelo Peer to Peer (P2P), modalidade de empréstimo online que conecta empreendedores que precisam de crédito a investidores individuais (pessoas físicas), cerca de 60 mil transações foram realizadas durante o último ano, superando R$ 75 milhões.

Ao aprimorar a análise de risco de crédito, levando em consideração o atual cenário e atendendo e entendendo as necessidades das duas pontas do negócio — investidores e tomadores de crédito — a empresa permitiu que investidores individuais, por meio do modelo P2P, tivessem rentabilidade média da carteira de 14,2% a.a., número sete vezes maior quando comparado aos atuais 2% da taxa Selic.

Na outra ponta, as taxas de juros cobradas pelos empréstimos para as PMEs foram, em média, de 32% a.a. O Comércio (Varejo e Atacadista) foi o setor que mais solicitou crédito com 38% das requisições, seguido de Alojamento e Alimentação, com 10%, e Indústrias de Transformação, com 9%.

Parcerias inovadoras — Em 2020, a Nexoos reforçou sua estratégia no campo de crédito, participando ativamente de ações como o Programa de Crédito Retomada, em parceria com o Sebrae-SP, que repassou no total R$ 13 milhões a empreendedores de todo o Brasil. Já o Programa Emergencial de Acesso a Crédito (PEAC), além de desenvolver produtos específicos para atender à demanda do mercado, como o CaaS (Credit as a Service), em colaboração com grandes empresas, como Partage Empreendimentos, acelerou o serviço de crédito para cadeias produtivas.

— Contar com o apoio de instituições renomadas para preservar as pequenas e médias empresas foi essencial. Por meio destas parcerias, a Nexoos conseguiu levar outros R$ 112 milhões às PMEs — comemora o executivo.

Perspectivas para 2021 — Apesar do cenário atual, que continua desafiador, a Nexoos prevê crescimento de 200% no valor transacionado em 2021. Para isso, continuará inovando no modelo de crédito e na diversificação de suas linhas de produtos, além da criação de novas áreas estratégicas para o negócio e, consequentemente, aumento do quadro de funcionários. Para este ano, estima-se um aumento de 250% no investimento, quando comparado com o mesmo intervalo de 2019, com foco em motor de crédito, tecnologia e canais de aquisição.

A Nexoos — Com mais de quatro anos de atuação, a Nexoos é uma plataforma online de marketplace lending, que conecta pequenas e médias empresas (PMEs), que buscam empréstimo empresarial, a aproximadamente 60 mil investidores, entre pessoas físicas e instituições. Além de financiar mais de R$460 milhões, a Fintech já atendeu mais de cinco mil empresas de todo o Brasil e foi a primeira instituição financeira do País a realizar uma operação no modelo SEP (Sociedade de Empréstimo entre Pessoas), em agosto de 2019.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira