Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

17/10/2020 - 07:15

VLI abre 12 vagas na Grande BH e busca diversidade

A empresa incentiva a candidatura de pessoas com deficiência e do gênero feminino.

A VLI, companhia de soluções logísticas que integra ferrovias, terminais e portos, tem 12 oportunidades de trabalho abertas para o município de Pedro Leopoldo, onde está localizado o Estaleiros de Soldas da Ferrovia Centro-Atlântica. A unidade é responsável por beneficiar os trilhos que são utilizados na manutenção e na remodelação da malha ferroviária.

As vagas estão distribuídas em cinco cargos: mecânica(o), inspetor(a) de processos, operador(a) de descarga de trilhos, técnica(o) eletromecânica, operador(a) mantenedor(a) do estaleiro. Os requisitos comuns são bom relacionamento interpessoal, dinamismo, atenção e interesse de trabalhar em equipe. Para conhecer as condições específicas de cada vaga acesse o jobs.kenoby.com/vlivagas

Diversidade e Inclusão — A VLI acredita na diversidade como um caminho para transformar e trazer mais inovação ao negócio e para a sociedade. A companhia desenvolve ações com o objetivo de construir um ambiente de trabalho mais diverso e inclusivo. Entre essas iniciativas, a empresa passou a prospectar pessoas com deficiência (PcDs) para todas as posições abertas independente do percentual de cota definido por lei. No contexto de equidade de gênero, a empresa tem atualmente 13% dos cargos ocupados por mulheres e, por isso, busca promover e incentivar a inserção de mais mulheres nas áreas operacionais por meio do movimento Elas na Logística. Outro destaque é o compromisso firmado com a Organização das Nações Unidas (ONU) por meio do Pacto Global, de promover a equidade de gênero e aumentar a presença de mulheres em cargos de alta liderança. A VLI possui cerca de 16% de mulheres, nos cargos de gerência à diretoria, e planeja quase dobrar esse número até 2025.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira