Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

15/10/2020 - 07:59

Qualidade de vida é produtividade


Daniel Schnaider, CEO da Pointer by PowerFleet Brasil

Tempos Modernos, filme de Charlie Chaplin, mesmo depois de 85 anos é uma lição para trabalharmos de forma menos mecanizada, muito mais eficiente e feliz.

Um paulistano, por exemplo, em média fica 2h43 no percurso de deslocamento para seu trabalho (IBGE), sendo assim, o tempo médio que se dedica entre ir, voltar e trabalhar é de pelo menos 10h43 por dia. E para onde vai a produtividade de qualquer ser humano, quando a matemática saudável da vida deveria ser de 7 horas de sono, pelo menos uma hora de exercício e uma hora de refeição a noite? E a satisfação pessoal? Família? Isso, porque estamos contando a média, existem trabalhadores que chegam a ficar quatro ou mais horas por dia no trânsito. Precisamos revolucionar!

Daniel Schnaider, CEO da Pointer by PowerFleet Brasil – empresa com mais de 200 funcionários, vê nos coworkings flexíveis uma nova oportunidade. Este é um sistema de alocação de trabalho que já chegou no Brasil há algum tempo, mas acredita que pode ser muito melhor aproveitado. Do outro lado, Tiago Alves, CEO da Regus, mostra a eficiência diante aos seus mais de 30 mil clientes que utilizam o espaço compartilhado e só veem evolução neste processo.

— O Covid-19 mostrou a todos nós a fragilidade do sistema de saúde e econômico para o Brasil e o mundo. Mas precisamos olhar além da crise, para as oportunidades que ela nos traz. Neste sentido, o tempo do deslocamento de funcionários é algo contraprodutivo, traz insatisfação e, até mesmo, a impossibilidade de admitir funcionários que moram em outras cidades e estados e diminuem nossa chance para contratar verdadeiros talentos. O bairrismo é a solução para muitos dos males da sociedade, como desigualdade de oportunidade. A Regus com suas soluções de escritórios flexíveis faz parte da solução de um novo normal que queremos construir — destaca Daniel Schnaider (CEO da Pointer by PowerFleet Brasil)

Existe um movimento forte vindo do “novo normal” chamado de squad offices (escritórios descentralizados ou divididos em equipe). Percebemos que as pessoas querem trabalhar mais perto de casa e evitar, justamente, o deslocamento até a empresa E, se tem uma coisa que a pandemia ensinou é que a mobilidade se torna ineficiente quando ela é demorada, especialmente quando o percurso casa-escritório dura mais de uma ou duas horas, devido ao trânsito ou distância.

Tiago Alves, CEO Brasil da Regus e Spaces

— Considerando a contratação de escritórios flexíveis mais próximos da residência dos colaboradores, é possível ganhar horas por dia trabalhando mais perto de casa e ainda contar com uma estrutura profissional de trabalho. Isso é ganho produtivo do mais alto nível, além de qualidade de vida para o funcionário — observa Tiago Alves (CEO Brasil da Regus e Spaces).

Tempos Modernos, de Charlie Chaplin, em sua sátira, mostra a indústria como o grande mal da sociedade. Mas não é assim, necessariamente. Não precisa ser assim. Se pensarmos em uma cadeia, quem trabalha perto de casa proporciona ao que não tem essa possibilidade lugar no trânsito, no transporte público e na fila para comprar o bilhete. Uma parte do filme deixa claro que quando um colaborador está cansado e disperso, atrapalha toda a produção e cria um profissional mecânico, nada criativo e sem a mínima vontade de ser eficiente, e talvez não seja culpa dele.

Pode ser culpa do trânsito, do metrô lotado, da aglomeração da estação da Sé. Pode ser má alimentação, falta de esportes e até mesmo falta de tempo para se qualificar. É necessário entender que colaboradores mais felizes ampliam as expectativas de rendimento, se tornam criativos e por consequência melhoram a empresa em todos os aspectos. No caso da Regus, aproveitar as localizações bairristas e diminuir o tempo do trajeto do funcionário, e, ainda melhor, talvez dar a oportunidade a ele de almoçar em casa, faz desse propósito uma realidade que pode fazer com que o funcionário contribua com toda cadeia de produtividade.

Tanto Daniel Schnaider, quanto Tiago Alves, acreditam que uma gestão só tem eficácia em relação ao rendimento, quando enxergam as possibilidades de melhoria para os colaboradores, quando a sua vida fica mais tranquila e os impactos causados pelas grandes metrópoles não os afetam gerando estresses e cansaço.

Para Daniel Schnaider, a crise nos trouxe uma oportunidade de aprender e crescer. Claro que houveram e haverão desafios, mas com qualidade, boas infraestruturas e novos modelos de liderança, que acreditem em novas formas de trabalhar nas empresas, vão decolar em eficiência e na satisfação do cliente. São funcionários mais próximos, humanos, engajados e qualificados.

Perfil— Daniel Schnaider é CEO da Pointer By PowerFleet Brasil, líder mundial em soluções de IoT para redução de custo, prevenção de acidentes e roubos em frotas. E, Tiago Alves, CEO Brasil @ Regus & Spaces : Revolucionando os espaços de trabalho no Brasil.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira