Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

17/09/2019 - 08:25

Plataforma P-68 sai do estaleiro rumo aos campos de Berbigão e Sururu


A plataforma da Petrobras P-68 saiu no dia 16 de setembro (segunda-feira), do Estaleiro Jurong Aracruz, no Espírito Santo, rumo aos campos de Berbigão e Sururu, no pré-sal da Bacia de Santos. O início da produção desses campos está previsto para o quarto trimestre de 2019.

Em linha com o Plano de Negócios e Gestão 2019-2023, a P-68 será a quarta plataforma a entrar em operação em 2019, após a P-67, a P-76 e a P-77, contribuindo para o crescimento previsto da produção da Petrobras nesse período.

A plataforma é do tipo FPSO (unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo e gás) e possui capacidade de processamento de óleo para 150 mil barris/dia, capacidade de processamento de gás para 6 milhões de m³/dia, capacidade de tratamento de água de injeção de 180 mil barris/dia, capacidade de armazenamento de 1,6 milhão de barris de óleo, ancoragem em profundidade d’água de 2.280 metros, mede 316 metros de comprimento total, largura de 54 metros e altura de 31,5 metros.

O casco foi construído no Estaleiro Rio Grande, no Rio Grande do Sul(RS), e a integração dos módulos e o comissionamento da unidade foram realizados no Estaleiro Jurong Aracruz, em Aracruz, no Espírito Santo(ES).

De acordo com a companhia, os campos de Berbigão e Sururu estão localizados na concessão BM-S-11A, operada pela Petrobras (42,5%), em parceria com a Shell Brasil Petróleo Ltda. (25%), Total (22,5%) e a Petrogal Brasil S.A. (10%), sendo as empresas consorciadas as proprietárias da P-68. Os reservatórios desses campos se estendem para áreas sob Contrato de Cessão Onerosa (100% Petrobras) e, após processo de unitização, constituirão as jazidas compartilhadas de Berbigão e Sururu.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: