Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

27/07/2019 - 07:59

Chubb atinge lucro líquido de US$ 1,150 no 2T19


Evan G. Greenberg, Chairman e Chief Executive Officer da Chubb

No semestre o lucro líquido foi de US$ 2,190 milhões.

A Chubb Limited (NYSE: CB) divulgou no dia 23 de julho (terça-feira) o lucro líquido para o trimestre, encerrado em 30 de junho de 2019, de US$ 1,150 milhão ou US$ 2,50 por ação, comparados com US$ 1,294 milhão ou US$ 2,76 por ação, no mesmo trimestre do ano passado. O Lucro Operacional foi de US$ 1,195 milhão ou US$ 2,60 por ação, comparados com US$ 1,253 milhão ou US$ 2,68 por ação, no mesmo trimestre do ano anterior. O índice combinado de grandes riscos foi de 90.1%. O valor contábil e o valor contábil tangível por ação aumentaram 3.2% e 4.7%, respectivamente, de 31 de março de 2019 e agora estão em US$ 117,97 e US$ 73,74, respectivamente. O valor contábil e o valor contábil tangível por ação foram favoravelmente impactados pelos ganhos líquidos realizados e não realizados de US$ 1,1 bilhão pós impostos, no portfólio de investimentos da Companhia, impulsionado principamente por um declínio nas taxas de juros.

O lucro líquido e lucro operacional por ação de US$ 2,50 e US$ 2,60, respectivamente. O prêmio retido foi de US$ 8,3 bilhões, crescimento de 4.1% ou 5.9% em dólares constantes. O lucro líquido e o lucro operacional foram ambos de US$ 1,2 bilhão. O lucro líquido por ação foi de US$ 2,50 comparado com US$ 2,76 do ano anterior. O lucro operacional por ação foi de US$ 2,60 comparado com US$ 2,68 do ano anterior, incluindo as perdas por catástrofes por ação de US$ 0,48 versus US$ 0,37 do ano anterior. Os prêmios retidos de P&C foram de US$ 7,8 bilhões, crescimento de 4.2% ou 6.0% em dólares constantes. O Índice de P&C foi de 90.1%, comparado com 88.4% do ano anterior. O índice combinado atual de P&C excluindo as perdas por catástrofes foi de 88.9%, comparado com os 88.1% em relação ao ano anterior.

As perdas por catástrofes antes dos impostos foram de US$ 275 milhões comparadas com US$ 211 milhões do ano anterior. A receita líquida de investimentos antes dos impostos foi de US$ 859 milhões e a Receita Líquida de Investimentos Ajustada antes dos impostos foi de US$ 902 milhões, em linha com o planejamento definido. O Retorno sobre o Patrimônio Anualizado e Operacional foi de 8.7% e 9.3%, respectivamente. O Retorno Operacional Anualizado do Capital Tangível foi de 15.2%. Valor contábil e valor tangível contábil por ação aumentaram 3.2% e 4.7%, respectivamente em relação ao primeiro trimestre e cresceram 7.7% e 11.9%, respectivamente em relação a 31 de dezembro de 2018.

Para os trimestres encerrados em 30 de junho de 2019 e 2018, as Despesas Tributárias (beneficios), relacionadas com a tabela acima, foram de US$ (1) milhão e US$ (3) milhões, respectivamente, para despesas de integração da Chubb; US$ (6) milhões e US$ (11) milhões, respectivamente, para amortização do valor justo do patrimônio investido adquirido e dívidas de longo prazo; US$ (1) milhão e US$ 14 milhões, respectivamente, para o ajuste de ganhos e perdas líquidas realizadas; e US$ 216 milhões e US$ 218 milhões, respectivamente, para o Lucro Operacional.

Para o semestre encerrado em 30 de junho de 2019, o Lucro Líquido foi de US$ 2,190 milhões ou US$ 4,75 por ação, comparados com US$ 2,376 milhões ou US$ 5,07 por ação de 2018. O Lucro Operacional foi de US$ 2,365 milhões ou US$ 5,13 por ação, comparados com US$ 2,350 milhões ou US$ 5,01 por ação, de 2018. O Índice Combinado de P&C foi de 89.6% para o semestre encerrado em 30 de junho de 2019. O Valor Contábil e Valor Tangível Contábil por ação cresceu 7.7% e 11.9%, respectivamente, em relação a 31 de dezembro de 2018. O Valor Contábil e Valor Tangível Contábil por ação foram favoravelmente impactados pelos ganhos líquidos realizados e não realizados de US$ 2,5 bilhões após os impostos, no portfólio de investimentos da Companhia, impulsionado principamente por um declínio nas taxas de juros.

Para os semestres encerrados em 30 de junho de 2019 e 2018, as Despesas Tributárias (beneficios), relacionadas com a tabela acima, foram de US$ (2) milhões e US$ (5) milhões, respectivamente, para despesas de integração da Chubb; US$ (14) milhões e US$ (20) milhões, respectivamente, para amortização do valor justo do patrimônio investido adquirido e dívidas de longo prazo; US$ (6) milhões e US$ 11 milhões, respectivamente, para o ajuste de ganhos e perdas líquidas realizadas; e US$ 418 milhões e US$ 367 milhões, respectivamente, para o Lucro Operacional.

“A Chubb teve um trimestre muito bom, com o lucro operacional de US$ 2,60 por ação, com excelentes resultados de subscrição (underwriting) e forte crescimento de prêmios e receitas. Nosso Índice Combinado de P&C foi de 90.1% e nosso Índice Combinado de Subscrição, excluindo as perdas por catástrofes foi de 88.9% — ambos admiráveis. O Valor Contábil e Valor Tangível Contábil por ação aumentou 3.2% e 4.7%, respectivamente, no trimestre, beneficiados pelos ganhos líquidos realizados e não realizados da queda das taxas de juros”, comentou Evan G. Greenberg, chairman e chief executive officer (CEO) da Chubb Limited.

“Os Prêmios Retidos de P&C subiram 6% (em dólares constantes), com forte crescimento de 6% em nossas operações de seguros comerciais na América do Norte e 9% em nossa divisão geral no exterior. Nós nos beneficiamos de uma melhoria de preços de seguros e um ambiente favorável de subscrição, proporcionando um salto de qualidade para os clientes e para o desenvolvimento de nossas iniciativas de crescimento global. Os aumentos de preços continuaram apertados no trimestre, ao mesmo tempo em que se espalharam para mais linhas e segmentos de negócios, particularmente no mercado de atacado nos EUA e Londres. Nós também pudemos observar sinais iniciais de que as condições mais favoráveis de preço de mercado rapidamente estão se espalhando para mais territórios em todo o mundo” continua.

“Em suma, este trimestre foi repleto de crescimento e aumento de preços e estamos em um bom momento. Nossa companhia está executando os serviços em alto nível e estamos confiantes em nossa capacidade de performance superior”, conclui.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira