Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

20/07/2019 - 17:57

A falsa democracia brasileira

Vejo que nos últimos anos a população brasileira anda indignada com a política nacional. Corrupção desenfreada, históricos de conchavos nos mais diversos setores da política, ocasionando desgastes para os mais diversos segmentos da sociedade.

Eleições municipais que são refeitas, ocasionando ainda mais gastos públicos para se compor uma nova prefeitura. Municípios que não investem em suas vocações para atrair investimentos turísticos, rural, entre outros, e ficam somente aguardando royalties e demais incentivos dos governos estadual e federal.

Municípios estes com um número de habitantes que em sua maioria chega a ser menor que muitos bairros de grandes cidades, ou até mesmo menor que o número de funcionários de uma grande empresa.

Para que se emancipam estas cidades? Para gerar mais gastos públicos? Dependurar no Estado, na União? Isso é uma questão séria.

Então, voltando para o meu foco central, a falsa democracia brasileira.

A democracia é o regime político em que a soberania é exercida pelo povo.

A palavra democracia tem origem no grego demokratía que é composta por demos (que significa povo) e kratos (que significa poder).

Neste sistema político, o poder é exercido pelo povo através do sufrágio universal que consiste no pleno direito ao voto de todos cidadãos adultos, independente de alfabetização, classe, renda ou etnia, salvo exceções menores.

É um regime de governo em que todas as importantes decisões políticas estão com o povo, que elegem seus representantes por meio do voto.

Então se a soberania é exercida pelo povo, por que não posso me expressar junto as decisões do congresso?

Por que não posso participar das decisões políticas no congresso, uma vez que quem paga o salário dos paramentares somos nós contribuintes?

Aí me volta a pergunta: Democracia: regime político em que a soberania é exercida pelo povo.

Se a soberania é exercida pelo povo, vou fazer outros questionamentos dentro da chamada democracia.

Nunca vi nem ouvi o congresso perguntar a população sobre qual decisão deveria tomar.

Voto obrigatório. Se é obrigatório não é democrático. Democracia significa poder do povo, como citei acima sua origem.

Se não votar não pode prestar concurso público, não pode tirar passaporte entre outros impedimentos.

Alistamento militar obrigatório. O próprio nome diz (obrigatório), não voluntário, portanto, não democrático.

Isso é que proclamem ser democracia?

Isso é, e sempre foi imposição (ditadura disfarçada), de cima pra baixo, literalmente.

Se realmente estivéssemos numa democracia não precisaríamos ser coagidos a votar sob as punições impostas pela lei (Código Eleitoral | Lei nº 4.737, de 15 de julho de 1965), sancionada pelo Exmo. Sr. Humberto de Alencar Castello Branco (Presidente).

Mas aí volto numa pergunta: Se o voto e popular e pertence ao povo, poderíamos então nos dirigir ao TSE ou TRE e retirar nosso voto quando o presidente, governador, senador, deputado federal ou estadual, prefeito e vereador não estiverem cumprindo com suas promessas e deveres a eles atribuídos pelos eleitores que os colocaram no poder.

Temos que nos mobilizar para que a mesma obrigatoriedade do voto possa também ser um direito de retirá-lo quando o mesmo não estiver sendo exercido dignamente e comprometido com a sociedade.

Obrigados a votar, — mais com o direito de revogar seu voto.

. Por: José Paulo Couto, Diretor Executivo e Web do Portal e TV Fator Brasil. | [email protected]

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira