Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

08/03/2019 - 14:35

Postos Médicos do Sambódromo já fizeram 369 atendimentos

Entre os principais motivos de assistência estão mal estar, hipertensão, entorses.

Até as 2 horas de terça-feira (05/03), 369 pessoas já foram atendidas nos postos médicos montados pela Prefeitura no Sambódromo. De todos eles, apenas dez precisaram ser transferidos para hospitais e UPAS da rede. As principais causas que têm levado os foliões a procurarem atendimento são excesso de ingestão de bebida alcoólica, mal estar geral, hipertensão, entorses e traumas.

Os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde atenderam, na segunda-feira (04/03), até 21 horas, 85 pessoas nos postos médicos montados para dar assistência aos foliões que estão curtindo o carnaval nos blocos do Centro, Ipanema e Copacabana. Sete pacientes precisaram ser transferidos para hospitais da rede, o que mostra a capacidade de resolutividade desses postos. Desde sexta, os quatro postos pré-hospitalares já realizaram 409 atendimentos com 44 transferências para unidades da rede municipal.

Além dos postos médicos montados nos circuitos dos blocos, os foliões que precisarem também podem procurar diretamente os hospitais de emergência e unidades de pronto atendimento (UPAs). Os hospitais da rede municipal seguem de prontidão, atendendo foliões transferidos das unidades pré-hospitalares e os que chegam por meios próprios ou socorridos pelos Bombeiros. Desde a abertura oficial do carnaval, o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, recebeu 84 foliões em busca de assistência médica. No Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, foram atendidos 62. O Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz, recebeu 16 foliões, o hospital Albert Schweitzer atendeu 4 pessoas e a UPA Paciência assistiu um caso.

Vigilância Sanitária — Com as atuações das últimas duas horas, chega a 93 o número de inspeções feitas pela Vigilância Sanitária neste quarto dia de folia no Sambódromo, Terreirão do Samba e entorno. Apesar das inúmeras campanhas e ações educativas, a falta de cuidados com os alimentos ainda é a responsável por um número expressivo de multas. Das 16 infrações aplicadas nesta noite, seis estão ligadas à conservação de alimentos.

A equipe do Laboratório Municipal de Segurança Pública (LASP) esteve em mais três estabelecimentos, subindo para oito o número de visitas com 15 coletas de alimentos para análise.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: